O que é logística reversa? 5 programas de reciclagem com benefícios

Preocupadas com a sustentabilidade, várias marcas começaram a recompensar consumidores que reciclam embalagens. Veja tudo sobre o que é logística reversa!

Foto: Pixabay

Isso acontece porque nem todas as cooperativas estão equipadas para processar alguns tipos de material. O isopor, o plástico metalizado e o Tetra Pak, por exemplo, exigem máquinas bem específicas para serem transformados novamente em matéria-prima.

Dessa forma, caso a empresa responsável não possua a tecnologia necessária, esse refugo acaba sendo descartado nos aterros sanitários, onde demora anos para se decompor.

Aproveite para ler sobre como Sustentabilidade com diversidade é o próximo passo do mundo da .

O que é logística reversa?

Em 2010, foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Em resumo, trata-se de um acordo firmado entre o governo e a indústria para compartilhar a responsabilidade pelo ciclo de vida dos produtos.

Então, por lei, empresas que fabricam pilhas e baterias, pneus e embalagens para agrotóxicos e óleos lubrificantes precisam recolher os itens usados e reciclá-los.

Dessa forma, a empresa passa a se responsabilizar não só pela qualidade do seu produto, como também pelo descarte de suas embalagens. Como resultado, diminui o seu impacto ambiental e melhora sua credibilidade com o consumidor do futuro.

Foto: Pexels

Como funciona?

Na coleta seletiva, acontecem apenas a separação e a destinação dos resíduos para . Por outro lado, na logística reversa o material descartado passa por processamento e volta para a cadeia produtiva como matéria-prima.

Em primeiro lugar, o consumidor precisa levar a embalagem até um ponto de entrega voluntária (PEV). Este lugar pode ser a própria loja onde a compra foi feita ou uma instalação feita pelas indústrias ou por comerciantes em lugares estratégicos.

  • Veja também: Consciência na Moda, saiba como começar a  fazer a sua parte em 5 passos. E ainda vote para saber se você é um consumidos consciente!
Foto: Pexels

Quais marcas têm programas de reciclagem com benefícios?

Nada como unir o útil ao agradável e, ao mesmo tempo em que evita o descarte incorreto de várias embalagens, ganhar uma recompensa! Confira algumas fabricantes de cosméticos que oferecem a logística reversa com benefícios para os clientes:

  • A L’Occitane tem a proposta de utilizar apenas embalagens recicladas em seus produtos até 2025. Desde 2016, oferece pontos de coleta em algumas de suas unidades e a devolução de cinco frascos de tamanho regular dá ao cliente o direito de retirar um creme para as mãos de 30ml;
  • Por meio do programa Back to M.A.C, a A.C Cosmetics dá aos consumidores um batom em troca da devolução de seis embalagens originais de vidro ou de plástico vazias. O lixo reciclado volta para a cadeia industrial na forma de cimento;
  • Em parceria com a TerraCycle, Natura e The Body Shop lançaram um programa de logística reversa para nenhuma amante de cosméticos botar defeito. Levando cinco embalagens vazias dessas marcas até as lojas participantes, você ganha um novo produto. Depois que são recolhidos, os recipientes são devidamente reciclados;
  • A Quem disse, Berenice? conta com um benefício exclusivo para os membros de seu clube de fidelidade. Assim, é possível trocar cinco embalagens vazias da marca por um batom, ou três embalagens de qualquer marca por um cupom de 15% de desconto;
  • Você pode levar suas embalagens da Simple Organic até as lojas físicas para que elas sejam descartadas corretamente e, de quebra, ganhar um cupom de 10% de desconto para a próxima compra.
Foto: Pexels

Gostou do conteúdo sobre o que é logística reversa? Então, fique por dentro de mais ações ecológicas lendo a respeito de Moda consciente, sobre a luta da gigante Condè Nast contra o Aquecimento global ou ainda conhecendo as ideias inovadoras da Moda sustentável.

Related Post
Laís Rodrigues: Laís Rodrigues é jornalista e produtora de conteúdo. Já trabalhou como redatora e editora de revistas de Decoração, Beleza e Comportamento e agora é pós-graduada em marketing digital e se dedica a escrever para a Internet.