O impacto do 5G no comércio eletrônico

Com a pandemia, o mundo mudou! E a internet abriu as portas para muitas empresas, inclusive para o comércio. Sem sair de casa, o único jeito de fazer as tão amadas comprinhas foi recorrer à internet. E agora com o anúncio da tecnologia 5G nossa visão de comercio está prestes a mudar!

498

- Continue depois da Publicidade -

A demanda por serviços online dominou o planeta em 2020, sendo que mais de US$1 milhão são gastos em compras por minuto! Sem alternativas devido ao coronavírus, as lojas e o comércio tiveram que se adaptar ao mundo digital. E com o 5G entrando no mercado e a ascendência da inteligência artificial, tudo se tornará muito mais fácil, rápido, ágil e de acordo com as necessidades dos clientes. Com uma experiência cada vez mais personalizada e exclusiva através do comércio eletrônico.

Depois, se você estiver curioso e quiser saber mais sobre como o 5G funciona e irá impactar as nossas vidas, não deixe de conferir o post Tecnologia 5G: Uma vida conectada. Além de Como montar sua loja on-line? Veja passo a passo. E tudo sobre Funil de Vendas, que representa o trajeto que o cliente realiza até fazer a compra.

Comércio eletrônico no Brasil

O Brasil, assim como o mundo, teve que adaptar seu comércio à crise da pandemia. Para se ter uma ideia, somente de julho a setembro mais de 79,2 milhões de compras foram realizadas de forma online. Com um crescimento de 76% comparado com o ano de 2019 no mesmo período, e cerca de 5.8 milhões de usuários novos! E mesmo no pós-pandemia, acredita-se que o comércio virtual continuará firme e forte. Tornando-se cada vez mais presente, principalmente com o estabelecimento do 5G.

Comércio eletrônico
Compras online – Fonte: Pexels

Essa nova tecnologia promete revolucionar nossa maneira de viver e traz um grande impacto no comércio. Veja abaixo quais serão as principais mudanças!

Como o 5G irá mudar o comércio eletrônico

Esperasse que em 2021, o e-commerce cresça em $4.8 bilhões, em torno de R$27.4 bilhões na cotação atual. Um pulo de mais de $2 bilhões comparado com o ano de 2017. E claro, isso se dará principalmente pela tecnologia 5G.

Comércio eletrônico
Compras na internet – Fonte: Pixabay

Com o 5G mais pessoas estarão conectadas ao mesmo tempo e compartilhando muito mais páginas, produtos e compras do que vemos hoje em dia. De acordo com a SingularityHub, em 2024 teremos 8 bilhões de pessoas online! Portanto, com essa nova tecnologia iremos viver uma verdadeira revolução do comércio eletrônico, em que podemos destacar os pontos a seguir:

Mais clientes = mais renda

Ano que vem, conforme o relatório da Adobe Digital, a renda do comércio eletrônico deve chegar aos $12 bilhões, se tudo ocorrer como o planejado pelas empresas de telecomunicação.

Com o 5G, a Internet se tornará mais acessível até mesmo para os interiores, tornando-se muito mais veloz e suave de se navegar nos smartphones e outros aparelhos. O que automaticamente, traz um maior potencial para os clientes fazerem compras online, afinal com sites e aplicativos mais rápidos, e com anúncios abrindo instantaneamente ao clicar, as vendas irão subir.

Pois, além de mais cômodo, não se terá transtornos de falha de Internet ao finalizar a compra ou demora ao carregar a página referente a algum anúncio. O que de acordo com as principais empresas de comércio eletrônico, é o motivo de quase 50% das compras não serem efetuadas.

Realidade Virtual e Realidade Aumentada

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Outra área que terá um grande crescimento com o 5G é o uso da realidade virtual global e da realidade aumentada. Trazendo uma valorização de até $80 bilhões para esse mercado, com cada vez mais marcas utilizando esse tipo de serviço.

Com essa tecnologia, os clientes conseguem navegar pelos produtos como se estivessem dentro de uma loja física, por meio de um aparelho de realidade virtual. Você também conseguirá comprar roupas sem problemas, através de aplicativos que escaneiam seu corpo e entregam suas medidas exatas para suas marcas favoritas! E o melhor, tudo no conforto de sua casa!

Comércio eletrônico
Compras no conforto da sua casa – Fonte: Pexels

Melhor capacidade de Inteligência Artificial

Sabe quando você procura um produto, e depois ele fica aparecendo para você em todos os sites ou redes sociais que você entra? Pois é, isso é a inteligência artificial trabalhando.

A ideia é que com o 5G essa experiência de recomendações seja mais personalizada e exclusiva para cada cliente. Você poderá se conectar e baixar as informações de uma Inteligência Artificial em um piscar de olhos, assim, tanto o consumidor do futuro, quanto o varejista se beneficiarão.

Acessórios inteligentes e o comércio eletrônico

Os acessórios inteligentes como smartwatch, smartband, fones de ouvido, óculos, entre muitos outros irão ter um alcance muito maior e, com o 5G, se tornarão cada vez mais comuns no dia a dia. A Tractica prevê que as vendas desses dispositivos venham a chegar a marca de $95.3 bilhões em 2021. E já podemos perceber isso nas academias, em que o smartwatch se tornou indispensável para muitos atletas que gostam de monitorar o seu físico, como os batimentos cardíacos e quantidade de calorias queimadas.

Para o comércio isso também será bom, pois poderão aproveitar esses acessórios para enviar notificações com informações personalizadas, aumentando as vendas.

Comércio eletrônico
Smartwatch – Fonte: Pexels

Internet das Coisas (IoT)

Além disso, a Internet das coisas irá ter um grande impacto positivo com a tecnologia 5G. A famosa IoT está presente principalmente em rastreamento de veículos, gestão de frotas, coleiras inteligentes para animais domésticos, pulseiras que medem pressão, temperatura, e muito mais. Com uma maior conectividade, a parceria entre empresas de telecomunicação e de comércio será gigantesca. Os dados gerados poderão ser analisados muito mais rapidamente, gerando um retorno muito maior que o alcançado atualmente.

Comércio eletrônico
Conectividade com o 5G – Fonte: Pixabay

Portanto, podemos esperar uma verdadeira revolução do que conhecemos do mundo das compras e do comércio nos próximos anos. 2020 foi um ano de abertura para esse novo jeito de adquirir os mais diversos tipos de produtos e fez com que muitos lojistas abrissem os olhos para essa oportunidade de crescimento virtual.

Prático, rápido e ainda mais veloz, com apenas um clique suas encomendas serão feitas. Sem nem mesmo precisar colocar a senha do cartão ou sequer qual o tamanho da sua roupa. E os preços acabam por serem muito melhores ou com diversos descontos, por demandar menos funcionários e até mesmo não ter a necessidade de local específico. Isso trás uma nova era para os empresários de vendas, em que lojas se espaço físico, ou seja, apenas com compras online, se tornarão mais comuns. Já pensou nisso?

E aí, você está preparado para essa tecnologia?

Por fim confira também Meu negócio tem potencial? Equacione sua ideia e descubra. Além de Como criar uma startup? Passo a passo para pilotar sua ideia!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também