Moda consciente: plataforma de luxo lança Fashion Footprint

A Farfetch investe em uma ferramenta para mostrar aos consumidores como as escolhas de moda consciente podem impactar o planeta.

2 706

A Farfetch, e-commerce de marcas de luxo conhecido mundialmente, acaba de lançar uma plataforma de moda consciente. A nova  ferramenta Fashion Footprint (pegada de moda) tem como objetivo fazer com que os consumidores possam ver de que forma podem ajudar o planeta com seus guarda-roupas. E de forma rápida e prática.

Entretanto, para quem não sabe, toda a vida humana que passa pela Terra deixa essas pegadas. Que podem ser maiores ou menores, dependendo da escolha de cada um. Assim, pegadas Ecológicas, de acordo com o WWF, trazem metodologias de contabilidade ambiental que avalia o consumo sustentável (ou não) das pessoas diante dos recursos naturais disponíveis.

Saiba ainda o que são tendências e como investigá-las e 10 caminhos para a Moda do amanhã. Além do  Moda do Futuro: como a tecnologia está mudando o universo fashion. E Economia Afetiva com foco no propósito.

Veja também: Linho, história e significado: da pré-história à pós-modernidade e porque o linho permanece associado à riqueza e à pureza..

Consumo de moda consciente

Desta forma, a Fashion Footprint tem a proposta para escolhas de moda consciente ajuda a envolver os consumidores com informações referentes a roupas, acessórios, modelagens e tecidos. Assim, quem compra passa a entender melhor como cada preferência pode impactar de forma positiva (ou negativa) o futuro do planeta.

Você também pode gostar!

Quando se compra uma peça de linho, por exemplo, a plataforma traz detalhes sobre os impactos ambientais deste material. Um quilo de linho traz 15kg de carbono (o que equivale a 36km circulando com um carro. E gasta 2067L de água para ser produzido (o que representa 21 banheiras cheias). Há também a alternativa para o indivíduo optar pelo consumo de moda consciente. Neste caso específico, de roupas em linho seria optar por versões orgânicas, recicladas e certificadas.

Sustentabilidade na moda

A ferramenta foi desenvolvida a partir do resultado de uma pesquisa, encomendada pela Farfetch em parceria com a QSA, ICARO e London Waste and Recycling Board (LWARB). Foram considerados os impactos ambientais médios (carbono, água, resíduos) dos tecidos de moda.

No site da Farfetch  é possível encontrar as informações que permitem aos consumidores optar por compras mais conscientes. Além disso, traz pautas na sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

“Com esta pesquisa, queremos apoiar nossos parceiros e, mais amplamente, o setor de luxo, ajudando a promover mudanças positivas. Além das iniciativas de negócios principais que estamos lançando no espaço de sustentabilidade, pretendemos nos tornar uma fonte de dados e ferramentas no espaço circular para impulsionar essa mudança positiva. Isso marca o primeiro passo nessa direção”, disse Giorgio Belloli, diretor comercial e de sustentabilidade da Farfetch.

Para finalizar, ainda na temática sustentabilidade, veja também: 7Weaves – Seda sustentável e artesanal que empodera comunidades indígenas na Índia.

Com informações da assessoria de imprensa

você pode gostar também