Manoel Soares quase pede demissão após crise na Globo

Hoje apresentador do “Encontro”, Manoel Soares havia pensado em desistir da carreira na televisão para virar vendedor

Manoel Soares na Globo
Compartilhe

Manoel Soares é um dos grandes destaques da dos últimos anos. O apresentador começou como repórter e conseguiu uma posição importante: um programa.

Atualmente, Manoel Soares divide o “Encontro” com Patrícia Poeta, mas isso não teria acontecido caso ele tivesse mantido uma vontade de anos atrás, mudar de carreira e largar a televisão. Entenda:

Manoel Soares vendedor

Manoel Soares como repórter do "Encontro com Fátima"
Manoel Soares como repórter do “Encontro com Fátima” (Foto: Globo)

Quem acompanha as manhãs da Globo já está habituado a ver Manoel Soares dividindo a apresentação com Patrícia Poeta no “Encontro. Já consolidado como apresentador, isso, no entanto, quase não ocorreu.

Em entrevista ao podcast PodPah, Manoel Soares revelou que quase desistiu de seu trabalho na Globo para vender pão de queijo. Isso mesmo, o então repórter via uma franquia de pão de queijo como uma forma de empreender e trazer mais resultado que seu trabalho na RBS, afiliada gaúcha da Globo.

“Eu trampava em uma TV do Rio Grande do Sul havia uns 15 anos. Cheguei na ‘nega’ e falei o seguinte: ‘vamos fazer uma franquia de pão de queijo? Porque acho que o nosso futuro está no pão de queijo’. Ela: ‘qual é que é?’. Eu: ‘vamos vender pão de queijo!’. As pessoas de manhã na fila do ônibus, nas paradas, precisam comer alguma coisa, e o pão de queijo é o mais rápido. Eu tinha feito uma matéria na fila do presídio e vi que tinha muita mulher desempregada que ia lá visitar os irmãos na cadeia. Falei: ‘Vamos botá-las para vender, porque elas também tiram um dinheiro’. Mas precisava de uma grana inicial. A graninha ia ser o quê? A rescisão”, contou Manoel Soares na entrevista.

O apresentador contou que chegou a falar com a direção da emissora dizendo sobre seus planos de demissão, mas foi convencido pela equipe técnica.

“O cara falou: ‘negão, você está viajando, você tem um futuro pela frente. Você é um comunicador, só está ansioso. Vai ter uns links e você vai fazer, vai ver que a visibilidade nacional também vai abrir outros horizontes para você’”, contou ele, ainda dizendo que tentou se sabotar na emissora para conseguir a demissão. “Falei: ‘quando tiver o ao vivo, vou aprontar uma, esse cara vai me demitir, você vai ver o que vou fazer’”, relembrou.

Veja também – Eliana na Globo? Apresentadora nega proposta da emissora e fica no SBT

Fátima Bernardes foi a salvação

A mudança na mentalidade de Manoel Soares aconteceu justamente no programa que acabaria sendo seu, o “Encontro”, na época ainda de Fátima Bernardes. Em entrada ao vivo como repórter, ele conquistou a apresentadora e isso alavancou sua carreira.

O jeito descontraído de Manoel para contar as histórias cativou Fátima, que logo o convidou para fazer parte de seu programa como repórter.

“A Fátima: ‘que irreverente, que legal! Eu quero que você venha trabalhar comigo!’. Eu não tinha visto, porque estava na doideira, nem entendi quando ela falou. O Mauricio Arruda, que era diretor do programa, botou fé. O negócio começou a virar verdade e, resumindo: quatro meses depois, eu realmente estava na Globo, com o olho arregalado, no estúdio do lado, olhando para a cara da Fátima, tremendo igual a vara verde, e ela: ‘que bom ter você aqui!’”, concluiu o apresentador.

Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades de Pantanal e Ilha Record direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha lá no News.

Compartilhe

Stories

Matérias Similares