Carlos Tramontina, Maitê Proença, Carolina Ferraz

Carlos Tramontina critica Maitê Proença e Carolina Ferraz por processarem a Globo: “Hipocrisia”

O ex-jornalista da Globo, Carlos Tramontina falou o que ele pensa sobre a atitude de Maitê Proença e Carolina Ferraz de processarem o canal

Uma polêmica tomou conta das redes sociais nos últimos dias. O ex-contratado da Globo, Carlos Tramontina teceu criticas (nominalmente) para as atrizes, Carolina Ferraz e Maitê Proença. Isso porque, o apresentador não achou certo a atitude que suas ex-colegas de empresa tiveram com a Globo.

Acontece que recentemente, Carolina Ferraz e Maitê Proença se uniram num processo contra a Globo. Dispensadas em 2016, ambas decidiram colocar o canal da família Marinho na justiça. Dessa forma, Maitê convocou Carolina como testemunha na ação.

Segundo o site Notícias da TV, “Maitê Proença pede indenização de R$ 500 mil em busca de reconhecimento por direitos trabalhistas e do vínculo empregatício, já que seu contrato era por PJ (Pessoa Jurídica) e não pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho)”– diz a matéria.

Veja também…

Carlos Tramontina detona Carolina Ferraz e Maitê Proença

Carlos Tramontina, Maitê Proença, Carolina Ferraz
Carlos Tramontina foi o convidado do Flow, nessa semana. Fonte: Reprodução/Globo

Durante entrevista ao podcast, Flow (apresentado por Marcelo Tas e Igor Coelho) Carlos Tramontina falou o que pensa sobre a atitude das ex-colegas de emissora.

“Me decepcionei muito. Acho o seguinte: você ficou 20 anos fazendo o negócio e serviu, agora não presta? Mas que hipocrisia é essa?! Eu vi outro dia as duas atrizes, a Maitê [Proença] e a Carolina [Ferraz], agora processam a Globo”.

O jornalista ainda levantou a questão do “outro lado da moeda”, bem como as vantagens que as atrizes tiveram enquanto trabalhavam como empresa PJ: “Mas quando eram pessoas jurídicas pagavam menos imposto e agora querem recuperar os direitos trabalhistas. Vão devolver para a Receita o que deixaram de recolher? O que é isso?”

Ainda sobre o tema, Carlos Tramontina acredita que uma avaliação e criticas são bem vidas sobre o local onde se trabalha. Mas que existe maneiras de como se fazer tal ação.

“Acho que criticar, avaliar o trabalho, ter uma visão crítica do trabalho faz parte, mas você dizer que aquela empresa que você ficou isso, isso, isso, agora não presta. É muito estranho”– declarou o jornalista.

Carlos Tramontina deixou a Globo em 2022

Carlos Tramontina, Maitê Proença, Carolina Ferraz
Carlos Tramontina falou em entrevista sobre ex-contratados da Globo que processam a empresa. Fonte: Reprodução/Youtube

Aos 68 anos de idade, Carlos Tramontina encerrou seu vínculo com a Globo em abril desse ano. O jornalista era âncora do SP 2 desde 1998, mas entrou na emissora muito antes.

“Depois de 43 anos em atividades jornalísticas diárias, estou deixando a Globo, uma decisão tomada em comum acordo com a empresa. É hora de curtir a família, os hobbies e ter mais tempo para viajar”– disse Tramontina em sua rede social, em abril desse ano.

Ainda sobre Carolina Ferraz e Maitê Proença, Carlos Tramontina declarou que não conhece as atrizes pessoalmente.

“Não tive a alegria de conhecê-las pessoalmente, atrizes maravilhosas, mas é que são dois exemplos que foram colocados publicamente. Eu acho muito estranho, dentro dessa condição, depois que você fez por muito tempo, aí não dá mais” – pontuou o jornalista.

De maneira idêntica, Tramontina também criticou os profissionais que se consideram “demais” para aturarem em qualquer outro lugar que não seja a Globo.

“Tem algumas pessoas que eu acho que não se conformam em sair da Globo, ser obrigado a sair da Globo. Porque elas se consideram grandes, e veem isso como inaceitável”- disse Carlos no podcast.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades de Pantanal e Ilha Record direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja o trecho da entrevista:

Matérias Similares