Casal morre de Covid-19 com intervalo de 20 minutos na Paraíba

Dia 22 de fevereiro, em meio aos óbitos anunciados, se encontrava também um casal de empresários que faleceu de Covid-19 no interior da Paraíba.

- Continue depois da Publicidade -

Dia 22 de fevereiro, em meio aos óbitos anunciados, se encontrava também um casal de empresários que faleceu de Covid-19 no interior da Paraíba.

José Carlos de Abreu Cartaxo, de 36 anos, e a esposa dele, Lívia Gonçalves de Abreu, de 35, faleceram com apenas 20 minutos de intervalo, deixando duas filhas.

Os dois se encontravam internados no Hospital Regional de Cajazeiras, distante aproximadamente 468 quilômetros de João Pessoa.

A internação aconteceu devido ao agravamento do quadro. Nos últimos dias a condição de saúde deles piorou ainda mais e foi preciso intubar os dois.

Então, ontem José Carlos teve uma piora e faleceu. Apenas 20 minutos mais tarde a sua esposa também foi à óbito.

 

- Continue depois da Publicidade -

casal da paraíba

 

Nas redes sociais do casal vários amigos e familiares escreveram mensagens lamentando a morte deles, que deixaram suas duas filhas pequenas.

- Continue depois da Publicidade -

No perfil de José Carlos há diversas imagens em que ele aparece em reuniões com outras pessoas sem o uso de equipamento de proteção, como máscara.

Em dezembro de 2020 o empresário comemorou o seu aniversário e postou a seguinte mensagem na sua conta pessoal: “Medo?! Sim tenho medo! Medo de morrer, de deixar quem me ama e vice-versa”.

 

- Continue depois da Publicidade -

Agravamento do Covid-19 na Paraíba

 

Nas últimas semanas o Brasil está passando por um agravamento da pandemia de Covid-19 em que há várias regiões com registro do aumento no número de casos.

Você também pode gostar!

Além disso, a variante de Manaus já foi detectada em vários locais do país e, parece ser ainda mais perigosa em relação à forma que circulava no Brasil até então.

 

casal da Paraíba

 

Com isso, na Paraíba existem propostas de endurecimento das medidas restritivas como forma de conter o avanço da Covid-19.

“O momento é difícil e exige medidas mais duras para conter o novo avanço do vírus”, disse o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania).

Um novo decreto já foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e serão válidas para as cidades que se encontram em bandeira laranja ou vermelha.

“Nós queremos que a economia continue funcionando, entretanto, é fundamental que a gente dê um choque nesse momento, durante essa quinzena, na redução da mobilidade urbana, para que a gente tenha reflexo de números positivos mais a frente”, disse o Governador.

De acordo com o novo decreto, bares, restaurantes e similares poderão abrir somente das 6h às 16h. Depois desse horário poderão entregar os produtos.

Nas cidades que se encontram em bandeira vermelha, haverá toque de recolher entre 22h e 5h.

Missas e cultos estão proibidos por 15 dias nos municípios com bandeiras laranja e vermelha na Paraíba.

Atividades presenciais nas escolas também estão suspensas. Somente o ensino infantil pode acolher uma quantidade reduzida de crianças.

Veja também: Izael Caldeira, do Demônios da Garoa, morre aos 79 anos de Covid-19.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes