Pesquisas Eleições 2022: confira as informações mais recentes sobre a disputa

As pesquisas Eleições 2022 apontam para uma disputa bem acirrada, confira aqui quais os possíveis resultados desse processo

Compartilhe

As pesquisas Eleições 2022 aprovadas pelo TSE já dão uma boa ideia do possível resultado que virá em outubro. No entanto, como os dados mudam muito, é importante ficar de olho nas projeções mais atuais.

Quais cargos estão sendo disputados nessas eleições?

São cinco cargos ao todo que vão para as urnas esse ano, com o de presidente como o último. Portanto, as escolhas que o eleitor deverá fazer no primeiro turno são:

  • Deputado estadual;
  • Senadores;
  • Deputados federais;
  • Governadores;
  • Presidente.

Pode acontecer de uma ou mais dessas categorias irem para o segundo turno, a depender da região. Por isso, é preciso ficar atento aos resultados e às datas para a votação.

Um ponto muito importante para quem deseja exercer seu direito de cidadão é garantir o título de eleitor digital. Assim, com ele fica muito mais fácil comprovar seus dados no dia de votar.

Pesquisas Eleições 2022 e possíveis resultados da disputa

As últimas pesquisas Eleição 2022 foram feitas no mês de agosto. A análise mostra que em Minas Gerais e na região Nordeste, Luiz Inácio Lula da Silva tem maior dominância. Mas, o atual presidente Bolsonaro detém os votos do Sul e Centro-Oeste.

Disputas acirradas

Como cada candidato domina parte do país, os resultados ainda mostram um empate. Em especial na região Sudeste, os dois principais nomes recebem uma quantidade muito similar de votos. Então, por enquanto, há chances de um segundo turno.

O que dizem as pesquisas na Região Norte?

Em recente pesquisa da Quaest, o atual presidente Jair Bolsonaro cresce um pouco no gráfico. Desse modo, ele alcançou 37% dos votos da região Norte, ou seja, empata com Lula que ficou em 40%. Por fim, ambos seguem no mesmo patamar.

Pesquisas Eleições 2022 na Região Nordeste

No Nordeste, as pesquisas Eleições 2022 das últimas semanas mostram que Lula está em vantagem contra outros candidatos. Ele ganharia com 61%, enquanto Bolsonaro ficaria em 21%. Votos nulos e brancos somam 10%.

As pesquisas na Região Centro Oeste

Para o Centro Oeste do Brasil, os resultados se mantêm acirrados. Nos estados de Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul, o atual presidente está na frente. Além disso, ele chega a ter uma diferença de 15 pontos contra Lula nesses locais.

Suporte de maneira com pequenos quadrados cada um com uma letra. A palavra formada é VOTE
Foto: As pesquisas Eleições 2022 mostram uma disputa acirrada entre Bolsonaro e Lula.

Como andam as pesquisas Eleições 2022 na região Sudeste

Para a região mais populosa do país, as pesquisas Eleições 2022 seguem instáveis. Tanto Luís Inácio Lula da Silva quanto Jair Bolsonaro estão com votos bem divididos. Por fim, os dados mais recentes são:

  • Lula: 39%
  • Bolsonaro: 35%
  • Outros: 12%
  • Brancos e nulos: 14%

Embora o candidato do PT tenha aumentado seus votos, eles ainda oscilam muito entre os do atual presidente. Portanto, é preciso continuar a analisar os números futuros.

Região Sul

Nesta parte do país, Bolsonaro ganha mais destaque no Paraná e empata no Rio Grande do Sul. Mas, numa visão geral, ele sobe 14 pontos e fica com 46%, já Lula fica em 41%. 

Um apanhado geral

A pesquisa eleitoral 2022 Datafolha mostra que a disputa presidencial fica entre os candidatos citados aqui. Representantes como Ciro Gomes e Simone Tebet não têm quantidade de votos suficientes para brigar por um segundo turno.

As pesquisas Eleições 2022 são confiáveis?

Existem diversos institutos de destaque que realizam as pesquisas eleitorais, com o Datafolha. Portanto, são esses que se deve levar em conta. Por mais que ainda existam muitas fake news nesse período, há também dados reais que fazem a diferença. 

Sempre tome cuidado com as fontes

Ao conferir qualquer notícia sobre as eleições presidenciais 2022, é muito importante verificar se a fonte é confiável. Afinal, é fácil achar sites com dados falsos e partidários. Portanto, leve em conta apenas institutos renomados.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias