Taís Araújo na Globo

Taís Araújo bate de frente ao enfrentar racismo de ator da Globo: “Desrespeitada”

Sendo uma das atrizes mais reconhecidas da TV Globo, Taís Araújo revelou que foi vítima de preconceito dentro da emissora

O caso de enfrentado por e em Portugal no último final de semana repercutiu na mídia. Convidada do podcast de Giovanna, relembrou quando foi alvo de preconceito durante seu trabalho.

Atriz da TV , Taís Araújo relatou no podcast “Quem Pode, Pod”, comandado por Ewbank e Fernanda Paes Leme, que foi alvo de racismo durante uma gravação.

Sem dar nomes, Taís disse que teve que se impor – como fez muitas vezes em sua vida – para mostrar que as posições do tal ator estavam erradas. Confira:

E maisMansão de Gil do Vigor nos EUA impressiona pelo tamanho e detalhes peculiares, confira!

Taís Araújo foi alvo de racismo na Globo

Taís Araújo no podcast
Taís Araújo no podcast (Foto: Youtube)

Durante participação no podcast de Giovanna Ewbank, Taís Araújo revelou que enfrentou um caso de racismo durante um trabalho na Globo. Reagindo ao ataque, a atriz rebateu e deu uma lição no agressor.

“Eu escuto isso desde que eu saí da maternidade. Desde sempre. Eu confesso que na minha infância, minha adolescência, fatalmente, eu tive que levantar o meu nariz para não ser atropelada. Eu fui criada em um lugar muito branco e de elite. Se eu não me impusesse, eu ia ser atropelada”, disse Taís Araújo.

Ademais, já tendo passado por situações assim, a atriz aprendeu que precisa levantar a cabeça e mostrar que a atitude é inaceitável.

Tem uma questão de postura mesmo, do olhar do outro. Uma vez, um ator da globo virou para mim e falou: ‘Engraçado, eu não conheço nenhum negro bem-sucedido que não seja prepotente e arrogante’. Eu falei: ‘Será que é você que não está acostumado a ver negros em lugares de poder? Será que você só entende o negro no lugar de subserviência?’. Ele não teve resposta.

As atitudes de Taís Araújo são sua forma de se impor e não deixar que isso a afete e cause algum dano em sua mental.

“Se eu não boto limite, eu adoeço. Se eu achar que eu estou sendo desrespeitada, eu preciso botar limite na hora. Eu acho que é difícil para a sociedade encarar uma população que foi sequestrada, escravizada, e olhar para você no mesmo nível e responder no mesmo nível”, avaliou a atriz.

Veja também – Paula Thomaz: veja como está a culpada pelo assassinato de Daniella Perez

Caso Giovanna e Bruno

O papo com Taís Araújo foi iniciado também por conta da repercussão do caso de preconceito enfrentado por Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, que reagiram ao verem seus filhos sendo alvo de racismo em Portugal.

Uma ação criminosa transformou as férias de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso em um pesadelo no último sábado, 30. O casal, que está de férias em Portugal, teve que enfrentar uma mulher que proferiu ofensas racistas contra seus dois filhos, Bless e Titi.

De acordo com a coluna de , Giovanna Ewbank e Bruno estavam em um restaurante badalado, na Costa da Caparica, aproveitando a tarde com os amigos. Foi quando a tal mulher passou pelo local e disse “tirar aqueles pretos imundos dali”.

Segundo os presentes as ofensas foram diretas para Bless e Titi, além de mais outros quinze angolanos que também estavam no local.

Veja também  é acusada de ingratidão e descaso após demitir funcionária com depressão: “11 anos dedicados”

Se você gosta do universo de entretenimento, precisa conhecer os conteúdos que temos sobre esse tema aqui mesmo, no portal Fashion Bubbles!


Stories

Matérias Similares