Artroscopia: o que é a cirurgia no ombro de Fátima Bernardes

Artroscopia: o que é a cirurgia no ombro de Fátima Bernardes

O que é uma cirurgia de artroscopia? Essa questão surgiu na cabeça de muitas pessoas após o anúncio do afastamento de Fátima Bernardes do Encontro nesta terça-feira, 12 de outubro.

Basicamente, a artroscopia é um procedimento cirúrgico necessário para tratar o uma lesão ou rompimento de um músculo. Assim, pode ser no ombro ou no joelho. No caso da jornalista, a cirurgia foi feita no ombro esquerdo.

Portanto, nesta matéria você confere:

  • Para que serve a artroscopia?
  • Quanto tempo deve ser o repouso?
  • Quando é indicada a artroscopia?
  • Qual o preço desta cirurgia?

Então, para saber isso e muito mais, continue lendo!

 

Para que serve a artroscopia?

 

A artroscopia serve para tratar uma série de patologias. Permite, por exemplo, ver uma lesão dentro da articulação. Além disso, pode auxiliar em diagnósticos mais precisos de algum problema no ombro. Durante o procedimento, não há necessidade de fazer um grande corte na área lesionada.

Minimamente invasiva, esta cirurgia é feita através de um endoscópio. Ou seja, é inserida uma câmera no local. Assim, o médico pode ter uma visão do interior da articulação.

Uma revisão sistemática sobre o uso de ácido hialurônico em artroscopia apontou que: “esse procedimento permite uma visualização direta e manipulação das superfícies do espaço intra articular”.

Dessa forma, fica muito mais fácil identificar o dano e realizar o diagnóstico. Como resultado, é possível efetuar o tratamento mais adequado para aquele tipo de lesão.

Embora não seja muito comum, a artroscopia também pode ser realizada no quadril ou no tornozelo. Porém, tudo depende da situação do paciente.

 

 

Artroscopia de ombro

 

Existem diversas causas que podem exigir uma artroscopia no ombro. Afinal, a articulação localizada ali, chamada glenoumeral, é uma das que deslocam com maior facilidade.

De acordo com um estudo, jovens que praticam atividade de contato são os mais propensos a esse tipo de instabilidade no membro. Além desses, os autores listaram outros fatores de risco:

  • Presença de lesões ósseas de Bankart ou Hill-Sachs;
  • Histórico de deslocamento;
  • Fraqueza dos músculos ou deltoide;
  • Frouxidão ligamentar.

Por isso, pessoas com um histórico de problemas nesta área são mais propensas a precisar do procedimento cirúrgico.

Além disso, é importante estar atento a dores na região, pois este é o principal sintoma.

Já dentre as vantagens apresentadas deste procedimento, é necessário destacar um estudo publicado na revista Scielo, que diz que a artroscopia tem se “mostrado eficiente no tratamento de tendinite calcária do ombro, refratária à conduta conservadora, apresentando menor morbidade e possibilitando ao paciente retorno mais precoce às suas atividades diárias”.

 

Como é feita a artroscopia?

 

Fonte: Especialista do ombro

 

  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre Saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

O procedimento cirúrgico costuma ser bastante simples e sem muito risco de complicações. Afinal, é minimamente invasivo.

Em primeiro lugar, é feito um corte com cerca de 1 cm para inserir uma câmera na área lesionada. Assim, por meio de um vídeo, é possível compreender o que há de errado no membro.

Nesta etapa, cirurgiões e ortopedistas conseguem realizar alguns testes a fim de verificar a funcionalidade da área. Por exemplo, movimentar o ombro e analisar de forma interna para entender o problema.

Desta forma, a artroscopia também pode ser utilizada como ferramenta de diagnóstico. Isso porque possui uma qualidade de imagem muito maior do que a ressonância magnética. Ao mesmo tempo, oferece um diagnóstico mais preciso.

Durante o procedimento, são feitos de 3 a 4 furos na região lesionada. A partir deles será possível inserir outras ferramentas necessárias para corrigir o distúrbio.

A duração desta cirurgia varia entre 45 minutos e 1 hora. No entanto, o tempo pode variar de acordo com com a extensão e/ou complicação da lesão.

 

 

Quando é indicada a artroscopia?

 

Segundo o Dr. Guilherme Noffs (CRM 144.245) Especialista em Ombro e Cotovelo, a artroscopia é indicada no tratamento de:

  • Luxação;
  • Instabilidades da articulação;
  • Lesões no bíceps;
  • Tendinite;
  • Lesões de cartilagem;
  • Artrose ;
  • Bursite;
  • Lesões no manguito rotador.

 

Qual o preço desta cirurgia?

 

Fonte: Clínica SOU

 

Embora o Sistema Único de Saúde (SUS) realize este procedimento de forma gratuita, esta nem sempre é a forma mais rápida.

Por isso, muitas pessoas preferem pagar por um serviço médico privado para garantir a agilidade. Contudo, existem duas formas de precificação da artroscopia. O preço irá variar de acordo com a finalidade do procedimento.

Caso o objetivo seja o diagnóstico, o valor cobrado será de aproximadamente R$ 200. Por outro lado, se a finalidade for o correção de uma lesão, é melhor preparar o bolso. Isso porque o preço poderá ficar entre R$ 400 e R$ 800.

 

  • Não perca nosso especial sobre Hipertensão: o que é e quais alimentos ajudam a controlar

 

Quanto tempo deve ser o repouso após a artroscopia?

 

O pós-operatório da artroscopia irá depender da indicação médica e da gravidade da lesão. De forma geral, o tempo de repouso completo do ombro deve ser de 30 dias. Mas é preciso seguir uma rotina de cuidados após a cirurgia.

Por exemplo, usar a tipoia de 30 a 45 dias após o procedimento cirúrgico. Depois que passar esse período, será iniciado o tratamento com o fisioterapeuta. Essa rotina terá a duração que o profissional julgar suficiente para recuperar o membro.

Além disso, após 45 dias da artroscopia, o paciente poderá ser liberado para fazer atividades diárias com movimentos ativos do ombro sem peso. E, também, dirigir.

Já o fortalecimento do ombro só poderá ser feito, tanto na academia quanto na fisioterapia, depois de 3 meses da cirurgia.

Esses cuidados são essenciais para que haja um bom pós-operatório e que a recuperação seja satisfatória. Porém, vale relembrar que essa rotina após a artroscopia pode variar de acordo com o médico e com a lesão.

Então, antes de voltar à rotina de academia, consulte um profissional qualificado.

 

  • Você também pode gostar Leite de Amêndoas: confira os benefícios à saúde e como fazer

 

Conclusão

 

A artroscopia é um procedimento pouco invasivo. Além disso, é uma técnica importante para o diagnóstico e cura de diferentes lesões. Principalmente problemas no ombro.

Disponibilizada pelo SUS, esta cirurgia possui um pós-operatório simples e rápido. Por isso, a técnica é uma das mais populares para o tratamento de doenças nas articulações.

 

  • Por fim, confira mais conteúdos sobre Saúde e veja como melhorar sua qualidade de vida
ArtroscopiacirurgiadoençaestudoFátima BernadesombroProcedimento cirurgicoSaúde