Morre Alicinha Cavalcanti aos 58 anos e famosos lamentam: “um imenso vazio”

Morreu nessa segunda-feira, 02, uma das maiores promoters que o Brasil já teve, Alicinha Cavalcanti. A profissional de eventos lutava contra a doença, Afasia Progressiva Primária (APP), desde 2015

- Continue depois da Publicidade -

Alicinha Cavalcanti morreu nessa segunda-feira, 02. De acordo com as informações, Alicinha estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A promoter mais famosa do Brasil, entre os anos 90 e 2000, estava com a doença, Afasia Progressiva Primária (APP), desde 2015. Essa doença rara é descrita por ser um tipo incomum de síndrome degenerativa. Dessa forma, a APP é caracterizada pela deterioração lenta e progressiva da linguagem.

Segundo pessoas próximas, Alicinha já não reconhecia mais os amigos nos últimos anos. Em 2021, pessoas mais próximas da promoter chegaram a organizar uma vaquinha virtual para ajudar nos custos do tratamento. Isso porque Alicinha precisava de uma supervisão especializada o tempo todo. Todavia, Rodrigo Biondi, esposo de Alicinha, esteve ao lado da promoter durante todo o tratamento.

Assim que foi diagnosticada com APP, Alicinha interrompeu sua carreira profissional. Dessa forma, Cavalcanti lutou bravamente contra a doença até o último momento. Amigos mais próximos como Marília Gabriela e Astrid Fontenelli fizeram questão de homenagear Alicinha Cavalcanti em suas redes sociais. Vem saber um pouco mais da história dessa profissional reconhecida em todo Brasil.

 

 

  • Antes, nos siga no Google News e acompanhe o Ilha Record, Masked Singer Brasil, A Fazenda 13 e tudo sobre os famosos direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

Uma história de sucesso

 

 

Alcinha Cavalcanti foi uma das promoters mais badaladas do Brasil entre os anos 90 e 2000. Fonte: Instagram
Alcinha Cavalcanti foi uma das promoters mais badaladas do Brasil entre os anos 90 e 2000. Fonte: Instagram

 

Alicinha Cavalcanti tem suas raízes familiares no Cerará, contudo a promoter nasceu em São José do Rio Preto, interior de São Paulo.  Devido sua profissão, Alicinha sempre se dividiu entre o eixo Rio/ São Paulo.

Em, 1983, aos 20 anos, Alicinha começou a trabalhar para a boate Gallery, em São Paulo. De lá para cá, ter o nome de Alicinha como organizadora de um evento, era um sinônimo de status. Isso porque a profissional tinha uma lista de contatos com mais de 17 mil nomes de pessoas famosas em todos os ramos: celebridades, esportistas, artistas e políticos.

Durante anos, Alicinha organizou os camarotes mais badalados dos carnavais do Rio e São Paulo. Em 2014, Alcinha também foi responsável por “dar vida” aos camarotes da Copa do Mundo, no Brasil. Dessa forma, o contato com famosos era constante.

 

 

 

Famosos se despedem de Alicinha

 

 

Você também pode gostar!
Alicinha Cavalcanti com Astrid Fontenelle e seu filho, Gabriel. Fonte: Instagram
Alicinha Cavalcanti com Astrid Fontenelle e seu filho, Gabriel. Fonte: Instagram

 

A apresentadora do GNT, Astrid Fontenelli disse que Alicinha não gostaria de ser velada. Em sua conta do Instagram, Astrid postou uma foto ao lado da amiga e seu filho, com um texto emocionante.

Perdi hoje minha amiga mais sapeca e deliciosa. Mulher forte. Mulher amorosa. Lutou bravamente contra uma doença que até hoje não reconheço o nome. Dessa maneira, Alicinha era puro AMOR. E pelo Gabriel então… seria sua madrinha de consagração. Hoje virou estrela.
Meus sinceros sentimentos ao Rodrigo que esteve com ela nessa luta num dos pactos de AMOR mais lindo que vi – disse Astrid em sua rede social.

 

 

Marília Gabriela

 

 

Alicinha Cavalcanti com Marília Gabriela no extinto De Frente com Gabi em 2014. Fonte: Reprodução
Alicinha Cavalcanti com Marília Gabriela no extinto De Frente com Gabi em 2014. Fonte: Reprodução

 

Em 2014, Alicinha Cavalcanti foi entrevistada por Marília Gabriela. Na ocasião, a promoter disse que tinha medo da morte e que gostaria de ter “uma passagem” como a do ator José Wilker, calma, dormindo e sem dar trabalho para ninguém.

Minha amiga mais linda, mais generosa, amiga que não se abatia com nada, que a tudo vencia com ânimo e alegria. Alicinha Cavalcanti, nos deixou hoje para sempre. Foi super combativa em sua luta contra a (infelizmente) invencível Afasia Progressiva Primária. Dessa forma, Alicinha lutou e lutou até hoje pela manhã. Vai deixar um imenso vazio em cada pessoa que passou pela sua vida. E teve a sorte grande de ter um marido especial e amoroso durante 16 anos, o Rodrigo Biondi, seu companheiro até seu último suspiro. Ah, Lilizinha querida, você vai fazer uma falta danada. Até qualquer hora, se for assim que as coisas se dão. Por fim, obrigada por tudo, obrigada por tanto. Vai em Paz, querida – disse Marília Gabriela.

 

Veja também: Ilha Record – Dinei ameaça abandonar reality após chegar no “exílio”: “não vou aguentar”

 

Por fim, Sabrina Sato

 

 

 

Sabrina Sato foi uma das convidadas de Alicinha Cavalcante em um de seus aniversários. Fonte: Reprodução
Sabrina Sato foi uma das convidadas de Alicinha Cavalcante em um de seus aniversários. Fonte: Reprodução

Ela foi muito importante para mim. Fazia qualquer pessoa se sentir bem. De fato,  quando saí do BBB as pessoas tinham preconceitos, e ela me tratava como uma estrela, com carinho e amor. Fazia tudo ser especial para mim, meu primeiro evento depois do BBB foi com ela. Assim, fazíamos coisas juntas até por amizade, e em uma dessas fui contratada musa do camarote da Brahma, e colocava minha equipe, minha família, tratava todos muito bem. Abriu muitas portas pra mim, vai deixar saudades. Nas festas dela tinha todo tipo de pessoa, ela estava a frente do tempo, e era forte, determinada, dava atenção para um monte de gente, todo mundo saía feliz. Aprendi muito e sou muito grata. Contudo, nesses últimos anos não a vi, mas temos amigos em comum e eu sempre tinha notícias dela – lamentou Sabrina Sato à revista Marie Claire.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também