Tendências de Consumo – A Economia das Expectativas

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

Segundo o site holandês de tendências de consumo, o  Trendwatching,  em seu mais novo briefing de informações, a economia dos dias atuais é habitada por experiências e consumidores bem informados, os quais possuem uma longa lista de desejos e altas expectativas em relação aos produtos e serviços.

Suas expectativas são baseadas em anos de auto-treinamento na sociedade do hiperconsumo*, nas fontes de informações amplamente disponíveis, nos chamados curadores de informação, como os blogs, as salas de interesses específicos na rede global, que ajudam este consumidor a rastrear, escolher e desejar produtos e serviços que ofereçam o “Best of the best”.

*Vamos fazer um parêntese para uma breve definição de hiperconsumo.
Segundo, o filósofo e sociólogo francês Gilles Lipovetsky, em seu livro
A Felicidade Paradoxal – Ensaio sobre a Sociedade do Hiperconsumo, Cia das Letras – 2007, estamos vivendo hoje o terceiro estágio do capitalismo, marcado pela oferta permanente de produtos em escala e intensidade jamais observadas. “O Bem Estar tornou-se o novo Deus, sendo o Consumo o seu Templo…”.

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

O autor, na obra acima, aponta o paradoxo da sociedade contemporânea: se de um lado o consumo funciona como uma terapia que ajuda a afastar as frustrações diárias, por outro lado, torna-se o causador da ansiedade humana num mercado onde o objetivo primordial é a incessante oferta e procura por novidades. Por exemplo, o hiperconsumidor tem acesso ao ter, mas aspira a ser; os mais diversos prazeres sensoriais estão ao seu alcance, mas é preciso preservar a saúde, evitar os excessos, jantar no mais novo restaurante da cidade porque todos seus amigos já conhecem. 

Onde vamos chegar? Deixo a pergunta….

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

Depois de um pouco de filosofia 😉 vamos voltar para as dicas mundanas.

Hoje observamos que os consumidores estão ávidos por fazer pesquisas e “benchmarking”  fenômeno que está cada vez mais frequente, como nunca visto antes, e muitas vezes, o fazem melhor do que as próprias empresas e organizações. Culpem ou agradeçam sites como estes abaixo que acabam funcionando como filtro e fonte de inspiração.

http://www.inhabitat.com/category/accessories-and-fashion (produtos eco-chic)
http://www.notcot.com/archives/wearable (produtos “must-have’)
http://www.thesartorialist.com/bio.html (moda e estilo)
http://www.thecoolhunter.net/fashion (idéias cool)

1. O consumidor

Qual seria então o efeito da Economia das Expectativas
no humor dos consumidores?

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

Segundo o Trendwatching, uma vez que temos altas expectativas em relação aos produtos e serviços e a maioria das marcas ainda não se adaptaram a este novo comportamento, surgem os consumidores indiferentes e irritados. Isso mesmo, somos mal humorados e frustrados. Portanto, se você trabalha em uma destas marcas de pouca “performance”, fique atento porque os seus consumidores tendem a não perdoar, parar de comprar e simplesmente não te explicar porque!

A irritação neste caso pode ser explicada quando este consumidor é forçado a comprar um produto ou serviço de baixa “performance” simplesmente porque o “Best of the best” ainda não está disponível para ele.

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

Por exemplo, a Cia Aérea Emirates, oferece um serviço muito superior, mas ainda não está disponível para todos os países, então os consumidores compram o que tem disponível, mas seus concorrentes podem esperar… assim que a Emirates ampliar sua atuação, vai contar com as carteiras dos consumidores sedentos pelo serviço diferenciado.

2. As empresas

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

 A próxima geração de consumidores já nasceu dentro do ambiente da Economia das Expectativas por isso é muito importante que as empresas prestem muita atenção no mercado e concentre esforços em manter os olhos bem abertos em todos e qualquer um.

Isso significa que na economia da abundância de ofertas seus concorrentes podem ser qualquer empresa.

Por exemplo, se você for a Nike definitivamente compete com a Adidas e Reebok, mas quando o consumidor já decidiu que um novo tênis é o que ele desesperadamente precisa (mesmo que ele tenha 5 pares), durante as compras ele pode simplesmente mudar de idéia e achar que um novo celular da Nokia ou uma nova roupa na Zara, é que vão satisfazer sua busca pelo prazer através do consumo.

O Trendwatching laça o conceito de “play money”, poderíamos comparar o dinheiro dos consumidores como fichas de um jogo num Cassino, ele pode apostar, investir da forma mais intuitiva, emocionante e prazerosa que quiser.

Portanto, sempre se faça esta pergunta:
 – Quais serão nossos outros concorrentes?

3. Exemplos

Alguns exemplos de marcas que souberam explorar as expectativas dos consumidores e atuar em nichos de mercados:

a. Tomboy Trades – Empresa canadense que produz roupas profissionais para mulheres versões em pink, azul e vermelho!

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas
 
b. e.l.f. – Empresa americana que vende cosméticos por apenas US$ 1,00 além disso oferece o serviço de customização onde a consumidora pode criar sua própria linha de beleza. O site ainda contribui para instituições de caridade.

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

c. Claseo – Empresa Alemã que se apresenta como a primeira comunidade global exclusiva de compras. Cada membro tem um acesso e só pode participar se for convidado, a diferença das lojas on line exclusivas é que essa, funciona como uma comunidade. As pessoas se conhecem pelo portal trocam experiências e informações. Imaginem o rico material que a empresa tem disponível!

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas

Para o Trendwatching, entender e seguir a Economia das Expectativas não é uma ciência, na verdade é um mix de experiências, intuição e conhecimento de suas fontes de informação.

A sugestão é pegar um caderno de notas, sua câmera e começar a anotar e fotografar a Economia das Expectativas desde Tóquio até a região dos Jardins em São Paulo.

Vamos descobrir quem são os “Best of the best” dos sites e publicações, identificar os concorrentes e não concorrentes, grandes ou pequenos, quem está satisfazendo as expectativas deste consumidor, os mais divertidos, os de melhor design, os que respondem realmente aos e-mails dos consumidores, os mais baratos e a partir daí vamos pensar em novos produtos, serviços e experiências que incorporem estes conceitos.

Tendências de Consumo   A Economia das Expectativas
Imagem do site: http://www.thecoolhunter.net/lifestyle

Boas compras e bons negócios!!

Tendências de Consumo – Briefing 2

Leia também: 8 Importantes Tendências de Consumo para 2008 – Briefing 1

Por Alessandra Janaudis Gimenez
Fonte: www.trendwatching.com

(Alessandra Janaudis Gimenez é pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM, atua na área têxtil há 7 anos com passagens pela Cia Hering, Vicunha e Rosset. Hoje faz parte do time de compras na Adar Milenium – importadora de tecidos para o mercado de moda. E-mail: alejanaudis@gmail.com .)

Publicação: 6 de fevereiro de 2008

AUTOR

Alessandra Janaudis Gimenez é pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM e em Moda e Criação pela Santa Marcelina. Cursou Cool Hunting em Milão na Domus Academy, programa em parceria com a Central Saint Martins e o instituto de pesquisa Future Concept Lab. Hoje atua como buyer na Adar Millenium. É importadora de tecidos para o mercado de moda, teve passagens também pela Cia Hering, Vicunha e Rosset.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
image0027
Primavera / Verão 2009 Feminino

  Leia também: Temas Para o Verão 2008/2009 Feminino , Flores e Romantismo II tema para o Verão 2009 ,...

Fechar