Giovanna Ewbank abraçada com com seus filhos, Titi e Bless. Na outra foto, Giovanna enfrenta mulher acusada de racismo

Giovanna Ewbank parte para cima de mulher após seus filhos serem vítimas de racismo: “Nojenta”

Giovanna Ewbank perdeu o controle e partiu para cima de uma mulher acusada de proferir ofensas racistas contra seus filhos

Uma ação criminosa transformou as férias de e em um pesadelo no último sábado, 30. O casal, que está de férias em Portugal, teve que enfrentar uma mulher que proferiu ofensas racistas contra seus dois filhos, Bless e Titi.

De acordo com a coluna de , Giovanna Ewbank e Bruno estavam em um restaurante badalado, na Costa da Caparica, aproveitando a tarde com os amigos. Foi quando a tal mulher passou pelo local e disse “tirar aqueles pretos imundos dali”.

Segundo os presentes as ofensas foram diretas para Bless e Titi, além de mais outros quinze angolanos que também estavam no local.

Veja também – Sandy e Wanessa Camargo rebatem fofocas de “rixas” e anunciam parceria musical: “Artista linda

Giovanna Ewbank fica revoltada

Giovanna enfrenta mulher acusada de racismo e é contida por Bruno Gagliasso,  na parte externa do restaurante de Portugal
Giovanna Ewbank discute com mulher acusada de . Fonte: Instagram/Metrópoles

A reação de Giovanna Ewbank foi imediata. A esposa de Bruno Gagliasso partiu para cima da acusada. De acordo com a coluna de Leo Dias, Giovanna chegou a cuspir na cara da agressora. Durante a confusão, um vídeo foi gravado e mostra a triz sendo segurada para não perder a razão.

“Racista nojenta! Você é uma filha de uma [email protected]! Isso que você é, horrorosa! Olha sua cara! Tenho pena de você (…) Você merece sabe o que? Você merece um soco, uma porrada! Isso que você merece”– diz Giovanna Ewbank para a mulher.

Enquanto isso, Bruno Gagliasso surgiu no vídeo tentado conter Giovanna Ewbank. Segundo os presentes foi o ator que chamou a polícia. A acusada saiu do local escoltada pela polícia e foi levada para a delegacia.

Ofensas à filha de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Giovanna Ewbank com Zyan no colo, Bruno Gagliasso com Titi e Bless ao lado, em uma paisagem desértica. Todos vestem roupas da mesma cor
Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso posam com os filhos, Titi, Bless e Zyan. Fonte: Instagram/ Bruno Gagliasso

Em novembro de 2016, Bruno Gagliasso foi à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática prestar queixa de racismo. Isso porque, na época Giovanna postou uma foto com a filha quando recebeu o seguinte comentário:

“Você e seu marido até que combina, mas a criança que vocês adotaram não combinou muito, porque ela é pretinha e lugar de preto é na África”.

Como resultado da repercussão, a mensagem foi apagada e na sequência o perfil deletado.

De fato, não foi o primeiro, mas espero que seja o último. Que esse caso sirva de exemplo e eu vou até o final. A polícia vai achar e quem fez isso vai ter que pagar” – disse o ator na época.

A advogada do casal revelou, em 2018, que as ofensas foram postadas por uma adolescente de 14 anos. Dessa forma, o processo seguiu “em segredo de justiça” por envolver uma menor.

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank são pais de Titi, de 8, Bless, de 7, e Zyan, de 1 ano e 9 meses. O ator tenta convencer a atriz para terem mais filhos.

“Quero muito [ter mais filhos]. No entanto, só preciso da ajuda de vocês para convencer a Giovanna a dar uma antecipada nesse processo. É a melhor coisa do mundo, não tem igual. Tenham filhos”– disse o ator nas redes sociais.

Nota da assessoria de imprensa

A assessoria de imprensa de Giovanna Ewbank publicou uma nota sobre o caso de racismo em Portugal.

“Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.

Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

Confirmamos, conforme videos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.

Assim sendo, informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.”

Por fim, veja uma de Bruno Gagliasso feita recentemente no podcast comandado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme:


Participe da Enquete Ilha Record 2: após o exílio de Kaio e Nakagima, quem deve vencer o reality?

  • Bruno Sutter
  • Caique Aguiar
  • Fábio Braz
  • Kaik
  • Ste Viegas
  • Whendy Tavares


Stories

Matérias Similares