Exoplastia capilar: a técnica que alisa e trata os fios de uma vez só

Empregando tecnologia inovadora, a exoplastia capilar deixa seus fios mais alinhados e brilhantes sem aplicar químicas pesadas e prejudiciais à saúde.

2.092

- Continue depois da Publicidade -

A exoplastia capilar é um novo tratamento que promete madeixas lisas e brilhantes sem o uso de produtos químicos nocivos à saúde. Logo, sua fórmula é livre tanto da amônia, presente no relaxamento químico, quanto do formol, ingrediente da escova progressiva.

Dessa forma, a técnica promete fios mais lisos sem prejudicar sua estrutura. Na verdade, o procedimento reconstrói a fibra capilar, recuperando danos anteriores. Entenda como funciona.

 

O que é exoplastia capilar?

 

Podemos dizer que, a grosso modo, a exoplastia capilar é uma progressiva sem formol. O tratamento oferece resultados bastante similares. Assim, não se deve fazê-lo esperando um liso total. Dependendo da curvatura dos seus fios, o resultado final pode variar.

O que torna a exoplastia capilar fundamentalmente diferente da progressiva é o seu princípio ativo de nome Kup ®. O efeito liso é obtido através da nanopartícula da serina, um aminoácido. Por se tratar de um nutriente, o agente não é tóxico e não danifica os fios. Pelo contrário, trata as madeixas ao mesmo tempo que as alisa.

Para isso, as partículas penetram na estrutura dos fios. Em seguida, reorganizam as ligações responsáveis pela textura do cabelo.

Porém, diferente da escova progressiva, esse processo não impermeabiliza os fios. Logo, não impede a absorção de nutrientes, água e oleosidade natural produzida pelo couro cabeludo. Isso é muito importante para a manutenção da saúde das madeixas. Dessa forma, evita-se mais um problema da progressiva: a oleosidade na raiz e ressecamento das pontas.

 

  • Confira também: Botox capilar – Saiba tudo sobre o tratamento que rejuvenesce os fios.
exoplastia capilar
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Como funciona a exoplastia capilar?

 

Apesar de ser quimicamente diferente, o método de aplicação da exoplastia capilar é praticamente igual a técnica da escova progressiva.

 

Lavagem

 

Primeiramente, faz-se uma lavagem com shampoo desenvolvido especificamente para preparar os fios para o processo. Esse passo limpa bem o cabelo, facilitando a ação do produto. Após, os fios devem ser secos antes da aplicação do agente alisante. Dessa forma, evita-se a diluição do produto, o que diminuiria sua performance.

 

Aplicação

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

A restauração começa a partir do contato da substância com os fios. Logo, o profissional deve fazer a aplicação mecha a mecha, certificando-se da cobertura total. Por isso, usa-se um pente fino, espalhando o produto da raiz até as pontas. Cada madeixa deve ser completamente enluvada pela substância. Para proteger o couro cabeludo, recomenda-se iniciar a aplicação a meio centímetro de distância da pele.

 

exoplastia capilar 4
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Pausa

 

Após a aplicação, aguarda-se o tempo de ação de 30 minutos.  Nesse intervalo, as partículas atravessam as barreiras do cabelo e se misturam com as proteínas dos fios. Em seguida, enxagua-se o cabelo apenas com água, até que o produto saia completamente. Não se preocupe: o princípio ativo Kup ® tem carga positiva e adere às proteínas do cabelo com carga contrária. Assim, ele continuará nos fios após o enxague.

 

Ativação Térmica

 

Começamos esse passo  da exoplastia capilar secando bem as madeixas mais uma vez. No caso de cabelos mais rebeldes, aproveite essa segunda secagem para fazer uma escova. Dessa forma, prepara-se os fios para serem alinhados no segundo momento.

Finalmente, divide-se o cabelo em mechas finas e usa-se a prancha a uma temperatura de 190 a 230 ºC. O profissional define a temperatura de acordo com a textura dos fios. Por exemplo, fios louros e ruivos não devem receber temperaturas acima de 190 ºC.

Recomenda-se pranchar cada mecha lentamente 12 ou mais vezes, até que o profissional obtenha o alinhamento perfeito dos fios. Assim, garante-se a penetração do produto e a durabilidade do procedimento. Após, não se deve lavar as madeixas por no mínimo 24h.

Muito parecido com o processo da escova progressiva, certo? Porém, seus cabelos saem do salão mais fortes e hidratados do que entraram e não o contrário.

 

exoplastia capilar 3
mulher de cabelos lisos

 

Cuidados ao fazer a exoplastia capilar

 

De acordo com o fabricante, a exoplastia capilar não tem contraindicação. No entanto, é importante ter cautela na utilização de qualquer produto químico. Logo, sempre peça a seu cabeleireiro que faça o teste de mecha antes de aplicação.

A química é compatível com todos os tipos de relaxamento, permanentes e tinturas. Assim, pode alisar e também recuperar cabelos danificados. O agente é um cosmético de grau 2 na tabela da ANVISA. Por isso, a aplicação do produto não deve ser feita em casa, sem a ajuda de um profissional treinado.

Em conclusão, a técnica é uma forma mais segura de alisar as madeixas, uma vez que não nos expõe a produtos prejudiciais à nossa saúde. Ainda assim, apenas um bom cabeleireiro poderá aplicá-la da melhor forma. Através de um diagnóstico dos fios, esse profissional saberá trabalhar com a melhor temperatura e tempo para o seu cabelo. Consequentemente, você obterá um resultado melhor e mais duradouro.

Por fim, conheça a Biotina e saiba como usar essa vitamina para o cabelo crescer mais rápido.

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também