Enquete: você pretende tomar a vacina contra a Covid-19? Vote!

Pessoas cogitam e pensam seriamente se vão tomar a vacina contra a Covid-19, recém-aprovada pela Anvisa. Vote em nossa enquete pública a sua opinião!

- Continue depois da Publicidade -

No último domingo (17), recebemos uma boa notícia em relação à Covid-19, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou o uso emergencial das vacinas Oxford/AstraZeneca e também da Coronavac. A decisão, tomada por unanimidade, permite que as vacinas sejam aplicadas com ressalvas na população brasileira.

A diretora da Anvisa, Meiruze Freitas, relata: “Ressalvadas algumas incertezas pelo estágio das vacinas em desenvolvimento, os benefícios das duas candidatas superam os riscos e ambas atendem os critérios de eficácia e segurança”.

 

Vacinação se inicia em São Paulo

 

Campanha de vacinação.
Vacinação – Fonte: Reprodução/Porto Alegre

 

Após a aprovação das vacinas, o governo de São Paulo iniciou na manhã desta segunda-feira (18) a vacinação contra o vírus, nos cinco hospitais-escola do interior. Sendo assim, serão imunizados cerca de 60 mil profissionais, que estão cuidando dos doentes em decorrência do vírus, com a vacina do Butantã.

- Continue depois da Publicidade -

A campanha da vacinação, na verdade, se iniciou na data de ontem, minutos depois da aprovação da Anvisa. Mas, somente 112 indivíduos receberam a  imunidade, contando com as brasileiras Mônica Calazans, Infectologista, e Vanuzia Santos, a primeira indígena a receber a dose.

 

  • Enquanto isso, confira: COVID-19 – o que fazer se tiver sintomas de coronavírus? Com dicas de chás e cuidados.

 

- Continue depois da Publicidade -

Perguntas comuns e respostas sobre a imunização

 

Perguntas e respostas, imagem ilustrativa.
Enquete pública – Coronavírus – Fonte: Reprodução

 

Em relação a algumas dúvidas, esclarecemos as respostas de acordo com o site da G1, da Globo.

- Continue depois da Publicidade -

  • Quem já se infectou com o vírus da Covid-19 deve ser vacinado?
Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

De acordo com o site da G1, sim. Os especialistas alegam que os dados iniciais apontam que aqueles que já se infectaram com a doença deva receber a dose da vacina. Além dela oferecer uma imunidade mais duradoura, também é beneficial em relação à imunidade natural.

  • A vacina da Covid-19 há contraindicações? Para quem?

A bula da vacina Pfizer, única divulgada até o momento, informa que grávidas e mulheres que estão alimentando não poderão tomar o imunizante. Na Rússia, por exemplo, maiores de 60 anos, grávidas, lactantes e também pessoas com doenças crônicas não tomaram a imunidade. Pessoas com histórico alérgico a alimentos, medicamentos e também a outras vacinas não deverão receber as vacinas atuais contra a Covid-19.

  • Quais são os efeitos colaterais normais da vacina, bem como quanto tempo eles podem durar?

Geralmente, todas as vacinas causam uma dor local e vermelhidão. O infectologista José Geraldo Leite Ribeiro explica: “As vacinas em testes mostraram, até o momento, apenas eventos adversos leves, como vermelhidão, dor e, às vezes, febre baixa. Apenas a vacina da Pfizer, com 1,8 milhões de doses aplicadas, ocorreram três casos de eventos adversos mais sérios em alérgicos, mas que evoluíram bem”.

 

  • Enquanto isso, ainda está com dúvidas? Acesse a lista completa divulgada pela G1.

 

Enquete pública: você pretende tomar a vacina contra a Covid-19?

 

Criamos uma enquete pública para você deixar seu voto em relação à vacina contra a Covid-19. Por isso, responda se você pretende tomá-la ou não, então, deixe o seu voto!

 

[poll id=”25″]

 

Por fim, lembramos que seu comentário e o seu compartilhamento é muito importante para nós. Por isso, não deixe de deixar o seu. Nós nos dedicamos em passar as melhores notícias do dia para você, sendo assim não perca mais nada, basta se inscrever em nosso ‘blog’.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes