Cortina: dicas de como escolher o tamanho, cor e tecido

Saiba como escolher a cortina perfeita para sala, quarto de casal e infantil, cozinha e banheiro. Além disso, veja tecidos e as cores ideais

- Continue depois da Publicidade -

Decorar a casa é sempre o processo mais gostoso após a mudança. Geralmente, pensamos nos quadros, capas de almofadas e tapetes. Porém, após entrar na casa nova percebemos a necessidade de ter uma cortina, seja na sala, quarto, cozinha ou banheiro.

Isso porque a claridade excessiva pode atrapalhar alguma atividade diária como o reflexo na televisão ou para manter a privacidade no cômodo. Como resultado, a cortina passa a ser prioridade na lista da decoração da casa. Afinal, ninguém quer que os vizinhos fiquem olhando dentro da sua casa, não é mesmo?

Porém, comprar este elemento não é uma tarefa fácil. É preciso conhecer algumas “regrinhas” para que a cortina atenda sua necessidade e combine com o restante da decoração. Por isso, nesta matéria, você vai saber sobre:

  • Como escolher o tamanho ideal da cortina?
  • Como escolher a cor da cortina?
  • Qual o melhor tecido para cortina?

Quer saber isso e ainda conferir uma série de exemplo? Então leia até o final!

 

- Continue depois da Publicidade -

Como escolher o tamanho ideal da cortina?

 

Cortina de quarto infantil.
Fonte: Pinterest

 

- Continue depois da Publicidade -

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

O primeiro passo para saber qual o tamanho ideal da cortina é medir a janela ou a porta que você deseja cobrir. Após ter feito a medição, basta comprar um tecido que tenha o dobro do tamanho da janela + 40cm. Parece difícil, não é mesmo? Mas, vamos usar um exemplo para que não fiquem dúvidas.

Para um janela de 1,20, o tecido deve ter duas partes com 1,40m cada. Como resultado, a cortina ficará com uma abertura central e, mesmo que ela fique aberta, o tecido ficará franzido e com um caimento leve. Além disso, evita que o espaço fique descoberto com o vento e que haja claridade indesejada.

- Continue depois da Publicidade -

Por outro lado, em relação a altura, quando mais alta a cortina estiver posicionada, maior será a sensação de amplitude do ambiente. Portanto, modelos que cobrem do teto ao chão são as melhores opções. Por isso, os tamanhos padrões de tecido para este fim possuem altura de 2,60m a 2,80m.

Mais para frente falaremos sobre as condições em que se deve colocar um tecido mais curto, porém, são exceções.

 

Tamanho certo do varão ou trilho

 

Quarto de casal com duas janelas.
Fonte: Pinterest

 

Para fixar as cortinas é necessário um suporte. Desta forma, existem dois modelos: o varão e o trilho. A primeira opção é a mais comum e pode ser encontrada em qualquer loja de departamentos e decoração.

Uma das vantagens do varão é a facilidade na hora de colocar ou remover o tecido. Por isso, a tarefa de substituí-la ficará muito mais tranquila. Existem quatro formas de fixar a cortina no varão: alças, argolas, tecidos inteiriços e ilhoses.

A diferença entre ele é apenas a estética junto ao tecido. Desta forma, você poderá escolher a que melhor combinar com a decoração do cômodo.

Por outro lado, o trilho, apesar de não ser tão comum, é recomendado para cortinas que são feitas sob medida.

Porém, independente do modelo escolhido, é importante estar atento ao tamanho. Para isso, o varão ou trilho deverá ficar 10cm sobrando de cada lado da janela. Assim, ela ficará coberta por inteiro.

 

  • Veja também: Mesa de centro – 6 modelos para você fazer em casa!

 

Como escolher a cor?

 

Sala de jantar com cortina.
Fonte: Pinterest

 

Embora seja uma pergunta simples, a resposta depende de uma série de fatores.

Em primeiro lugar, da localização da janela. Por exemplo, áreas com grande incidência de luz solar pedem um tecido mais claro. Isso porque tecidos escuros tendem a reter calor e aumentar a temperatura do ambiente interno.

Além disso, caso o sol bata direto na cortina escura, a chance de ela desbotar muito mais rápido é maior.

Desta forma percebe-se que usar tons neutros e claros na decoração são muito mais vantajosos. Afinal, caso seja de cor neutra, você terá uma liberdade muito maior para esbanjar cores marcantes em outros móveis ou objetos decorativos.

 

 

Qual é o melhor tecido para cortina?

 

Área de lazer.
Fonte: Pinterest

 

Você também pode gostar!

Hoje em dia existe uma série de tecidos que podem ser utilizados como cortina. Por isso, fazer essa escolha está se tornando cada vez mais difícil. O segredo é identificar qual a função este tecido irá exercer na decoração. Quer alguns exemplos?

 

Para decorar

 

Quarto de menina.
Fonte: Pinterest

 

Tecidos leves são mais fáceis de combinar com outros elementos, além disso, são perfeitos para uma decoração que vise modernidade e estilo.

Além disso, a seda também está crescendo no mercado de cortinas. Afinal, representa um estilo requintado e luxuoso, ou seja, perfeito para a decoração do quarto do casal.

Porém, se o objetivo é dar um toque decorativo, vale a pena investir em um trabalho artesanal exclusivo como crochê ou macramê. Esses são ótimos pedidos para decoração da sala de jantar, por exemplo.

 

Para diminuir a luminosidade

 

Cômodo decorado com cores neutras.
Fonte: Pinterest

 

Por outro lado, o voil é muito procurado quando a finalidade é diminuir a entrada de luz de uma forma suave.

Assim como o voil, outros tecidos pesados com sobreposição proporcionam um ambiente mais escuro. Além disso, também são ótimos para aquecer ambientes. Desta forma, ficam perfeitos junto a decoração de outono ou inverno.

Por fim, a cortina blackout é a mais famosa para este fim. Afinal, o objetivo é bloquear completamente a entrada de luz e promover um isolamento acústico.

 

 

Praticidade e durabilidade

 

Cozinha branca.
Fonte: Pinterest

 

Em cômodos que o tecido estará em contato com sujeira, odores ou vapores, como a cozinha e o banheiro, o ideal é apostar nos sintéticos. Isso porque são muito mais fáceis de limpar.

Além disso, se você procura por durabilidade, é melhor fugir dos tecidos naturais como o linho e o algodão. A incidência do sol fará com que o material dure menos do que os outros. Já a lavagem precisa ser feita de uma forma muito mais delicada quando comparado aos sintéticos.

 

Cortina para quarto infantil

 

Decoração de quarto de menino.
Fonte: Pinterest

 

Este é o único ambiente onde, de fato, a cortina curta é indicada. Isso porque a decoração costuma ser mais descontraída. Além disso, caso o tecido escolhido seja estampado, quanto menor ele for, maior a sensação de amplitude do quarto infantil.

Outro ponto que justifica esta escolha é a segurança dos pequenos. Afinal, se o tecido for curto, não haverá algum tipo de acidente nem perigo dele pisar no material.

 

 

Cortina para cozinha

 

Cortina de crochê e tecido.
Fonte: Pinterest

 

O que irá determinar o tamanho da cortina que você deve colocar na cozinha é o que estará embaixo da janela. Por exemplo, caso haja um armário, pia ou balcão, não há problema em ter um modelo mais curto.

Pelo contrário, quanto mais curto, menor a chance que ele suje ou fique molhado, não é mesmo?

 

 

Cortina para banheiro

 

Banheiro com cortina.
Fonte: Pinterest

 

Aqui, o cuidado deve ser direcionado ao tecido, não ao tamanho. Isso porque a umidade pode acabar mofando o material. Por isso, a melhor opção é investir em persianas com PVC.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes