Vai fazer reforma? 25 dicas para uma obra tranquila e organizada

Confira dicas valiosas de como fazer a reforma da casa sem dor de cabeça e, além disso, calculando todos os possíveis imprevistos.

358

- Continue depois da Publicidade -

A reforma da casa pode significar uma grande dor de cabeça para muitas pessoas. Mas, com planejamento e ajuda de profissionais especializados e confiáveis, é possível ter uma obra organizada e sem grandes imprevistos.

Você já viu aqui dicas para comprar seu primeiro primeiro apartamento e também Agora, para te ajudar no processo da transformação do lar, elaboramos 20 dicas.

 

  1. Defina o que será feito

Reforma da casa
Fonte: Pexels

Sempre que olhamos para nossa casa encontramos uma coisa ou outra que queremos mudar. Em primeiro lugar, é preciso definir o tipo de reforma que será feita: estrutural (quando paredes são derrubadas ou acrescentadas), pintura ou troca do revestimento.

Depois de saber qual o objetivo da reforma, o planejamento ficará muito mais simples.

Segundo a arquiteta Andréa Barbon, sócia e proprietária do Arq Reforma: “é preciso estabelecer o que cada um quer, qual será a prioridade naquele momento, se é reformar o quarto ou a cozinha, antes de ir à reunião com o arquiteto”.

  1. Defina o orçamento

Orçamento
Fonte: Pexels

Uma reforma da casa exige gastos e, mesmo com um planejamento e pesquisa dos valores de mão de obra e materiais, é preciso se preparar para eventuais imprevistos.

Por isso, estude sua conta bancária e avalie qual o teto do seu orçamento, ou seja, qual o valor máximo que você pode gastar. Lembrando que neste valor máximo precisa estar incluso um montante para os imprevistos.

  1. Pesquise as tendências

Pesquisando tendências
Fonte: Pexels

Ao escolher os materiais da reforma, pesquise sobre o que está em alta no mundo da arquiteta e do design.

Por outro lado, não se deixe levar por projetos inspiradores que são muito personalizados. Afinal, você terá que conviver com essa estrutura por muito tempo e não vai quer fazer outra reforma tão rápido, não é mesmo?

Como resultado, opte por cores mais neutras e deixe os itens chamativos apenas para a decoração, assim é mais fácil trocar depois de enjoar.

O jardim vertical é uma tendência de decoração, por isso, confira 30 modelos inspiradores.

  1. Não economize nos materiais

Pagamento
Fonte: Pexels

Mesmo que o orçamento esteja apertado e seja uma reforma de emergência, vale a pena optar por materiais de boa qualidade que irão durar mais tempo. E, assim, prevenir futuros problemas.

  1. Não compre sem amostra

Amostra
Fonte: Pexels

Hoje em dia, é muito mais fácil e cômodo comprar os materiais de construção na internet. Porém, por não conseguir avaliar a qualidade dos produtos, essas compras podem gerar uma grande dor de cabeça.

As lojas que sabem dessa importância e oferecem uma amostra do produto antes de enviar a compra completa.

  1. Contrate uma equipe confiável

Equipe de reforma de casa
Fonte: Pexels

Quando o assunto é reforma da casa não dá para economizar, nem com os materiais, nem com os profissionais. Afinal, quem faz um serviço bem feito costuma cobrar caro.

Verifique o histórico dos contratados e veja como eles se saíram em outras obras, tanto em qualidade do serviço, quanto em prazo de entrega. Esta etapa também previne muitas dores de cabeça.

  1. Supervisione a obra

Planta da casa
Fonte: Pexels

Embora os profissionais saibam qual o objetivo da obra, só você vai conhecer os mínimos detalhes. Por isso, acompanhe de perto o serviço e faça sugestões sempre que necessário.

Isso também evita que a equipe consiga te passar a perna de alguma forma, seja com a economia de algum material essencial, ou na demora da reforma.

  1. Confira o pedido

Checklist do pedido
Fonte: Pexels

Depois de ter avaliado a amostra do material e ter feito o pedido, quando ele chegar é preciso checar se veio tudo conforme o solicitado.

Este detalhe deve ser feito ainda na frente do entregador, desta forma ele será prova de que o pedido está errado e a tratativa com os fornecedores será simplificada.

Você pode ainda organizar uma planilha de Excel para facilitar o acompanhamento e contabilidade dos gastos.

  1. Considere mudar de casa

Mudança
Fonte: Pexels

Dependendo do tamanho da reforma e do cômodo em que será feita, acaba ficando complicado permanecer na casa durante a obra. Por isso, durante o planejamento considere se há necessidade de ficar em outra casa. Assim veja dicas valiosas para organizar sua mudança.

De acordo com a arquiteta Luciana Olesko, do Olesko & Lorusso Arquitetura e Interiores, a solução ideal é sair da residência durante a reforma para evitar conviver com a sujeira e os transtornos. Além disso, a poeira do local pode se tornar prejudicial à saúde respiratória.

 

  1. Faça um cronograma

Cronograma
Fonte: Pexels
Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Para saber quando sua obra irá durar, é necessário sentar com sua equipe e estipular prazos. Assim, você conseguirá acompanhar de perto a reforma da casa e ver se está tudo dentro do planejado.

Neste cronograma, vale a pena colocar alguns dias a mais no prazo final. Isso porque podem surgir imprevistos que impossibilitem o prosseguimento da reforma.

  1. Faça aos poucos

Reforma da casa em um cômodo
Fonte: Pexels

A vontade de transformar a casa toda é grande, mas nem sempre compensa. Reformar um cômodo de cada vez faz com que haja mais tempo para juntar o dinheiro necessário para comprar bons materiais e contratar um serviço de excelência.

Querer reformar tudo de uma vez e com um orçamento curto pode gerar problemas futuros. E o objetivo é fugir de dores de cabeça, não é verdade?

Veja ainda: 20 modelos criativos para organizar os calçados usando uma sapateira.

  1. Meça a área

Medindo a parede
Fonte: Pinterest

Seja na hora de comprar o material ou de contratar o serviço, a primeira pergunta será: qual a medida do espaço? Esta é uma pergunta que te ajudará a comprar a quantidade de material certo, sem sobrar ou faltar.

Além disso, o erro de medida pode causar sérios problemas. Por exemplo, imagine que a reforma tenha sido feita para ampliar seu quarto. Você mediu a parede para que ela fosse do tamanho exato para o seu guarda-roupa planejado.

Mas, na hora que o móvel foi instalado, percebeu que a porta do quarto não conseguiria abrir completamente por causa do armário. Por isso, peça sempre ajuda de um profissional.

  1. Móveis sob medida

Cozinha após reforma da casa
Fonte: Pexels

Especialmente na cozinha, cada eletrodoméstico fica no seu devido lugar e um móvel planejado ajuda a manter a organização. É preciso ainda levar em consideração caso no futuro, haja necessidade de troca do eletrodoméstico por uma versão maior.

Como resultado, faça um móvel com uma medida maior do que realmente precisa. Afinal, ter espaço de sobra nunca será um problema.

Por falar em cozinha, sonha com uma churrasqueira para ver os amigos? Veja 25 modelos e muitas fotos de decoração para inspirar.

  1. Peça autorização

Autorização
Fonte: Pexels

Se você mora em um apartamento, sabe que não é possível fazer determinadas reformas. E, mesmo que você more em uma casa, as vezes é necessário pedir autorização da prefeitura para efetuar qualquer tipo de mudança que interfira na planta original.

Por isso, antes de iniciar a reforma da casa, verifique se há necessidade de pedir autorização e só comece quando ela estiver autorizada.

  1. Cuidado com o nível

Pequeno degrau após reforma da casa
Fonte: Reprodução/Instagram

Um erro comum ao substituir o piso da casa é em relação ao nível. O contra piso deve ficar abaixo do nível dos outros cômodos, pois quando o piso for colocado, todos ficarão iguais. Caso contrário, você terá um degrau indesejado entre um cômodo e outro.

  1. Tomadas

Tomadas
Fonte: Pexels

Você sabia que existe uma altura mínima permitida para instalação de tomadas? Pois é, é preciso estar atento às normas durante a reforma para evitar problemas e ter que refazer toda a estrutura.

Além disso, antes de colocá-las estude a posição em que os móveis ficarão. Afinal, não adianta nada ter uma tomada atrás do sofá e não ter nenhuma perto da televisão.

Lembrando ainda que com a quantidade de aparelhos eletrônicos, quanto mais tomadas melhor!

  1. Energia

Sala com ar condicionado após reforma da casa
Fonte: Pinterest

Antes de colocar um ar condicionado no quarto ou e outro ambiente é preciso verificar se a potência da sua casa suporta um aparelho que puxa tanta energia. Caso contrário, principalmente em apartamento, será preciso trocar a fiação.

  1. Aproveite o espaço

Dois em um
Fonte: Pinterest

Especialmente para quem possui um apartamento pequeno ou casa de metragem reduzida, é preciso escolher móveis multifuncionais. Além de economizar espaço e ser dois em um, o ambiente terá uma espécie de decoração minimalista.

  1. Iluminação embutida

Iluminação embutida na reforma da casa
Fonte: Pinterest

Este recurso é um dos mais pedidos nas reformas e está em alta na arquitetura e design de interiores. Porém, antes de incluir este item no seu planejamento, veja se o seu teto não ficará baixo demais. Afinal, este recurso exige um forro de 12cm de altura.

  1. Papel de parede

Papel de parede
Fonte: Pinterest

O papel de parede é um item muito incluído na reforma da casa, principalmente, por oferecer a capacidade de transformar o cômodo de forma simples e rápida. Assim, o ambiente não fica cheirando tinta ou demorando para secar.

Por outro lado, verifique se o produto é resistente à água e qual o tamanho da folha, para calcular a quantidade que será usada.

Por fim, saiba como organizar a casa e ainda ter tempo para cuidar de si.

Fonte: Gazeta do Povo.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

- Continue depois da Publicidade -