Você gostou da eliminação de Bárbara no BBB 22? Pois a sister foi eliminada com 86,02% da votação do público. Dessa forma, os números indicam uma certa rejeição à gaúcha. Após o Paredão, Bárbara participou do “Bate-Papo BBB”, com Rafa Kalimann.

Durante a entrevista, Bárbara assistiu ao VT que mostra a cena que causou toda a polêmica ao suposto ato racista. A modelo foi às lágrimas ao comentar o episódio.

Eu fiquei chocada quando ele [Gustavo] me trouxe essa informação. Fiquei apavorada, fico nervosa até agora.

Se tem uma coisa que eu não sou é cruel, racista ou preconceituosa. Pensar que [as pessoas] pensaram isso de mim me deixa muito chateada e assustada” -disse a sister.

Contudo, essa informação, não pegou Bárbara Heck de surpresa. Isso porque Gustavo chegou a comentar o caso com todas as envolvidas na história, enquanto ainda estava na “Casa de Vidro”.

“Até da forma que ele [Gustavo] trouxe, não achei legal. Já chegou afirmando que isso tinha acontecido e não foi assim. Todo mundo sabe que, ainda mais quando eu tô de salto, eu corro assim [desengonçada]”– argumentou Bárbara para Rafa.


  • Veja também – Enquete BBB 22: qual seu participante favorito? Aquele que deve ganhar o reality?

Bárbara diz que Jade Picon poderia salva-la


BBB 22, Bárbara Heck, eliminação, Jade Picon
Bárbara diz que Jade Picon era chance de, talvez, ela não ir para o Paredão. Fonte: Reprodução/Globoplay

Ainda sobre a “acusação de racismo”, Bárbara lembrou que assim que soube da história, fez questão de falar com Natália e resolver essa história.

“Eu falei sobre isso na casa, quando eu fiquei sabendo. Levei para a Natália o que tinha acontecido e bom, não tem nada o que falar. Não aconteceu e jamais aconteceria. Se eu visse [algo do tipo], jamais seria conivente com qualquer ato ou brincadeira de mau gosto”– finalizou a sister.

Já em outra pauta, Bárbara disse que Jade Picon teve a chance de (talvez) salva-la desse paredão. No entanto, a líder insistiu na indicação de Arthur Aguiar.

“A chance era a Jade indicar o Lucas, que era uma das outras opções dela. Acho que ele não me puxaria. Não seria a primeira opção dele me puxar. Seria uma das estratégias pra me safar”- disparou a sister.



“Não quis interferir nos sentimentos dela”


BBB 22, Bárbara Heck, eliminação, Jade Picon
Rafa Kalimann fala com Bárbara Heck após a eliminação do BBB 22. Fonte: Reprodução/Globoplay

De fato, Jade poderia ter tentado ajudar a sua amiga e aliada no jogo. Contudo, Bárbara afirmou que não quis “influenciar” a amiga em sua decisão. Rafa Kalimann perguntou o motivo dessa conversa não ter acontecido.

“Eu pensei, no início, que ela iria no Lucas, por não insistir de novo, bater na mesma tecla. Mas ela deixou bem claro que a intenção, sentimento dela pelo Arthur era o mesmo.

Eu não queria interferir nos sentimentos dela, assim como eu gosto também de seguir meu coração, minha intuição. Vai que eu estivesse errada, estaria ali, atrapalhando, indo contra o que ela estava sentindo.

Então, respeitei a decisão dela, mas deixei claro que eu seria possivelmente um alvo do Arthur se tivesse um contragolpe”– disse Bárbara Heck.

Vale lembrar que enquanto Bárbara Heck recebeu 86,02% dos votos do público, Natália teve 9,03% dos votos e Arthur, 4,95%.

Após a eliminação de Bárbara, Jade se isolou no quarto da líder e chorou. Resta saber se a digital influencer insistirá na “guerra” com Arthur Aguiar.

Por fim, na noite dessa quarta-feira, 16, Jade se despedirá do posto de líder com mais uma festa. Inclusive, será nesse evento que veremos o “andar da carruagem” após uma semana agitada de BBB 22.



Enquanto isso, veja um trecho do Bate-papo BBB apresentado por Rafa Kalimann.