Ronaldinho Gaúcho pede orações para a mãe, internada com Covid-19

Ex-jogador agradece orações para a mãe e conta em publicação no Twitter como está o quadro de saúde dela.

- Continue depois da Publicidade -

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho usou suas redes sociais para pedir ao público que orem por sua mãe, dona Miguelina Elói Assis dos Santos, explicando que ela se infectou com o vírus da Covid-19, por isso se encontra internada no CTI de hospital.

Na publicação de seu Twitter ele escreveu: “Queridos amigos, minha mãe está com Covid e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe”.

 

Ronaldinho e sua mãe.
Ronaldinho e sua mãe – Fonte: Reprodução

 

Além do ex-jogador, o neto de dona Miguelina, Diego Assis, também deu algumas informações. De acordo com o sobrinho do Ronaldinho Gaúcho, a avó se encontra no Hospital Mãe de Deus, localizado na cidade de Porto Alegre.

O Hospital Mãe de Deus alegou que não tem autorização de divulgar o estado de saúde da mãe do ex-jogador, internada aos 71 anos em decorrências da Covid-19.

 

  • Enquanto isso, confira: ex-goleiro Bruno Martini morre após sofrer parada cardíaca.

 

Ronaldinho Gaúcho e sua prisão no Paraguai

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis Moreira, foram pegos pela segurança de aeroporto do Paraguai, ao tentarem passar a limpo com documentos adulterados, no dia 6 de março de 2020. Além deles, outros três indivíduos foram presos, um deles é o brasileiro Wilmondes Sousa. Wilmondes foi acusado de fornecer os documentos falsos aos famosos irmãos.

Um mês após o flagra, um juiz do Paraguai concedeu que os irmãos cumprissem prisão domiciliar. Dessa forma, pagaram também uma multa estimada em US$ 1,6 milhão de dólares, isto é, em média R$ 8,4 milhões de reais. Os dois se hospedaram em um hotel na cidade de Assunção.

 

Ronaldinho Gaúcho jogando bola.
Ex-jogador de futebol – Fonte: Reprodução

 

  • Enquanto isso, confira: Beth Goulart faz vídeo emocionante após morte da mãe e deixa internautas aos prantos.

 

Após quatro meses, especificamente no dia 25 de agosto, os irmãos retornaram ao Brasil. No entanto, o caso de Ronaldinho Gaúcho ainda está ativo. As autoridades do Paraguai já prenderam, até o momento, mais 17 envolvidos de uma quadrilha, que falsificava documentos, evasão de divisas e também sonegação de impostos.

De acordo com o site da Globo, a líder do esquema, cujo nome é Dalia López, se encontra foragida. Ainda conforme o site, teria sido ela quem convidou Ronaldinho e o irmão a irem visitar o Paraguai, a fim de que participassem de eventos sociais de uma suposta ONG.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes