Nesta segunda-feira (14/02), o embate Maria X Natália deu o que falar no o Jogo da Discórdia do BBB 22. A dinâmica exigia que cada participante acusasse um colega. Se acaso a maioria dos outros brothers achassem a acusação condizente, o acusador jogava um balde de água suja no acusado, e vice-versa.

No entanto, a brincadeira não acabou bem. Natália não só foi alvo de muitos brothers, como também sofreu uma agressão de Maria. A sister, aliás, acabou expulsa. Em seguida, confira a opinião da terapeuta Camila Custódio, colunista do Fashion Bubbles, sobre o assunto!



A vulnerabilidade de Natália


Natália no Jogo da Discórdia
Fonte: Gshow

Natália Deodato, sem dúvida alguma, é uma mulher forte. Mas, como toda mulher forte, também não é de ferro e tem suas vulnerabilidades.

Isso em momento algum reduz a sua força. Contudo, mostra sua fragilidade e sentimento de solidão quando se vê rejeitada, excluída, traída (por aqueles que ela acreditava que mereciam sua confiança), agredida e humilhada covardemente pela casa, em algo que chamam de entretenimento.

Será mesmo que o objetivo é entreter? Ou seria expor e humilhar uma participante?



Como tudo começou?


Natália chora no BBB 22
Fonte: Gshow

Na minha percepção, o processo de fragilidade de Natália começou durante sua relação com o participante Lucas. O brother alimentou uma expectativa, mas disse que não queria se comprometer na casa. No entanto, ele optou pela participante Eslovênia para assumir como seu par na festa.

É claro que nós, mulheres, nem sempre somos treinadas a entender que devemos nos retirar quando o amor não está mais servido. Talvez, quando Lucas disse que não queria nada sério com ela, Natália tenha perdido a deixa para sair daquela situação.

Ainda assim, vimo uma mulher que acreditou que poderia mudar o pensamento do homem. Natália, como qualquer mulher de coração partido, reagiu a essa rejeição. Ela reagiu a esse sentimento de ser preterida por uma mulher branca, dentro de um estereótipo padrão, ou socialmente aceito.

Quem nunca sofreu ou se sentiu como Natália naquela noite, parabéns! Você é privilegiada, sim! A reação? Com toda a certeza, cada um sofre a sua maneira. A diferença é que nossa reação não é televisionada e transmitida para todo o país.


https://youtu.be/dpwFqWF9g1Y


A reação de Natália


Mas Natália se reergueu. Talvez não tenha perdoado, no entanto, seguiu em frente. E isso não a impediu de continuar sendo perseguida pelos participantes da casa. Mesmo que não tenha deixado de se impor, em certos momentos, Natália foi surpreendida pela própria passividade diante de tanta agressividade.

No Jogo da Discórdia, a sister até tentou, mas não conseguiu, segurar tudo que foi dito. Ela nem deveria precisar se conter, porque toda brincadeira tem limites. Principalmente as de mau gosto.


  • Enquanto isso, aproveite para seguir o Fashion Bubbles no Google News. Assim, você acompanha as novidades do Big Brother Brasil 22 direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

A agressividade de Maria


Arthur e Maria
Fonte: Gshow

Maria, outra participante visivelmente forte, só que demonstrando descontrole de suas emoções, manifesta suas frustrações de forma agressiva. Não apenas verbalmente, como também fisicamente, como pudemos observar nos últimos dois Jogos da Discórdia.

Embora assuma uma persona de quem não se importa, de espírito livre (preparada, aliás, para viver um amor livre dentro e fora da casa), forte, esclarecida e estrategista, também se mostrou visivelmente vulnerável e frágil nessa última semana.


Maria e Arthur
Maria e Arthur fizeram as pazes depois que a sister deu a plaquinha “Jogo Sujo” para o brother. Fonte: Gshow

Apesar de sua reaproximação com Arthur, dessa relação entre “tapas e beijos” que inclusive animou a audiência, fica a pergunta: por que perdoar um homem branco e não uma mulher negra?

Por que novamente demonstrar sua agressividade com outra mulher? Mulher essa que disse até mesmo que não se importava de dividir um momento com seu par romântico na casa, o participante Eliezer. Ou será que justamente essa, pode ter sido verdadeira causa de tanta agressividade com Natalia, que beijou Eliezer, mesmo sabendo que ele havia ficado com Maria?




Consequências


Maria é jovem, tem apenas 21 anos, ainda imatura emocionalmente e fica notável que não sabe reagir de forma saudável àquilo que a incomoda ou causa frustração.

O momento com Natália, de 22 anos, no Jogo da Discórdia foi perfeito para ela demonstrar com ações tudo aquilo que a incomoda, mas que ela ainda não sabe lidar bem com essas questões. Do mesmo modo, não consegue sustentar seu personagem. Mas, como qualquer ser  humano, seja no jogo da vida ou do BBB, não deve ficar imune as suas consequências!


https://youtu.be/V7TLK6ZeDyk


A vida tem regras, as brincadeiras também. E é brincando que se aprende limites, liberdade, responsabilidade e empatia.

Que fique a lição para todos nós que, no jogo, não vale tudo. E, assim como na vida, precisamos encarar as consequências das nossas ações e aprender a lidar melhor com nossas emoções.



Sobre a colunista


Camila Custódio
Fonte: Divulgação

Camila Custódio é idealizadora do Consultório Emocional – @consultorioemocional nas redes sociais. Camila é Assistente Social, Terapeuta de Família e Casal, Terapeuta Relacional Sistêmica, Psicanalista e Coach. Além disso, é Especialista em Gestão da Emoção e Consultora em Desenvolvimento Humano.

Escreve sobre saúde emocional, relacionamento e empoderamento feminino para sites, revistas e blogs. Atende pacientes online de todo o Brasil e do exterior.



Por fim, veja também: