Água termal – como usar a água termal e quando é prejudicial?

Antes de usar a água termal, você deve se familiarizar com suas propriedades, contraindicações e nuances de uso

- Continue depois da Publicidade -

A maioria das mulheres usa produtos de cuidado facial padrão todos os dias: gel/espuma de lavagem e creme. No entanto, as lojas de cosméticos hoje oferecem uma ampla gama de produtos que o ajudarão a cuidar melhor da sua pele de forma mais consciente e completa. A água termal é um desses produtos.

Mas antes de usar um novo produto, você deve se familiarizar com suas propriedades, contraindicações e nuances de uso.

 

O que é água termal

 

MULHER USANDO ÁGUA TERMAL
FOTO: mayawater

 

As águas minerais são utilizadas internamente (para o tratamento de doenças gastroenterológicas, cardiológicas e articulares), e as águas termais, embora sejam consumidas para fins medicinais, costumam ser utilizadas externamente: devido à sua rica composição, são capaz de penetrar na derme, exercendo sobre a pele ação benéfica.

A água termal é extraída de fontes subterrâneas. A água é embalada em recipientes lacrados na fábrica nas imediações das fontes. A temperatura desta última, via de regra, é superior a 20 ° C, e a profundidade varia de 100 metros a 6 quilômetros.

Devido a profundidade, a água absorve muitos minerais. Assim, devido ao aperto dos cilindros, o líquido retém suas propriedades mesmo durante o transporte de longo prazo.

Interessante: quanto mais profunda a fonte termal, mais compostos úteis existem na água.

 

 

Composição da água termal

 

frasco de água termal

 

Vamos dar uma olhada mais de perto na água termal e em sua lista de ingredientes. À primeira vista, tudo parece perfeito e o mais natural possível. Mas como são as coisas realmente?

- Continue depois da Publicidade -

A água termal é mais limpa que a mineral, pois é extraída de uma profundidade maior, onde fica exposta a pressões e altas temperaturas. Ela contém muitos sais minerais e oligoelementos:

  • bromo;
  • flúor;
  • cloro;
  • iodo;
  • cobre;
  • ferro;
  • magnésio;
  • sódio e assim por diante.

- Continue depois da Publicidade -

Porém, é justamente pelo conteúdo de uma grande quantidade de sais que a água termal pode prejudicar a pele ao literalmente lavar o rosto, deixando a pele praticamente sem proteção e imunidade.

 

  • Depois veja também: Ozonioterapia e seus benefícios para acne, fibromialgia, celulite e osteoporose

 

Propriedades da água termal

 

- Continue depois da Publicidade -

Quando usada no rosto, tem as seguintes propriedades:

  • hidrata e mantém o nível de umidade;
  • alivia a irritação e vermelhidão;
  • acalma (por exemplo, após a exposição ao sol);
  • satura com oxigênio, minerais e sais;
  • corrige a maquiagem,
  • atualiza,
  • combate o brilho oleoso,
  • uniformiza a tez,
  • melhora o fluxo sanguíneo,
  • combate as rugas finas e evita o aparecimento de novas.

 

Efeitos colaterais e contraindicações

 

Os efeitos colaterais do uso de água termal são:

  • Reação alérgica. Isso inclui erupções na pele, vermelhidão e coceira na pele. Assim, para evitar que isso aconteça, certifique-se de testar o produto recém-adquirido. Portanto, para fazer isso, aplique uma pequena quantidade na parte interna do pulso. Se depois de um dia não houver sinais de alergia, fique à vontade para usar o produto testado para o cuidado facial.
  • Hiperpigmentação – Sobretudo, esse último efeito colateral ocorre no uso indevido do produto. Por isso é tão importante seguir à risca as recomendações para o uso de água termal.

A única contraindicação ao uso de um líquido enriquecido com minerais e sais para a pele do rosto é uma reação alérgica.

 

Não é adequada para peles secas e sensíveis

 

A água termal não é adequada para todos os tipos de pele. Sendo assim, o produto deve ser usado se você tiver pele mista a oleosa pois ela é capaz de secar e aliviar a inflamação local.

Para quem tem outros tipos de pele, pode causar queimaduras e alergias.

 

  • Confira também: K-beauty: a fórmula das coreanas para uma pele perfeita

 

Com que frequência deve ser aplicada água termal?

 

O uso frequente de água termal durante o dia pode causar descamação, aspereza da pele e diminuição da imunidade.

O indicado é usar de 2-3 vezes ao dia, e não a cada 15-20 minutos, como às vezes os fabricantes declaram.

 

5 dicas para usar água termal

 

ÁGUA TERMAL L'oreal
Foto: L’oreal

 

  1. Não há necessidade de borrifar em todo o rosto e aguardar a absorção completa para hidratar a pele. Pois assim você obterá exatamente o efeito oposto: desidratação em vez de hidratação adequada. Sempre seque o excesso de umidade com uma toalha.
  2. Se você tem pele normal ou seca, guarde um spray refrescante em sua bolsa em vez de água termal. Será mais útil e não haverá risco de sofrer o efeito contrário.
  3. Ao escolhe-la, observe a composição. Portanto, quanto menos sais e minerais houver, melhor será o produto adequado para peles secas e sensíveis.
  4. Para pele mista a oleosa, pode ser usada como fixador de maquiagem.
  5. Passe-a sobre a pele, batendo levemente na pele com a ponta dos dedos, retire o excesso com um pano seco e só então aplique a base. Assim, sua maquiagem vai durar muito mais tempo.

 

Aplicações da água termal

 

Sob a maquiagem

 

A água termal pode ser aplicada imediatamente após a lavagem ou após a aplicação de uma base. Assim, isso permitirá que a pele “respire” sob a camada de maquiagem, e a base ficará melhor distribuída pelo rosto.

 

 

Você também pode gostar!

Após peeling químico, limpeza facial e outros procedimentos

 

A água termal, neste caso, é necessária para uma recuperação rápida.

 

 

Após a depilação

 

Qualquer depilação é um stress para a pele, cujas consequências são perfeitamente niveladas com um banho termal.

Assim, a água para a epiderme ajudará a curar minimamente as feridas mais rapidamente depois de limpar ou depilar.

 

Para aliviar o inchaço dos olhos

 

Umedeça um algodão com água termal e aplique nos olhos por 10-15 minutos. O inchaço diminuirá rapidamente.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre beleza direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Tratamento de assaduras em bebês

 

Os fabricantes aconselham o uso deste produto toda vez que você trocar a fralda. Então basta borrifar na pele e deixar o líquido absorver um pouco. Mas tome cuidado, pois devido à composição, nem toda água termal adequa-se para esses fins.

Além disso, sempre existe o risco de uma reação alérgica. Observe atentamente a reação cutânea do bebê, principalmente ao usar pela primeira vez.

Cicatrizando feridas

 

Alguns tipos de térmicas têm um efeito farmacêutico pronunciado: aliviam a inflamação, aceleram a cura, por isso muitas mães usam esta água maravilhosa mesmo em casos de emergência, se a criança está ferida, com o joelho partido ou arranhado.

 

Como escolher a água termal para o seu rosto?

 

mulher usando água termal
Foto: Ulta

Como qualquer produto cosmético, seleciona-se a água termal de acordo com as necessidades e o tipo de pele.

Dependendo da composição, o produto tem seus prós e contras, por exemplo, água altamente concentrada com alto teor de sais minerais pode ser muito “forte” para a pele alérgica, e a aparência isotônica será “suave” para um tipo oleoso.

Recomendações sobre como escolher:

  • Para pele oleosa e problemática – A água termal com alto teor de sódio, enxofre e zinco é adequada para pele densa e oleosa com tendência a erupções. Pois os microelementos listados matizam bem a pele e têm propriedades anti-inflamatórias, ressecam a acne e aumentam as propriedades protetoras da derme.
  • Para pele seca – Sobretudo, com alto teor de oligoelementos mantém o equilíbrio hídrico e mineral da pele, evita a desidratação das células ao reter a umidade. A fórmula para pele seca também pode conter ácido hialurônico adicional.
  • Para peles sensíveis  e hipersensíveis – Sobretudo, escolha água termal com silicone, selênio e pH neutro, que acalma rapidamente a pele, alivia irritações, coceira e restaura o conforto da pele.
  • Pele Normal –  A água termal rica em sódio e potássio é o tratamento ideal para tipos de pele normais.
  • Para peles maduras – A água termal com selênio é um antioxidante natural, sendo assim é adequada para o cuidado antienvelhecimento. Ajudará as células a resistir ao estresse oxidativo, protegendo contra o envelhecimento prematuro.

 

Como escolher uma boa água termal?

 

As águas termais são produtos de cuidado, por isso o tipo de pele é muito importante na escolha.

Para pele oleosa, um agente hipertônico é adequado, para uma pele seca, a hipotônica. No entanto, a derme sensível e irritante requer o uso de água termal isotônica. O que mais você precisa prestar atenção antes de comprar:

  • Composição – Se contiver óleos naturais e fitoextratos, então será possível não só hidratar a pele, mas também combater espinhas, irritações, manchas vermelhas, descamação abundante;
  • Preço – O alto custo nem sempre é um indicador de qualidade. Sendo assim, existem muitos produtos com preços razoáveis ​​à venda que fazem seu trabalho com eficácia;
  • Volume da garrafa – A embalagem em spray é uma garantia confiável da longa vida útil do produto.

Dica final

 

Não procure água termal com tantos ingredientes quanto possível. Pois se houver mais de 10 deles, eles começam a “interferir” uns com os outros.

Além disso, também vale a pena escolher produtos com extratos de ervas. São totalmente adaptados ao corpo, ao contrário das plantas exóticas que são hipoalergênicas.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes