Cientistas dos Estados Unidos e da China criaram um teste rápido que detecta traços do novo coronavírus COVID-19 em amostras biológicas em um segundo – e ainda mais rápido.

O fato foi relatado pela assessoria de imprensa do American Institute of Physics (AIP). Artigos científicos relevantes foram publicados na edição do Journal of Vacuum Science & Technology Bed e.

De acordo com Xian Minghan, pesquisador da Florida State University em Gainesville, esse sistema de teste ajudará a resolver o problema do lento processamento dos testes para o novo coronavírus. Além disso, ao alterar o conjunto de anticorpos, você pode criar testes para outras doenças com base neste sistema.


covid-19


O sistema aproveita a capacidade de alguns tipos de transistores de efeito de campo feitos de compostos de gálio, alumínio e nitrogênio para alterar seu comportamento quando várias impurezas são formadas nos eletrodos.

No novo sistema de teste, um desses eletrodos é revestido com um conjunto de anticorpos que podem se ligar a várias proteínas do coronavírus.


Sistema de sensor é capaz de detectar uma infecção quase imediatamente


A pesquisa está sendo feita por cientistas que trabalharam anteriormente em métodos para detectar biomarcadores relevantes para o vírus Zika, ataques cardíacos e vazamentos de fluido espinhal. Eles usaram essa experiência para desenvolver um sistema de sensor que dizem ser capaz de detectar uma infecção quase imediatamente.


covid-19


As tiras do sensor devem ser descartadas após cada teste, mas a placa de circuito é reutilizável. A versatilidade do sistema pode ir além dos testes do COVID-19.



Teste rápido atual


O teste do Antígeno Rápido é um teste recentemente aprovado para uso pela OMS como um novo tipo de teste diagnóstico para a doença COVID-19.

Esse tipo de teste detecta material proteico do vírus existente em sua camada protetora, ou seja, proteínas que fazem parte da composição do vírus (também chamadas de “antígenos”).


covid-19


Após a detecção, presume-se que o paciente contraiu o vírus Sars CoV-2 e, com ele, pode desenvolver a doença COVID-19, além de ser uma pessoa capaz de propagar a infecção.

O teste do antígeno está sendo amplamente utilizado devido à rapidez de resultados, uma vez que, uma vez realizado, seu processamento em laboratório leva de 20 a 30 minutos.



Como os testes de diagnóstico e testes de anticorpos podem ajudar a reduzir a disseminação de COVID-19?

Com os testes de diagnóstico para COVID-19, as pessoas com resultado positivo e sintomas podem receber atendimento mais rapidamente. Os contatos podem ser identificados e o isolamento ou a quarentena podem ser iniciados mais cedo para ajudar a impedir a propagação do vírus.


  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

Mas não existe nenhum teste para COVID-19 que seja 100% preciso. É possível testar negativo e realmente estar infectado (resultado falso negativo), ou testar positivo e não estar infectado (resultado falso positivo). Portanto, é fundamental dar continuidade às orientações fornecidas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças da COVID-19 , como distanciamento físico e social, e uso de máscara quando for o caso.