Chá de hortelã: 10 benefícios apoiados pela ciência

Chá de hortelã: 10 benefícios apoiados pela ciência

O chá de hortelã é um dos mais conhecidos ao redor do mundo e possui importantes propriedades calmantes, expectorantes e digestivas.

A bebida é obtida a partir da infusão de folhas provenientes de Mentha spicata, uma planta considerada tanto medicinal quanto aromática.

Ele é muito usado para má digestão, flatulência, enjoo, vômitos, devido às suas propriedades digestivas.

A planta possui propriedades antiespasmódicas comprovadas, o que ajuda a reduzir a movimentação intestinal. Isso evita a formação de gases e o desconforto que surge em decorrência disso.

Continue lendo esse texto se você quer saber mais sobre o chá de hortelã e as suas incríveis propriedades medicinais.

 

Conheça as propriedades do chá de hortelã

 

 

As folhas da planta de hortelã são ricas nas vitaminas A e C e, também em minerais como potássio, cálcio, fósforo e ferro.

Com isso as suas principais propriedades são como antioxidante e estimulante da imunidade. E os poderes curativos da planta são reconhecidos pela humanidade já há muitos séculos.

A propriedade antiespasmódica, citada anteriormente, inclusive é reconhecida pelo Ministério da Saúde no Brasil.

 

Usos do chá de hortelã

 

 

Por isso o chá de hortelã pode ser usado em vários momentos, como por exemplo:

  1. Auxiliar no tratamento da Síndrome do Intestino Irritável;
  2. Aliviar o acúmulo de gases intestinais e as dores que surgem em decorrência disso;
  3. Ajuda a diminuir as manifestações de náuseas e vômitos;
  4. Facilita a digestão, aumentando a produção de bile e melhorando o funcionamento do sistema digestivo;
  5. Ativa a circulação e pode até diminuir a febre, sobretudo quando associado ao gengibre;
  6. Atua como vasodilatador e reduz as dores de cabeça;
  7. Tem efeito tranquilizante, contribuindo contra a ansiedade;
  8. Diminui a proliferação de microrganismos patogênicos no trato gastrintestinal;
  9. Aumenta o estado de alerta e a capacidade de memorização;
  10. Auxiliar no tratamento de gripes e resfriados graças, agindo como descongestionante e expectorante graças ao ácido ascórbico, mentol e tinol.

Como você pode perceber, o chá de hortelã possui propriedades importantes que contribuem com o funcionamento de todo o organismo.

Por ter propriedades digestivas, você pode consumir a bebida a qualquer momento do seu dia. Aliás, ele tem aroma e sabor deliciosos.

 

 

Mas se você quiser aproveitar as suas propriedades calmantes, experimente ingerir o chá depois do jantar ou bem próximo da hora de ir dormir. Isso deve melhorar a sua digestão e garantir uma noite de sono tranquila.

Com todas essas propriedades, você vai querer colocar mais hortelã na sua vida, não é mesmo? Que tal usar as folhas como tempero.

Você pode usar tanto para temperar carnes como de cabrito ou porco, quanto para aromatizar sopas e sucos, como de abacaxi ou limão.

 

 

Outras propriedades importantes

 

 

No tópico anterior você conheceu algumas das principais propriedades do chá de hortelã, mas existem muitas outras que vale a pena considerar também.

Veja a seguir quais são as principais:

 

Use como auxiliar no emagrecimento

 

Uma das propriedades do chá de hortelã é que ele atua indiretamente como um auxiliar importante no emagrecimento.

Isso acontece principalmente porque ele reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) do organismo, ao mesmo tempo em que contribui para o aumento dos níveis do bom (HDL).

 

 

Com isso, a planta possui grande relevância na diminuição dos índices de gordura corporal e, também evita o aparecimento de doenças cardiovasculares importantes.

Além disso, deve-se considerar que por atuar como digestivo, o chá de hortelã auxilia no bom funcionamento intestinal, evitando inchaços, principalmente na região abdominal.

 

 

Diminuição de desconfortos e relaxante muscular

 

Como já foi dito, a hortelã possui importante propriedade como vasodilatadora, de modo que melhora em muito a circulação do corpo.

 

 

Isso ajuda a diminuir dores de vários tipos. Além disso, a propriedade calmante ajuda a diminuir dores de cabeça.

Assim, o chá de hortelã frequentemente é usado como auxiliar no tratamento da enxaqueca.

Devido à sua ação como relaxante muscular, a bebida age positivamente na diminuição de náuseas e cólicas.

 

O chá de hortelã e a saúde bucal

 

 

Você já deve ter percebido que uma grande quantidade de pastas de dentes possui sabor de menta. Isso não acontece à toa.

O primeiro motivo disso é o fato de a hortelã proporcionar uma deliciosa sensação refrescante.

Mas plantas do gênero Mentha são grandes aliadas da saúde bucal. Além de terem aroma agradável, elas diminuem a incidências de cáries. Um estudo de 2017 descobriu que gargarejar uma mistura de óleos de hortelã-pimenta, limão e árvore do chá ajudou a melhorar o mau hálito

 

  • Veja também: Chá de orégano: protege a pele, alivia a inflamação e desintoxica

 

Diminui irritações na pele

 

 

O chá de hortelã é muito conhecido pelas suas propriedades anti-inflamatórias. Isso vale também para a pele, fazendo com que haja a ação antipruriginosa.

Por isso a bebida pode ser usada como auxiliar no tratamento de coceiras. Inclusive, o uso tópico ajuda a acalmar irritações ocasionadas por outras plantas, como urticária, hera venenosa ou carvalho venenoso.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Como preparar o chá de hortelã

 

Preparar o chá de hortelã é bastante simples. Você vai precisar apenas de algumas folhas secas da planta e um pouco de água.

 

 

O ideal é colocar três colheres de sopa cheias em um litro de água fervendo. Depois basta tampar e deixar a mistura repousar por pelo menos 10 minutos. Depois basta coar o chá e consumi-lo 3 ou 4 vezes por dia.

Também é possível utilizar as folhas frescas para preparar o chá caso você tenha uma plantinha dessas por perto.

Lembre-se de que se você tiver problemas com gases intestinais, é importante consumir o chá, mas também evitar alimentos como feijão, grão de bico, nabo, brócolis ou rabanete, por exemplo.

 

  • Leia mais: Chá de moringa: conheça os benefícios, saiba como fazer e como consumir

 

Quantidade recomendada

 

É importante que você evite consumir o chá de hortelã em excesso. Procure não ultrapassar a quantidade de 50 gramas ao dia para não ter problemas.

 

 

O excesso é prejudicial, podendo ocasionar contrações do útero, diminuir a sensibilidade, provocar falta de ar e até atrapalhar o seu sono.

É preciso ter atenção também ao consumo da hortelã por pessoas com refluxo grave, hérnia de hiato, gestantes, lactantes e crianças com menos do que cinco anos de idade.

 

 

Conclusão

 

O chá de hortelã, além de ter aroma e sabor agradáveis, é cheio de propriedades importantes que devem ser aproveitadas.

No entanto, preste a atenção para seguir toda as recomendações de consumo, evitando assim problemas de saúde.

Benefícios dos alimentosBenefícios dos cháscháChá de hortelãCháschás digestivoschás para a digestãocomo fazer chádicas de saúdeemagrecerhortelãmelhores chás digestivosproblemas digestivosremédio caseiro para digestãoSaúdesaúde bucal