O que fazer com suas milhas: viagem, produtos ou dinheiro no bolso?

O que fazer com suas milhas: viagem, produtos ou dinheiro no bolso?

Dicas valiosas sobre o que fazer com suas milhas.

Milhares de pessoas possuem milhas – ou pontos – nos programas de fidelidades das cias aéreas e não sabem o que fazer. Ano passado (2020), 6 bilhões de milhas foram expiradas por causa da pandemia do coronavírus. 

Como milhões de pessoas ficaram impedidas de viajar, muita gente simplesmente “esqueceu” suas milhas e… elas expiraram!

Quando penso nesta cena eu logo imagino as pessoas queimando dinheiro! As milhas são como moedas virtuais. Porém, elas têm validade. E deixá-las expirar significa, em outras palavras, perder dinheiro!

Para te ajudar a evitar esse problema, escrevi este texto. Venha comigo!

 

 

Não posso mais viajar e minhas milhas vão expirar!

 

 

Muita gente acumula milhas para viajar mais barato! Sim, esta é uma opção excelente para fazer bom uso de suas milhas aéreas.

E com as limitações sanitárias da pandemia, realmente decidir fazer uma viagem não é uma tarefa fácil.

Como evitar que minhas milhas expirem? Você pode muito bem comprar uma passagem para uma data mais distante e depois trocar a data do seu bilhete aéreo.

 

Antes, leia o primeiro texto da nossa série sobre Milhas Aéreas, sobre como investir no mercado de milhas. 

 

Fonte: Canva

 

Uma vez que você emite passagens com seus pontos, logo, elas estão em uso. Ou seja, elas não vão expirar. Por isso, essa é uma estratégia para segurar seus pontos e ao mesmo tempo, conseguir viajar por um preço mais baixo.

Esta estratégia é excelente em momentos em que o preço da passagem está barato. Quando é assim, suas milhas valem muito mais. Por isso, compre uma passagem e depois remarque. 

Na maioria das situações existe valor na remarcação. Mas dependendo da situação, é melhor pagar esse valor do que deixar as milhas expirarem. 

 

 

Trocar pontos por produtos vale a pena?

 

 

Na maioria das vezes não vale! Se você tem o costume de trocar seus valiosos pontos em panelas da Tramontina… sinto muito! 

Na verdade, tem uma ocasião que compensa trocar pontos por produtos. Vamos falar dela daqui a pouco.

Para saber o verdadeiro valor de suas milhas, entre no site da Hotmilhas e faça uma cotação como se você fosse vendê-las.

Se mil milhas da Smiles está valendo R$21,00 e você possui 50.000 milhas, logo você tem R$1.050,00.

Esse é o famoso “cálculo do milheiro” que te mostrei neste outro texto, sobre como acumular e vender milhas

Agora vamos para o exemplo. No Shopping Smiles, este maravilhoso jogo de panelas está custando R$299,00

 

Fonte: Site da Smiles

 

Agora observe abaixo quanto ele custa em milhas:

 

Fonte: Site da Smiles

 

Se a gente fizer o cálculo, suas milhas Smiles valem R$415,617 – se o preço na Hotmilhas estiver a R$21,00. 

Ou seja, você vai “torrar” suas pontos com panelas pagando o “dobro”. Isso vale a pena? Claro que não! 

PORÉM, há casos em que promoções costumam ser vantajosas. Assim, você pode até fazer uma compra que seja realmente boa pra você. Mas já te adianto que são oportunidades raras.

Também, em caso de milhas que estão prestes a expirar, talvez trocá-las por produtos não seja má ideia. Mesmo assim, fazer o cálculo do milheiro pode te ajudar a ter menos prejuízo. 

 

Viajar com pontos sempre é melhor?

 

Nem sempre, amigo (a). Fazer o cálculo do milheiro pra saber quanto estão pagando por seus pontos no mercado é sempre a melhor opção.

 

Fonte: Canva

 

Em muitas situações vale mais a pena comprar a passagem em dinheiro. Talvez na maioria, compensa sim viajar emitindo passagens com pontos.

O ideal é calcular quanto suas milhas valem naquele momento e analisar: 

 

  • Se o preço das milhas for maior que o preço das passagens, então melhor viajar com milhas;
  • Se o preço da passagem estiver maior que o valor dos seus pontos na Hotmilhas, então não vale a pena.

 

O mais importante é sempre observar os preços nas companhias aéreas, pois as mudanças e promoções são constantes.

 

Vender milhas: a opção mais lucrativa (claro!)

 

Como faço para vender minhas milhas? Essa pergunta vale ouro! Neste texto eu te dei muitos detalhes sobre isso, mas vou pincelar aqui para você não perder dinheiro.

 

Fonte: Canva

 

Teoricamente, as milhas não podem ser vendidas. Pelo regulamento das empresas aéreas, os pontos só podem ser trocadas por produtos em lojas parceiras ou usadas na emissão de passagens.

No entanto, existem empresas no mercado – tal com a Hotmilhas e Maxmilhas – que te pagam para emitir passagens com seu cadastro.

Achou estranho? Sim, é um pouco, mas essas empresas possuem credibilidade no mercado. Elas pegam suas milhas e emitem passagens para terceiros.

Desta forma, tem períodos que as milhas estão com preço elevado no mercado e tem outros momentos que simplesmente elas custam muito pouco.

Vender suas milhas para essas empresas em momentos de valorização das milhas é a melhor opção para quem faz desses pontos uma fonte de renda extra. 

Mas também é uma oportunidade para quem não quer viajar e também não deseja trocar pontos do cartão por panelas. 

Se você é tem muitos pontos no programa de fidelidade – acima de 50.000 – e não tem planos para viajar, certamente vendê-los para essas empresas que emitem passagens é uma excelente opção!

 

Independente do que você for fazer: não deixe suas milhas expirarem

 

Na verdade, isso deveria ser uma regra de vida. Deixar pontos expirarem é um erro imenso, uma vez que seus pontos valem dinheiro.

E se por acaso elas vencerem, você terá que pagar para tê-las de volta. Daí o prejuízo é maior, porque pagar por milhas vencidas não sai barato.

Em outras situações, você só consegue recuperar milhas expiradas em até 180 dias, como no caso da TudoAzul e LatamPass. Caso contrário, você realmente terá queimado dinheiro!

Então, é sempre importante verificar seu cadastro nos programas de fidelidade e observar a validade das suas milhas. No seu painel de cliente é fácil ver isso. 

Talvez, reativá-las seja melhor do que perdê-las, ainda que você tenha que gastar para isso. 

O que você achou dessas dicas. Elas te ajudaram? Comente aqui embaixo!

acumular milhasMilhasmilhas aéreasvender milhasViajar