Paleta Pantanal: Suvinil lança coleção inspirada no bioma brasileiro

A partir de plantas tinteiras da região Centro-Oeste, a Suvinil apresenta a paleta Pantanal, que integra a coleção "Brasil em Cores"

Fonte: Divulgação Suvinil

O Brasil é constituído por uma grande diversidade de biomas. Pensando nisso, a Suvinil lançou a coleção “Brasil em Cores”, inspirada em uma pesquisa de plantas tintoriais de cada uma das regiões e uma delas é a paleta .

Muito famoso, especialmente pela novela da rede , o Pantanal está na região Centro-Oeste do país, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, especialmente.

Sendo assim, a Suvinil criou 10 tonalidades em perspectivas inéditas que resultaram em combinações que receberam os nomes das plantas que integram o bioma. São elas:

  • Alcaçuz
  • Aroreira
  • Eucalipto
  • Imburana
  • Vitória-régia

Paleta Pantanal

Fonte: Divulgação Suvinil

Seja na dança, moda, cinema, , cultura ou teatro, as cores são sempre manifestações únicas e protagonistas de diferentes formas de arte.

Por isso, a paleta Pantanal foi uma forma de homenagear o Brasil com objetivo de expandir o olhar das pessoas em relação a sua origem e aumentar as possibilidades de harmonização quando o assunto são tonalidades.

“O estudo traz seis paletas de cores, divididas com base nos biomas que o Brasil apresenta. Com isso, conseguimos contar histórias regionais por meio das cores que representam cada território. E com Pantanal não foi diferente: os tons escolhidos refletem as características da região, bem como seus rios, vegetação, tonalidades, matérias-primas, texturas e cultura como um todo”, pontua Sylvia Gracia, coordenadora de marketing – Cor e Conteúdo na Suvinil.

Related Post

Cores da paleta

Fonte: Divulgação Suvinil

  1. Bordô
  2. Caule
  3. Favo de Mel
  4. Granito
  5. Hêna
  6. Nanquim
  7. Patativa
  8. Sândalo
  9. Terra Arada
  10. Vento Gélido

Fonte: Divulgação Suvinil

Todas elas foram criadas a partir de plantas tintoriais da região Centro-Oeste.

Além disso, a especialista explica que as cores Nanquim e Patativa são derivadas de pigmentos chumbo e grafite.

Por outro lado, a Eucalipto, que é uma planta mais comum nas outras regiões no país, está presente na paleta Pantanal para reforçar a biodiversidade vegetal brasileira, que é a maior do planeta.

Já a Alcaçuz é uma combinação de onde saem os doces, afinal, é possível extrair o açúcar dela. Além disso, a Aroeira é utilizada na fabricação de móveis. Por fim, a Imburana é uma planta medicinal utilizada a partir da extração de seu óleo e com um chá de sua casca.

Combinação de cores

Fonte: Divulgação Suvinil

As cores utilizadas ressaltam as principais riquezas regionais: fauna, flora, barro, sol e águas.

“Poder trazer cores dessa paleta em nosso projeto foi gratificante, pois os tons dizem muito sobre os elementos do Pantanal, como o barro mais avermelhado, e rios mais escuros, que puxam para uma nuance mais cria”, detalha Nicholas.

Por isso, a cor Favo de Mel, por ser terrosa e calorosa, ganhou destaque no projeto. Por outro lado, para criar um contraste de forma equilibrada, foram usadas as cores Granito e Vento Gélido. Como resultado, elas ofereceram conforto e bem-estar aos moradores.

“As cores calorosas representam a mãe, que pediu para que fosse criada uma harmonia mais quente em todo o projeto, reforçando a importância da maternidade, já os tons mais frios, que permeiam entre o cinza claro e escuro, dizem sobre o filho, Conrado”, explica Nicholas.

Além disso, é importante dar atenção aos detalhes na . Por exemplo, o espelho que possui formato de um caju, fruto típico do Pantanal. Ademais, o linho e os objetos de palha e barro também marcam presença.

Conclusão – paleta Pantanal

A paleta Pantanal da Suvinil é uma criação que busca explorar as cores de diferentes biomas brasileiros. Afinal, ressaltar a riqueza do país é uma forma de transformação conectada ao conhecimento.

Por fim, as cores estão disponíveis por tempo ilimitado de forma que todos possam explorá-las.

Diana Diniz: Diana Diniz é jornalista apaixonada por novas experiências. Possui uma bagagem profunda de conhecimento adquirido na Universidade do Algarve, em Portugal. Através do MBA em Marketing Digital pôde se especializar na redação de artigos para blogs e unir a experiência da profissão com sua paixão: arquitetura e decoração.
Posts Relacionados