Projeções no setor imobiliário em 2021

O setor imobiliário no Brasil não parou. Apesar das adversidades de 2020, as projeções do setor imobiliário em 2021 são otimistas.

- Continue depois da Publicidade -

476

Trouxemos informações sobre as projeções no setor imobiliário em 2021 para você, que pensa em investir nesse ramo.

O ano de 2020 foi difícil para todos os brasileiros. Em termos de educação, saúde, economia, negócios, dentre outros aspectos, a vida nesses âmbitos foi bastante difícil; não só no país, mas no mundo inteiro.

Apesar das vários momentos difíceis, o setor imobiliário no Brasil não parou. E o avanço nesse ramo é percebido. Mesmo com os altos e baixos vividas ao longo de 2020, o setor de imóveis está apontando para boas chances em 2021.

Desse modo, podemos elencar os motivos para o avanço do setor imobiliário no próximo ano.

Em síntese:

- Continue depois da Publicidade -

  • os agentes de mercado rumam para um cenário base propício para investir;
  • a economia está a crescer em ritmo gradual;
  • vai haver o controle da inflação ao longo do ano;
  • a taxa básica de juros tende a ficar em baixa;
  • a situação fiscal tende a ficar sob controle também.

 

Planos empresariais no setor imobiliário

 

É esse cenário que aponta para um ano de bons investimentos. A partir disso, a Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abraic) fez uma pesquisa sobre a visão de empresas do setor imobiliário.

A opinião dos diretores e presidentes de 38 das maiores empresas do ramo indica bons números.  Segundo a pesquisa, 97% dos empresários tem planos para lançar novos projetos; isso no período de 12 meses. Desses líderes de empresas, 92% planejam a compra de terrenos nessa mesma época dita.

Como exemplo temos a Fortesec, securitizadora e gestora de ativos financeiros. Seus números mostram que o volume de emissões e integralizações dobra a cada ano. Para o ano de 2021 eles se mostram empolgados também; acreditam que os números serão iguais aos dos outros anos.

A empresa aponta que o ano de 2020 vai fechar em alta; a integralização será de 150% a mais do que no ano de 2019.

Essa ideia é importante para o mercado imobiliário; a grande maioria das emissões feitas pela Fortesec são de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs). Ou seja, quer dizer que tal setor está sempre em vias de fomento.

 

projeções do mercado de imóveis para 2021

 

Planejamento do setor imobiliário

 

Com efeito, o que indica a chance do setor imobiliário crescer em 2021 é, antes de mais nada, que a taxa básica de juros (Selic) se mantenha em baixa.

Atualmente a Selic registra seu percentual em 2%, e as projeções para o futuro são de alta. O mercado financeiro também mostra um aumento. No término de 2021, a dita taxa irá se elevar em 1 ponto percentual; isto é, para 3%.

A história mostra que estamos vivemos o momento de grandes baixas na taxa de juros; mesmo que no futuro ela suba um pouco, ainda será baixa. Isso também nos mostra que o ambiente dos negócios no país progride. Está bom para investimentos.

Devido a baixa atual dos juros, o mercado se torna um ótimo incentivo. Nesse sentido, os investidores buscam alternativas rentáveis. Diante do cenário, o subsídios do setor imobiliário são sempre a favor do mercado de imóveis. Como sequência disso, os fundos imobiliários são produtos bastante visados para se investir.

Por outro lado, pegar de volta os recursos que foram emprestados também tem lá suas vantagens. Ou seja, bom tanto para os consumidores quanto para os próprios empresários.

 

O PIB e suas projeções no setor imobiliário em 2021

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Junto com essas projeções do mercado, entram também as expectativas de que o setor cresça. Inclusive, isso dá pistas de novidades que vem por aí!

O boletim Focus é o responsável por fazer o relatório de mercado que resume as taxas estatísticas de diversas atividades econômicas. Ele aponta um declive do PIB (Produto Interno Bruto) mundial para um aumento; portanto, espera-se que atinja o valor de 6%.

Na sequencia, o relatório demonstra também os valores do PIB de outros países, como Estados Unidos (4%), Europa e Zona do Euro (5%) e China (7,5%).

Vale lembrar que essas são as projeções para o próximo ano.

Quanto ao Brasil, o boletim Focus projeta o valor de 3,34% de PIB em 2021. Nesse quesito, algumas empresas projetam valores maiores, como no caso do Itaú BBC.

Eles apostam em 4% para as atividades econômicas nacionais.

 

A inflação e o setor imobiliário

 

Para falar de economia também necessita falar em inflação. E de fato, esse é um ponto a ser analisado com bastante atenção.

Diante do ano de 2020, a pressão sobre o setor de bens fica nítida. As altas nos preços de atacado também estão em destaque. Isso acontece uma vez que os estoques apresentam um valor histórico mínimo.

Em contrapartida, vemos a alta no desemprego. Com os postos de trabalho vagos, a inflação se mantém em níveis estáveis. Isso se coloca devido a retomada lenta e gradual do setor de serviços.

Considerando a opinião do Banco Central, eles também estão otimistas quanto a inflação; mesmo que se reconheçam os riscos.

Em vista de todo o exposto, essas informações são de grande interesse da área imobiliária. Isso devido a sondagem dos contratos imobiliários, que é feita partir das taxas de inflação do momento.

 

ramo imobiliário e suas projeções para 2021

Projeções no setor imobiliário em 2021

 

Na medida em que o ano de 2021 entra, a agenda econômica se movimenta; isso traz o foco para assuntos como o aumento do PIB brasileiro, assim como, para evolução das contas públicas.

Por falar nisso, o teto de gastos do país tem que se manter equilibrado. Isso é premissa para todos os planos do futuro.

Temos a informação de que a dívida pública de 2020 feche em aproximadamente 93% do PIB nacional; dessa maneira, é de interesse mercadológico que haja manutenção a partir daí.

A partir de todos os dados debatidos, é relevante projetarmos consolidações positivas para o ramo. Por isso, esperamos um ano de grandes investimentos.

Se as condições atuais de mercado, agenda, e projeções forem conservadas, muito provável que você, investidor, tenha boas notícias pela frente; bem como um futuro bastante otimista no mercado de imóveis.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes