Nesta segunda-feira, 16, um caso que impactou o Brasil teve mais um desdobramento. Após três anos foragido, Paulo Cupertino foi preso por suspeita de assassinar o ator Rafael Miguel (1996-2019).

Isabela Tibcherani falou sobre a prisão do pai e pediu respeito nesse momento, já que é um choque para a família que lidava com o fato e o sumiço de Paulo Cupertino. Confira:

Enquanto isso, leia Rodrigo Mussi se recupera e fala pela primeira vez após acidente: “Sou um milagre”

Filha de Paulo Cupertino desabafa

A prisão de Paulo Cupertino foi divulgada pela mídia nesta segunda, e Isabela quebrou o silêncio e falou sobre a descoberta da prisão.

“Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito a respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens e todo apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço. Grata”, escreveu a jovem no Instagram.

Ex-namorada de Rafael Miguel, Isabela Tibcherani falou ao vivo com José Luiz Datena, na Band, e falou sobre a sensação de descobrir que o pai foi preso após três anos de busca pela polícia.

“Ainda estou assimilando. A minha primeira reação ao receber a ligação foi: ‘Você tem certeza do que está falando? Confirma isso? Pois, não posso ter a minha vida balançada agora’. Faz literalmente cinco minutos que descobri”, comentou ela na entrevista.

Muito abalada, Isabela não quis estender o assunto sobre a prisão do pai, Paulo Cupertino. “Não posso dizer para você que me sinto mal, mas também não sei dizer se me sinto bem”, disse.

Isabela Tibcherani
Isabela Tibcherani postou nas redes sociais (Fonte: Instagram)

Enquanto isso, leia Claudia Raia relembra perrengue para viver Donatela de “A Favorita”

Paulo Cupertino foi preso

Nesta segunda-feira, 16, Paulo Cupertino foi preso após passar quase três anos foragido, suspeito da morte do ator Rafael Miguel. Ao chegar no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), ele afirmou que não é culpado pela morte do artista. “Não matei ninguém”, declarou.

Rafael Miguel e os pais João Alcisio Miguel e Mirian Selma Miguel, foram assassinado no dia 9 de junho de 2019. Segundo o Ministério Público, Paulo Cupertino teria cometido os crimes porque não aprovava o namoro da filha com o ator.

Enquanto isso, leia Deolane Bezerra compra Porsche, de onde vem a fortuna da doutora?

Se você gosta do universo de entretenimento, precisa conhecer os conteúdos que temos sobre esse tema aqui mesmo, no portal Fashion Bubbles!