O Algodão: características e processamento da fibra mais usada no mundo

Conheça mais sobre as principais características e as etapas do processamento do Algodão: a fibra natural mais usada no mundo da moda.

- Continue depois da Publicidade -

Sendo uma das fibras naturais mais usadas do mundo inteiro, o algodão é um produto de cor branca de origem vegetal que cresce ao redor das sementes do algodoeiro.

Antes de mais nada, ele é um dos materiais naturais mais usados na indústria têxtil, sendo processado em forma de fios compactos que em seguida são usados em tecidos, como a malha e o jeans.

A fibra clara e macia cresce em volta das sementes de um vegetal do gênero Gossypium (família Malvaceae). A planta do algodão mais comum se trata de arbustos nativos de regiões tropicais e subtropicais da África, Ásia e América.

Atualmente, apenas quatro espécies de algodão são produzidos em grande escala.

Para conhecer com melhor esse importante produto do nosso mundo, veja em seguida quais são as principais características e as etapas no preparo do algodão.

 

- Continue depois da Publicidade -

Algodão.
Algodão. Crédito: Surene Palvie. Fonte: Pexels.

 

  • Em seguida, veja também a história da SEDA e do LINHO. Além disso, aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

- Continue depois da Publicidade -

Breve história do Algodão

 

As primeiras referências históricas ao algodão vêm de muitos séculos atrás. Primeiramente em escavações arqueológicas no Paquistão, estudiosos encontraram vestígios de tela e cordão de algodão com mais de 5.000 anos.

Por sua vez, na América, pesquisadores encontraram resquícios do produto no litoral norte do Peru, os quais evidenciam que povos daquela região já usavam o algodão há mais de 7000 anos.

 

- Continue depois da Publicidade -

Princípio das fibras têxteis.
Princípio das fibras têxteis. Fonte: Museo Textil de Amano / Google Arts and Cultures.

 

O artesanato têxtil atingiu o seu auge principalmente com os Incas, tendo se expandido pelo continente até o México.

No Brasil, pouco se sabe sobre a história antiga dessa fibra. Entretanto, os registros históricos e arqueológicos demonstram que os indígenas do território já cultivavam e teciam o algodão à época da chegada dos portugueses no Brasil.

 

 

A Fibra de Algodão

 

As fibras são uma pelugem que se origina dentro da cápsula da planta de algodão, na superfície das sementes. Elas podem ser extraídas a mão ou com a ajuda de máquinas.

A colheita manual garante um produto mais limpo, já que toda fibra vem com pequenas sementes escuras que precisam ser extraídas.

Quando seca, a fibra de algodão é quase inteiramente composta por celulose. Além disso, ela contêm pequenas porções de proteína, pectina, cera, cinzas, ácidos orgânicos e pigmentos.

 

Algodão.
Algodão. Fonte: Fribre2Fashion.

 

Processos do preparo do Algodão

 

 

Spinning de Algodão.
Spinning de Algodão. Fonte: Contton Acres.

 

Normalmente, a fibra de algodão é fiada em um fio compacto. Entretanto, são várias as etapas do processo de transformação da  fibra até chegar ao tecido:

Descaroçamento: em primeiro lugar é necessária a separação de fibra e semente, que é feita na hora da colheita manual ou com máquinas.

Spinning: em seguida vem a etapa na qual são feitos os fios de algodão a partir da fibra, com diferentes espessuras.

Tecelagem: um dos processos mais importantes para obter o tecido, também chamado de tear, onde dois fios são usados para dar trama e gramatura ao tecido.

Posteriormente, com a fibra tecida, o algodão passa por diversas outras fases até se transformar no produto final.

Chamuscagem: a passagem de chamas pelo tecido para eliminar o excesso de fibras, dando como resultado uma melhor aparência e toque.

Branqueamento: os tecidos passam por alvejantes para ficarem mais claros e leves, principalmente se as fibras naturais possuírem uma coloração amarelada ou com muita variação.

Mercerização: aplicação a frio de soda cáustica, produto que reage com a celulose do algodão e aumenta a resistência, o brilho, a durabilidade e a flexibilidade do tecido.

Tingimento: mudança da cor do tecido por meio de tratamento com corantes (naturais ou artificiais).

Acabamento: por fim o tecido passa por vários produtos químicos para ganhar resistência e proteção contra agentes nocivos.

 

Tingimento de Algodão Eco-Friendly com ervas.
Tingimento de Algodão Eco-Friendly com ervas. Fonte: Fibre2Fashion.

 

O Tecido de Algodão

 

Acima de tudo, sendo bastante versátil, o tecido de algodão é conhecido pelo seu conforto – proporcionado pela forma torcida da sua trama. Dessa maneira, ele é ideal para a confecção de roupas leves.

Em outras palavras, o tecido de algodão é o mais indicado para o verão e climas tropicais, já que sua capacidade de absorção de umidade é de 8%. Nesse sentido, ele também tem uma alta absorção durante o tingimento.

 

Você também pode gostar!
Vestido de Algodão A.BRAND.
Vestido de Algodão A.BRAND. Fonte: Divulgação A.BRAND.

 

Além disso, o tecido também é bastante resistente, podendo ser lavado e passado diversas vezes sem demonstrar qualquer dano.

Assim, o fio de algodão serve tanto para roupas, como tapeçaria, linhas de costura, e roupas de cama, mesa e banho – entre tantos outros produtos.

 

Principais características 

 

Natural Cotton Color no Brasil Eco Fashion Week 2019.
Natural Cotton Color no Brasil Eco Fashion Week 2019. Crédito: Gabriel Colombara. Fonte: Natural Cotton Color / Flickr.

 

– Fácil manuseio, toque suave e confortável;

– Boa solidez e rápida secagem;

– Capacidade de rápida absorção da humidade;

– Baixa tendência de provocar reações alérgicas;

– Possibilidade de ser misturado com outras fibras e ganhar outras características;

– Boa resistência ao uso e lavagens;

– Amarrota com facilidade.

 

Você sabe o que é fio penteado?

 

Toalha Felpuda 100% Algodão Fio Penteado.
Toalha Felpuda 100% Algodão Fio Penteado. Fonte: Divulgação / Buddemeyer.

 

No processo de penteado o fio de algodão passa por um equipamento chamado penteadeira. Então o equipamento retira as fibras mais curtas e impurezas que não foram extraídas em processos anteriores, como cascas da planta do algodão.

Este processo confere um produto de qualidade superior, visto que o resultado final é um fio mais limpo, que não possui fibras curtas e é mais resistente.

Entretanto, por descartar um número maior de fibras, a perda de algodão na produção do fio é maior. Como resultado, o custo de produção do fio penteado é mais alto, bem como o seu preço.

 

Outras técnicas 

 

A fibra de algodão é usada sozinha, mas pode igualmente ser adicionada na produção de tecidos artificiais. Assim, eles passam a contar com uma porcentagem do material na sua composição, o que melhora o resultado final.

No que diz respeito ao seu comportamento térmico, o material começa a amarelar quando atinge 120° C, por fim se decompondo aos 160° C.

 

Algodão orgânico naturalmente colorido da Paraíba.
Algodão orgânico naturalmente colorido da Paraíba. Fonte: Natural Cotton Color / Flickr.

 

Para além do algodão branco, também existe a fibra colorida sem necessidade de tingimento. Apesar da técnica existir há mais de 2000 anos, até pouco tempo ela foi pouco explorada pela indústria têxtil.

No Nordeste do Brasil, mais especificamente na Paraíba, a marca Natural Cotton Color se destacou ao ser pioneira na produção do algodão naturalmente colorido há quase duas décadas. O resultado é lindo e tem feito muito sucesso.

A fibra colorida, que a Embrapa ajuda a estudar e desenvolver desde os anos 2000, tem origem em plantas cultivadas em lavouras livres de produtos químicos, apenas com o uso do melhoramento genético.

Pela sua qualidade e interesse, a moda sustentável vem ganhando espaço dentro do mercado internacional da moda. Nesse sentido o Brasil é uma referência, abrigando, para além do algodão colorido, outros tantos movimentos pró sustentabilidade no mundo fashion.

 

 

 

Revisado e editado por Mariana Boscariol.

 

Em seguida, leia também:

 

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes