“Partida 2022”, obra de Gabriel Wickbold, é apresentada no SP-Arte

Quem aprecia o olhar mágico presente nos cliques do fotógrafo Gabriel Wickbold não pode perder esta inédita obra no SP-Arte

Foto do fotógrafo Gabriel Wickbold sentado com as pernas abertas no chão, dentro de carro Brasília partido ao meio, que contém um lustre belíssimo suspenso no teto.
Compartilhe

Começa em 24 de agosto a feira SP-Arte 2022, conectando colecionadores, profissionais e entusiastas da arte, galerias, editoras, museus e outras instituições.

O tradicional festival SP-Foto apresenta a “SP-Arte: Rotas Brasileiras”, uma exposição de obras de artistas das cinco regiões do Brasil, com o obejtivo de mostrar a riqueza e a diversidade da arte nacional.

Agora, role a tela para conferir tudo sobre a inédita obra de Gabriel Wickbold, “Partida 2022”, apresentada na feira SP-Arte este ano!

Qual a feira da SP-Arte em 2022?

A tradicional SP-Foto acontece desde 2005, sempre no mês de agosto. Sobretudo, a feira de 2022 dá lugar à “SP-Arte: Rotas Brasileiras”. O evento, que começa em 24 e vai até 28 de agosto, acontece no espaço ARCA, na Vila Leopoldina, em São Paulo.

Brasileiros geniais, criativos e de múltiplas linguagens e novidades artísticas disponibilizam seus projetos para o público. Entre os artistas, inclusive, está o renomado fotógrafo Gabriel Wickbold. Ele lança a sua obra “Partida 2022”.

O evento, de quarta à sábado, ficará aberto de 12h a 20h. Já no domingo, começa um pouco mais cedo, às 11h, indo até às 19h. O ingresso pode ser garantido na Bilheteria SP-Arte. Desse modo, a entrada inteira custa R$ 50, e a meia, R$ 25. Não perca tempo, pois os ingressos para o SP-Arte: Rotas Brasileiras são limitados!

A obra “Partida 2022” de Gabriel Wickbold

Foto do fotógrafo Gabriel Wickbold sentado com as pernas abertas no chão, dentro de carro Brasília partido ao meio, que contém um lustre belíssimo suspenso no teto.
Fonte: Gabriel Wickbold

“Partida 2022” é a inédita obra de Gabriel Wickbold. A instalação conta com a presença da marca Scatto Lampadário que, com um lustre, faz a representação da capital do país, bem como o poder emanado de lá.

Segundo Gabriel, a obra aborda o estado atual do Brasil. Por isso, ele escolheu um automóvel modelo Brasília e o cortou pela metade. Dessa maneira, busca simbolizar um país dividido e o jogo de poder que se desenrola nos bastidores da política.

  • Enquanto isso, leia Percy Jackson: elenco, data de estreia e tudo o que sabemos sobre a série da Disney+

Obra do fotógrafo. Na foto, carro Brasília dividido ao meio, com aconchegante estofado e lustre belíssimo no teto. Obra está em ambiente que parece uma garagem com materiais ao fundo.
Fonte: Gabriel Wickbold

O abismo social também faz parte da ideia geral da “Partida”, que o artista cita como sendo “o Brasil profundo, onde pouca coisa mudou”.

“A Brasília é um carro emblemático por representar um momento no passado em que se acreditava na modernização do Brasil como solução para muitos dos problemas enfrentados pelo país. A série “Brasileiros” retrata uma região do país, que ainda hoje parece desconectada dessa visão de futuro, pois tem algo de esquecido – e até abandonado. O interior e o exterior da Brasília representam, dentre outros conflitos, este choque entre os diferentes Brasis”.

Gabriel Wickbold

Emicida, que também integra a SP-Arte este ano, assina o prefácio da obra.

  • Ao mesmo tempo, leia Pacto Brutal: série da HBO Max aborda caso Daniella Perez, assassinada por Guilherme de Pádua

Collab com a Scatto

Rita Valladares, diretora da Scatto, afirma que ao aceitar o convite de Wickbold para trabalhar nesta colaboração, tanto ela como a filha, a designer Victoria Pentagna, sentiram-se “imensamente honradas por fazer parte deste projeto extremamente criativo, atual e emblemático”.

O desafio para Scatto era realizar um símbolo de poder político como uma obra de arte dentro de outra obra de arte. Mas inovação e modernidade são fatores fundamentais para a identidade da empresa.

“O desafio foi grande. Tínhamos pouco tempo para produzir e atender os anseios do artista, criando uma peça única que interagisse com a proposta da obra. Isso só foi possível devido ao know-how de nossa empresa, que há mais de 25 anos desenha e produz todas as peças. Essa expertise nos permite criar cada detalhe, cada acabamento, fazendo com que o desenho de Wickbold se tornasse realidade”.

Rita Valladares

  • Logo depois, leia Filme da Barbie: fotos inéditas e o que já sabemos sobre o longa de Margot Robbie e Ryan Gosling

O que o lustre representa na obra “Partida 2022”?

Lustre da obra do fotógrafo. Foto foca no lustre e no estofado da Brasília partida ao meio.
Fonte: Gabriel Wickbold

  • Logo após, leia Emmy 2022: Euphoria, Round 6, Succession e mais são indicadas ao prêmio. Veja lista!

Esta peça única foi criada por Gabriel Wickbold e realizada pela Scatto Lampadário. Sua fundação é de aço inoxidável. Em seguida, a base foi trabalhada com folhas de ouro, para simbolizar o poder político, e possui 17.000 pingentes de cristal luxuosos e brilhantes, assim como a vida daqueles que ocupam posições-chaves na política nacional.

Uma “Brasília” é iluminada pelo lustre de um metro de diâmetro e mais de um metro de altura, um desenho único e representativo para a capital do país.

Você gostou da obra “Partida 2022” de Gabriel Wickbold? Então, para ver mais conteúdos de Arte e Cultura, continue acompanhando os canais do Fashion Bubbles!

  • Por fim, confira Evita Open Air: equipe criativa do espetáculo fala sobre desafios de uma produção ao ar livre

Compartilhe

Stories

Matérias Similares