Quem é Maju Coutinho? Tudo sobre a jornalista da Rede Globo

Quem é Maju Coutinho? Tudo sobre a jornalista da Rede Globo

Maria Júlia Coutinho Portes nasceu em São Paulo, no dia 10 de agosto de 1978. Ficou conhecida nacionalmente pelo profissionalismo como jornalista, comentarista, radialista, repórter e apresentadora.

Ganhou ainda mais conceito em 30 de setembro de 2019, quando se tornou âncora do “Jornal Hoje”.

Maju, apelido que é mais conhecida, está na Rede Globo há 14 anos. Confira, em seguida, mais sobre a trajetória, carreira e vida pessoal da jornalista.

 

Quem é Maju Coutinho?

 

Maria Júlia Coutinho nasceu em São Paulo, em 1978. Fonte: Instagram

 

  • Leia também Tadeu Schmidt se emociona ao anunciar saída do “Fantástico”

 

De origem paulista, Maju é filha de Zilma Coutinho e João Raimundo Coutinho. Possui 43 anos e é do signo de virgem.

Os pais de Maju são educadores. O que a inspirou, antes de encontrar seu verdadeiro propósito, querer ser professora.

Na infância, ela sempre brincou de telejornal. Fazia jornaizinhos para a escola ou apenas para brincar. Assim, nasceu o amor pelo jornalismo.

 

 

 

Carreira

 

A Maju Coutinho se formou em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Fez estágio na Fundação Padre Anchieta, onde atuou até chegar à reportagem.

Em 2005, apresentou o “Jornal da Cultura” ao lado de Heródoto Barbeiro. Em seguida, passou a apresentar o “Cultura do Meio-Dia”, junto de Laila Dawa e Vladir Lemos.

Dois anos depois, voltou para as reportagens. Sendo contratada pela Rede Globo. Em 2013, Maria Júlia passou a comandar o posto das previsões climáticas do “Jornal Hoje” e do “Jornal Nacional”. Assim, ganhando destaque como apresentadora de meteorologia.

Em abril de 2015, Maju Coutinho começou a apresentar ao vivo a previsão do tempo do “Jornal Nacional”. No mesmo ano, passou a fazer parte da lista de apresentadores do “SPTV”.

 

  • Em seguida, veja Estilo Maju Coutinho — 1ª âncora negra do JN é inspiração para looks de trabalho elegantes

 

Assim, alguns dos trabalhos executados pela jornalista. Fonte: TV Prime/ Geledes/ O Planeta TV

 

Mais sobre sua trajetória

 

Em 2016, a equipe do jornal “O Globo” elegeu a jornalista a personalidade do ano na categoria Segundo Caderno/+TV. Um ano depois, ela passou a comandar o “Jornal Hoje”. Que assumiu até 2019.

Maju Coutinho foi a primeira mulher negra a fazer parte do quadro fixo de apresentadores do Jornal Nacional. Fato que aconteceu em 16 de fevereiro de 2019. Neste mesmo ano, também apresentou eventualmente o “Fantástico”. Cobrindo as férias de Poliana Abritta.

Em setembro de 2019, deixou a previsão do tempo do JN e o SPTV. Pois, começou a apresentar o “Jornal Hoje”.
Em 10 de outubro de 2021, Maju anunciou sua saída do “JH”. Ela irá assumir o “Fantástico”, ao lado de Poliana Abritta. Em seguida, confira um resumo da trajetória da jornalista:

 

  • Confira também Quem é Adriane Galisteu: tudo sobre a apresentadora de A Fazenda 13

 

Os trabalhos de Maju Coutinho. Fonte: Wikipédia.

 

O Tadeu Schmidt, que era o apresentador fixo da revista eletrônica dominical, irá assumir o Big Brother Brasil. Reality antes apresentado por Tiago Leifert, que deixou a Rede Globo.

 

Qual o salário da jornalista Maju Coutinho?

 

Segundo o site FDR, Maju recebia R$ 60 mil como apresentadora do “Jornal Hoje”. Contudo, com a mudança para apresentar o “Fantástico”, esse valor irá duplicar. Passando a receber cerca de R$ 120 mil.

 

 

A vida pessoal de Maju Coutinho

 

Em 2010, a jornalista se casou com o publicitário Agostinho Paulo Moura. Maju Coutinho não tem filhos. Para entrevistas relevou que gosta de crianças, mas que nunca sentiu vontade de ser mãe. O marido, aliás, a apoia na decisão.

Maju fez um exame, neste ano, para descobrir a sua ancestralidade. Confira o resultado do teste:

 

Fonte: Wikipédia. Montagem: Laila Lopes

 

  • Logo depois, veja também Racista? Quem, eu? Reflexão sobre racismo estrutural

 

Ataques racistas

 

A jornalista. Fonte: Instagram

 

Em julho de 2015, Maju Coutinho sofreu racismo por meio da página oficial do Jornal Nacional no Facebook. O que provocou repulsa na população, subindo a hashtag #SomostodosMaju nas redes sociais.

Até mesmo o Jornal Nacional, na época apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos, criou uma pauta sobre o caso. A jornalista estava presente no programa. Relembre em seguida:

 

 

Em 2020, Maria Júlia foi mais uma vez alvo de injúria racial e racismo. Dois homens foram condenados pelos crimes. Com pena de cinco e seis anos de reclusão em regime semiaberto, além de multa.

 

 

BiografiaFantásticojornal nacionaljornalistaMaju CoutinhoRede Globotv globo