Guilherme de Pádua e Daniella Perez.

Guilherme de Pádua está “passando pelo castigo”, afirma astróloga, 30 anos após a morte de Daniella

Guilherme de Pádua assassinou Daniella Perez em 28 de dezembro de 1992, após sentir que Gloria Perez diminuiu seu personagem na novela “De Corpo e Alma”

Compartilhe

Há exatos 30 anos, o Brasil inteiro estava impactado e de luto, após a atriz Daniella Perez ser encontrada morta com 18 punhaladas. Oito dessas punhaladas foram acertadas no coração da atriz.

Poucos dias depois, uma reviravolta deixou o Brasil mais chocado. A polícia descobriu que os autores do crime foram: Guilherme de Pádua e sua, então, esposa Paula Thomaz.

Guilherme e Paula foram presos, julgados a 18 anos de pena, mas soltos alguns anos depois. O ex-ator ficou preso somente entre 1993 e 1999. No dia seis de dezembro desse ano, Guilherme sofreu um infarto fulminante e faleceu aos 53 anos.

Agora, uma astróloga avalia qual caminho o espírito de Guilherme está seguindo no outro plano.

Espírito de Guilherme de Pádua

Na noite do dia 28 de dezembro o corpo da atriz, Daniella Perez foi encontrado. A filha da autora Gloria Perez foi morta com 18 punhaladas. No local, indícios apontaram que a morte da atriz pode ter feito parte de um ritual.

Isso porque, no local onde Daniella foi morta, encontraram um círculo demarcado com fogo, dias antes. De maneira idêntica, uma mecha de cabelo da vítima também foi arrancada. A aliança da atriz também foi arrancada. Sem contar que 28 de dezembro foi a última noite de lua cheia de 1992.

Guilherme de Pádua e Daniella Perez.
Ex-ator e pastor, Guilherme de Pádua morreu no dia 6 de novembro. Fonte: Globo

Todavia, tanto Paula Thomaz como Guilherme de Pádua nunca confirmaram esses indícios.

Mortos com um intervalo de 30 anos, a astróloga, Mônica Buonfiglio afirma que Daniella e Guilherme não tiveram um encontro no outro plano. Enquanto o espírito da atriz já está evoluído, o de Guilherme ainda está atravessando algumas entraves.

“Ele está passando pelo castigo que, para mim, é um castigo eterno”- disse Mônica ao Notícias da TV.

De fato, a astróloga, Mônica Buonfiglio se baseia na filosofia de São Tomás de Aquino. Nela todo espírito que parte para o outro plano tem que percorrer um túnel. A depender de suas atitudes na terra esse túnel pode ser mais curto, ou terrivelmente longo.

Guilherme evangélico

Assim que deixou a prisão. Guilherme decidiu se converter e virou evangélico. O ator ficou um bom tempo fora da mídia e estudou teologia. Enquanto isso, chegou a virar pastor da Igreja Batista da Lagoinha.

Dessa forma, o ator ainda se casou por duas vezes (depois do divórcio com Paula). Sua última esposa, também era da mesma igreja, Juliana Lacerda.

Guilherme de Pádua.
Após sair da cadeia, Guilherme se converteu e virou pastor. Fonte: Instagram

Ainda assim a astróloga Mônica afirma que nada dessas decisões diminuiu a pena que Guilherme de Pádua tem que acertar com o plano espiritual.

“E não adianta nada ele ter se convertido, isso não ajuda em nada. Ele já estava com medo da morte, ele sabia que tinha contas a acertar com o plano espiritual”- afirmou a espiritualista.

Em 1996, Mônica afirmou que sentiu o espírito de Daniella com certa revolta. Isso pelo motivo que a atriz já sabia que Guilherme e Paula seriam soltos. Contudo, com o tempo, o espírito de Daniella se acalmou mais um tempo depois ela perdoou os assassinos.

Era a natureza dela. O espírito dela é bom, é puro. Ela é um ser de luz. Tudo o que é ruim, pesado, mágoa, tristeza, inveja… Fica no plano material. Ela perdoou assim como ela perdoaria o ato de qualquer ser humano. Ela está em paz”- afirmou Mônica ao Notícias da TV.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades do BBB 23 e tudo sobre os Famosos direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja mais sobre o crime que impactou o Brasil:

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias