Alguém já te disse que você range os dentes enquanto dorme? Ou você mesmo acordou durante a noite e percebeu que estava apertando os dentes? Essa condição é chamada de bruxismo.

Este é apenas um dos distúrbios do sono, categoria em que também estão inclusos a apneia do sono e o ronco. Além disso, parte dos casos está relacionado a problemas emocionais e estresse. Por isso, é importante procurar um profissional para descobrir qual a causa do seu bruxismo.

Nesse sentido, selecionamos as principais dúvidas acerca deste tema para tratar aqui no Fashion Bubbles. São elas:

  • Qual é a causa do bruxismo?
  • Quais os sintomas de bruxismo?
  • Como é feito o diagnóstico?
  • O que é bom para acabar com o bruxismo?
  • Quem sofre de bruxismo é o quê?

O bruxismo, apesar de ser uma condição ligada ao psicológico, pode provocar uma série de sintomas físicos. Portanto, é preciso ficar atento aos sinais e buscar tratamento.


Qual é a causa do bruxismo?


Estresse causa bruxismo.
Fonte: Canva

Esta condição está associada a altos níveis de:

  • estresse;
  • raiva;
  • tensão nervosa;
  • frustração.

Além dos problemas emocionais, a causa do bruxismo também pode estar ligada a:

  • fatores genéticos;
  • fechamento inadequado da boca;
  • problemas de oclusão.

Como resultado, durante o sono, a pessoa desenvolve o hábito de mastigar. Então, há pessoas que rangem os dentes – fazendo um som estridente e bastante incômodo para quem dorme no mesmo ambiente – ou apenas pressionam a mandíbula.

E, em qualquer um dos dois casos, começam a surgir uma série de sintomas decorrentes do bruxismo.



Quais os sintomas de bruxismo?


Mulher dormindo
Fonte: Canva

Dentre os principais sintomas do bruxismo estão:

  • dor de cabeça;
  • dentes lascados ou desgastados;
  • machucados do lado de dentro das bochechas;
  • dor no rosto;
  • tensão na mandíbula;
  • amolecimento dos dentes;
  • deslocamento da mandíbula;
  • dentes sensíveis;
  • mordidas na língua.

Além disso, os casos mais graves desta desordem funcional podem resultar em problemas na articulação da mandíbula, nos ossos e na gengiva.


  • Ademais, aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Saúde, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News!

Como é feito o diagnóstico?


A maioria das pessoas não sabe que tem bruxismo. Afinal, é preciso que alguém comente com ela sobre o barulho do ranger dos dentes enquanto está dormindo.

De acordo com o cirurgião-dentista, Gustavo Grothe Machado, chefe do serviço de cirurgia Bucomaxilofacial do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, grande parte da população desconhece a condição.


“A média seria de que em torno de 20% da população apresentaria bruxismo, uma prevalência muito elevada”, explicou ao Jornal da USP.


Sendo assim, a identificação da doença costuma estar associada a uma das três situações:

  1. Alguém próximo alerta a pessoa sobre um possível problema;
  2. Logo após procurar um médico com algum sintoma, ele te encaminha a um dentista;
  3. O distúrbio é constatado durante uma consulta rotineira com um dentista.

Por consequência, quem dá o diagnóstico exato é um dentista. Na consulta, ele deverá avaliar o desgaste do dente ou do esmalte para ver se há algum sinal da condição.



O que é bom para acabar com o bruxismo?


Objetos usados por dentista.
Fonte: Canva

Infelizmente, o bruxismo não tem cura. No entanto, é possível tratá-lo! Existem três tipos de tratamento e a escolha do melhor deles vai depender da orientação do dentista depois que o profissional encontrar a possível causa da condição.

Em resumo, essa escolha partirá de uma longa conversa com o paciente, combinada com a avaliação da situação dos dentes. Assim, ele poderá sugerir algumas das opções a seguir:


1. Uso de uma placa dental protetora ao dormir


Sem dúvida, este é o tratamento mais comum atualmente. Consiste em um dispositivo chamado “placa interoclusal” feito de silicone sob medida pelo próprio dentista.

Essa placa se encaixa nos dentes superiores e evita o atrito com os dentes inferiores durante o sono. Só que, ao longo do tempo, com o desgaste da placa, ela precisa ser trocada.


2. Correção da mordida


Uma mordida irregular pode causar um dano maior em alguns dentes. Por isso, corrigi-la é tão importante.

Então, os dentistas costumam usar coroas, restaurações ou ortodontia. Embora esse tratamento não acabe 100% com o problema, poderá preservar a saúde dental por muito mais tempo.

Além disso, após a correção da mordida, também pode ser indicado o uso da placa protetora.


3. Relaxamento


Mulher fazendo massagem
Fonte: Canva

Como dissemos no início da matéria, as principais causas do bruxismo estão relacionadas com problemas emocionais. Portanto, relaxar é uma opção considerável.

Dessa forma, são recomendadas algumas práticas no dia a dia que ajudam a diminuir a tensão. Por exemplo, fazer um passeio, ler um livro e ouvir música.

A terapia também é essencial. Afinal, é preciso buscar ajuda profissional para aprender a lidar com as situações que podem estar gerando problemas emocionais.

Se acaso você costuma sentir a pressão nos músculos do rosto durante a noite, uma dica de relaxamento é colocar uma toalha molhada morna do lado da face dolorida.



Diferença entre bruxismo e briquismo?


A única diferença entre as condições é que o bruxismo é um distúrbio do sono, ou seja, só acontece durante a noite. Por outro lado, o briquismo é um problema que se manifesta durante o dia.

Ademais, ambas as condições acometem indistintamente mulheres e homens.


Recomendações


Pessoa passando por uma consulta no dentista.
Fonte: Canva

A fim de realizar um diagnóstico precoce e não prejudicar ainda mais os dentes ou a saúde facial, existem algumas recomendações que podem ser seguidas:

  1. Evite morder sistematicamente objetos duros como canetas e lápis;
  2. Vá ao dentista regularmente;
  3. Procure não apertar os dentes quando estiver concentrado em uma tarefa complicada;
  4. Evite mascar chicletes;
  5. Não se esqueça de usar as placas protetoras ao dormir;
  6. Pratique atividade física para ajudar no controle da ansiedade e estresse.

Conclusão


Anteriormente, vimos que o bruxismo é uma desordem funcional que acontece durante o sono e é caracterizada pelo apertar ou ranger dos dentes.

Embora ainda não haja cura, existem alguns tipos de tratamento que ajudam na prevenção de danos graves na mandíbula, arcada, gengiva e dentes. Portanto, é importante consultar um dentista para realizar o correto diagnóstico e avaliar qual o melhor tipo de tratamento para o seu caso.


  • Por fim, veja ainda Disposição: como recuperar a boa forma após enfrentar a covid-19