Karina Bacchi critica reação de Giovanna Ewbank em caso de racismo contra seus filhos: “Me choca”

Durante participação no podcast “Positivamente”, Karina Bacchi se mostrou contra a violência esboçada por Giovanna Ewbank em caso de racismo

Duas imagens. Karina Bacchi no podcast e Giovanna Ewbank no Fantástico.
Compartilhe

Karina Bacchi resolveu dar sua opinião no crime que aconteceu contra os filhos de e Bruno Gagliasso. No final de julho, o casal se reuniu com os filhos e amigos em um badalado restaurante no litoral de Portugal. Todavia, a festa acabou em uma grande confusão, após uma senhora entrar no local e ofender a todos os negros presentes no estabelecimento.

Giovanna Ewbank ficou totalmente descontrolada e chegou a agredir a mulher com cuspis e tapas, até que a polícia chegou. O caso levantou mais uma discussão contra o e como reagir nesses casos. A atriz Karina Bacchi, então, discordou da reação a qual Giovanna teve nessa situação.

Segundo Karina, não podemos responder a violência com mais violência. O comentário da atriz aconteceu durante ao podcast, “Positivamente”, comandando pela ex-Supernanny, Cris Poli. Vem saber o que rolou.

Karina Bacchi gera polêmica ao palpitar sobre caso de racismo com filhos de Giovanna Ewbank

Karina Bacchi participa do podcast de Cris Poli, ex-Supernanny.
Karina Bacchi desaprova reação de Giovanna Ewbank em caso de racismo contra os filhos. Fonte: YouTube

O assunto no podcast de Cris Poli, surgiu enquanto ela e Karina Bacchi falavam sobre educação dos filhos e “exemplos”. Dessa forma, Karina Bacchi citou o caso de racismo contra Titi e Bless e manifestou sua opinião.

“Essa semana eu estava conversando com amigas. Teve um caso que apareceu na mídia de uma mãe que parece que os filhos sofreram preconceito. Ela para defender os filhos, xingou muito aquela pessoa, cuspiu, bateu e todo mundo a favor daquela pessoa. ‘Poxa, que máximo! Ela fez é pouco porque uma mãe leoa faz isso, tem que fazer isso para defender o filho’“ – iniciou Karina no Podcast.

Todavia, Karina repudiou a “fúria” de Giovanna Ewbank diante de toda a situação e dos filhos.

“Eu concordo que a gente tem que defender os nossos filhos, mas eu não acredito que a defesa esteja em cuspir, em xingar, em bater, em agredir e o povo achando que a pessoa fez pouco“– ponderou a ex-atriz.

Segundo Bacchi é preciso que as mães deem bons exemplos de comportamento para os filhos.

“Eu acho que a gente tem que defender os nossos filhos, mas que exemplo a gente está dando nas nossas reações, na forma da gente reagir? Então, o mundo está aplaudindo isso e achando um máximo. Isso me choca também“- declarou Karina Bachi.

Karina Bacchi em outra confusão

Duas imagens, Amaury faz vídeo de desabafo. Na outra imagem, uma foto de Karina, Amaury e Enrico, quando o ex-jogador e a ex-atriz eram casados.
O ex-jogador, Amaury Nunes busca formas de reencontrar seu filho afetivo, Enrico, e rebate Karina Bacchi. Fonte: Instagram

Recentemente o ex-marido de Karina Bachi, Amaury Nunes gravou um vídeo para as redes sociais dizendo que está proibido de ver “seu filho”, Enrico, de 5 anos. Amaury e Karina.

Amaury Nunes e Karina Bachi tiveram um de quatro anos. Quando conheceu o ex-jogador conheceu a ex-atriz, ela já era mãe de Enrico. Isso porque a criança é fruto de uma produção independente da apresentadora.

Todavia, durante todo o casamento, Amaury criou laços afetivos com Enrico. Segundo o site Na Telinha, Amaury chegou a dar início aos tramites legais para registrar a criança em 2019. Todavia, o processo foi interrompido devido a pandemia e a lentidão do judiciário.

Nesse intermédio, Karina Bachi se converteu para a igreja evangélica e as diferenças religiosas com Amaury colocaram um fim na relação. Agora, o ex-jogador busca maneiras legais de manter o contato com a criança.

“Compartilhamos momentos maravilhosos e obstáculos. Não precisei apagar nenhum vídeo ou foto, não bloqueei comentário. As pessoas que conviveram com a gente, minha família, a família dela, nossos amigos, as funcionárias que viviam com a gente em casa…

Todas as pessoas sabem da minha índole, do meu caráter, do pai que fui e sou para o nosso filho. Espero que a gente consiga resolver a situação sem mais polêmicas, brigas, insinuações”- disse Amaury em desabafo nas redes.

Por fim, veja como foi o comentário de Karina Bachi no podcast, sobre o caso de Giovanna Ewbank (a partir 1h25 do vídeo):

Compartilhe

Stories

Matérias Similares