Antônia Fontenelle sobre vacina da Covid-19: “Depois, decido se tomo ou não”

A artista usou suas redes para desabafar sua opinião sobre a vacina da Covid-19, recém-aprovada pela Anvisa. Antônia apontas fatos e recebe críticas.

- Continue depois da Publicidade -

Após a aprovação pela Anvisa da vacina contra a Covid-19, a apresentadora Antônia Fontenelle usou suas redes sociais para desabafar sobre o assunto. A resposta da artista repercutiu na web, depois de ela expor sua opinião e falar sobre a primeira mulher a tomar a vacina no Brasil.

Mônica Calazans, de 54 anos, tomou a primeira dose distribuída no país, mas de acordo com Fontenelle a infectologista já havia tomado outras vezes: “Essa senhora já havia sido cobaia da tal vacina há um tempo, agora aparece novamente, pelo que entendi, usando pela terceira vez. Segundo alguns globais desempregados, com seus textos lacrados, ‘trata-se da primeira mulher negra a tomar o imunizante e blá-blá-bá.”

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Fontenelle descarregou sem poupar ninguém: “História confusa da #¿$?%!¡, por vários motivos, mas um deles não posso deixar de citar. Qual a importância de enfatizar que essa senhora é negra? Qual a diferença? Essa gente é tão lixo, que não percebe o fomento do racismo que acha que não comete.”

 

 

  • Enquanto isso, confira: Brasil chora – grande ídolo da música brasileira morre vítima da Covid-19.

 

Antônia Fontenelle fala se irá tomar a vacina

 

Na mesma publicação, a apresentadora deixou sua opinião em relação à vacina da Covid-19, se vai tomar ou não. Sua mensagem recebeu bastante críticas, confira o que ela disse.

 

Antônia Fontenelle.
Antônia Fontenelle – Fonte: Instagram

 

“Bom, para resumir essa ópera, quero dizer que vou aguardar os pretos, os brancos, os pardos e os albinos tomarem essa #¿$?%!¡. Depois, decido se tomo ou não. E garanto que esse post não é político, ele é responsável e coerente, e quem quiser achar o contrário, #¿$?%!¡.”, escreveu.

 

  • Enquanto isso, vote na nossa enquete se você irá ou não tomar a vacina contra a Covid-19.

 

Nos comentários da publicação, alguns seguidores explicaram para a Antônia, que a enfermeira e infectologista Mônica Aparecida Calazans não havia tomado uma terceira dose da vacina, mas sim a primeira. De acordo com o Butantã, Mônica de fato participou dos testes clínicos como voluntária, no entanto, recebeu placebo, e não a vacina30 como dito pela apresentadora.

“Isso foi comprovado porque, antes de ser vacinada, fez teste sorológico para Covid-19, que não detectou presença de anticorpos do vírus. Portanto, são falsas as mensagens que acusam suposta encenação”, relata o Butantã sobre o caso.

Por fim, lembramos que seu comentário e o seu compartilhamento é muito importante para nós. Por isso, não deixe de deixar o seu. Nós nos dedicamos em passar as melhores notícias do dia para você, sendo assim não perca mais nada, basta se inscrever em nosso ‘blog’.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes