Negócios que surgiram durante a pandemia - Empreendedorismo

Negócios que surgiram durante a pandemia – Empreendedorismo

Inegavelmente a pandemia afetou todo mundo. Nesse meio tempo, mais de 700 mil funcionários foram demitidos, aumentando o índice de desemprego para 12,4%. Entretanto, isso fez com que muitos brasileiros tivessem que se virar nos 30 para conseguir fazer essa crise gerar novos negócios. Por fim, esse ano o Brasil ganhou 16.788 novos microempreendedores.

Enquanto algumas empresas bem estabelecidas fecham as portas, outras antes nem tiradas do papel ganham vida. E em tempos de quarentena, quem pretende empreender precisa focar principalmente em comunicação e relacionamento com o cliente. Para iniciantes, estabelecer confiança com a clientela é essencial, de forma promover um negócio de longa duração. Afinal, adversidades e contratempos sempre podem acontecer, e nessas horas a fidelidade faz a diferença entre quem fecha e quem se mantém.

Assim, fizemos um especial para ajudar nesse processo: Como transformar uma ideia em negócio? Veja passo a passo para pilotar sua ideia! Veja dicas simples e matadoras de como criar uma startup e desenvolver um produto, serviço ou modelo de negócio completamente novo ou ainda pouco explorado.

Agora, confira alguns dos maiores negócios que surgiram durante a pandemia da Covid-19:

 

FREELAS – Empoderando mulheres no mundo do mercado

 

Sendo lançada em junho, a plataforma digital FREELAS ficou super conhecida e hoje é uma das startups mais acessadas no Brasil. Ela conecta mulheres ao mercado de trabalho, de forma a diminuir a diferença de gênero que ainda existe nas mais diversas áreas. Além disso, o serviço também estimula discussões de temas como liderança feminina, autonomia financeira e violência contra a mulher.

 

Fonte: Pexels

SeniorOnline

 

A SeniorOnline é a forma mais rápida e fácil de consultar as casas de repouso disponíveis na sua região. Nela a família ou o idoso pode consultar diversas instituições e até mesmo colocar filtros com relação aquilo que deseja.

Você consegue ter acesso a valores e mensalidades, bem como a localização. Está em funcionamento na região sul do país, e também conta com um blog com diversos temas sobre a terceira idade.

 

Fonte: Pexels

Deliverys Personalizados

 

O delivery cresceu muito nesse período de distanciamento, seja para comida, itens de farmácia, roupas, e até mesmo kits como o do Surpreenda Delivery. Nesse tipo de delivery você pode criar ou encomendar diversas cestas gourmets como presente para alguém ou comemoração.

Sendo totalmente on-line, você pode escolher no menu produtos para café da manhã, happy hour e kits com tábuas de frios e vinhos.

Além da Surpreenda, diversas empresas estão apostando nessa forma de presentear. Você encontra cestas temáticas desde a Cesta de Páscoa, Cesta de Natal até o Halloween. E também para datas comemorativas como casamentos, aniversários de namoro, entre muitos outros.

 

Fonte: Pexels

Exercícios em casa

 

Academias e locais de atividade física tiveram que ser fechados por um bom tempo, e nesse meio tempo muitas academias como a Person@all tiveram a ideia de oferecer esse serviço de forma online.

Nele você tem acesso a aulas gravadas com diversas modalidades de exercícios, além de poder acompanhar o seu progresso. Ainda alguns aplicativos apresentam uma versão de teste no qual você pode ver como funciona. Não é necessário nenhum equipamento especial, apenas força de vontade!

 

Exercícios em casa – Fonte: Pexels

Salão de beleza à domicílio?

 

O home office se tornou inevitável nessa quarentena, e foi a opção de muitas empresas afim de continuar trabalhando. Contudo, mesmo estando em casa muitas pessoas ainda se preocupam com a beleza e com o bem-estar.

Afinal, muitos salões de beleza, spas e barbeiros tiveram que permanecer fechados por não serem vistos como essenciais. Em vista disso, a BNYOU criou um serviço corporativo de beleza à domicílio, em que cabeleireiros, barbeiros, massagistas, maquiadores e manicures vão até a sua casa prestar o serviço.

 

Salão de beleza em casa – Fonte: Pexels

Negócios de desinfecção de objetos e ambientes

 

A preocupação é grande quando se fala do coronavírus, e com o comércio fechado, as vendas on-line dispararam. Porém, ainda existe a preocupação de que a higienização esteja sendo feita de maneira correta. Assim, algumas empresas como a GMT Soluções apostaram em câmaras de desinfecção com luz UV-C. Permitindo higienizar pacotes, sacolas e embalagens transportadas pelos Correios.

Enquanto o foco da GMT foram as encomendas, a startup Bioguard se preocupou com os ambientes. E em vista disso, a nova empresa criou uma máquina que desinfeta o local em apenas 8 minutos.

Portanto, perfeita para auxiliar na higienização de lugares como escolas, universidades, comércios, hospitais e transportes públicos. E ainda pode ser aplicada em diversos tamanhos, desde que o ambiente possa ser fechado de alguma maneira.

 

Fonte: Pexels

Monitoramento do vírus

 

Indo na mesma ideia dos grupos apresentados acima, o Grupo Idealit criou o Idealit Life Care, com ele você consegue monitorar a saúde dos colaboradores. Através do aplicativo você sabe em tempo real o estado da saúde da pessoa.

Primeiramente, um monitoramento da Covid-19 é feito, de forma a mostrar o risco de infecção. E conforme as atualizações dadas pelos usuários, o aplicativo retorna um autodiagnostico. Além disso, ele também avalia o risco de infecção de acordo com a distância entre os funcionários.

Portanto, pelo mapeamento, caso alguém seja infectado, todos que tiveram contato com a pessoa serão notificados e será gerado um protocolo para tomada de ações preventivas.

 

Monitoramento – Fonte: Pexels

Quando uma porta se fecha, duas se abrem

 

Além dos comentados acima, outros diversos negócios surgiram e estão se dando muito bem na pandemia. Até mesmo o trabalho remoto, que antes nem era considerado uma opção por empresas maiores, já abriu uma nova gama de empregos. Afinal, apresenta vantagens tanto para o empregador quanto para o empregado.

 

Fonte: Pexels

 

 

Por fim, você abriu algum negócio nessa quarentena? Então comente abaixo e não deixe de ficar ligado nos nossos posts com novidades diárias, só aqui no Fashion Bubbles.

 

AplicativosComercio virtualEmpreendedorismoEmpreender na QuarentenaLojas OnlineNegócios na PandemiaNovos NegóciosPandemia Covid-19plataformas digitaisstartups