A luta de Xuxa para superar traumas de abusos sofridos na infância

Rainha dos baixinhos sofreu violações dos 4 aos 13 anos de idade.

5.926

- Continue depois da Publicidade -

Há 7 anos atrás, Xuxa Meneghel, 57 anos, resolveu abrir as portas das dores e revelar o maior trauma de sua existência. A musa dos baixinhos que sempre levou a alegria e a coragem para as crianças, expôs que em sua infância viveu momentos perturbadores ao lado de homens que a abusavam sexualmente.

A artista já contou com detalhes as violações que os primos, um professor, o namorado da avó e o melhor amigo do pai fizeram em seu corpo, desde os quatro anos de idade. A cantora sofreu os abusos até os 13, mas os traumas estão registrados até hoje em sua memória.

Xuxa Meneghel
A luta de Xuxa – Fonte: Instagram

Recentemente, Xuxa falou sobre as sequelas emocionais que possui devido aos momentos traumáticos de sua infância. Então, sem abrir mão dos detalhes, citou Junno Andrade de 57 anos, seu namorado.

“O Ju está me ajudando a virar a chave”, conta a artista que não gosta de fazer certas coisas nos momentos a dois, por lembrar do namorado da avó a tocando.

Junno sempre orienta Xuxa lembrando que quem está com ela é alguém que ela ama, e a ama. Mas, mesmo com bons conselhos há momentos que ainda recordam as dores do passado, dificultando a luta de Xuxa.

Xuxa toma mais de três banhos por dia

A luta de Xuxa contra os traumas e abusos sempre refletiu em seus relacionamentos amorosos. Sua maior batalha é com a mente e o próprio corpo que a infligi nos momentos de prazer.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Para se sentir límpida e em paz, a artista toma de três a quatro banhos por dia, antes e depois de ter relações com o namorado, Junno. “Eu tomo de três a quatro banhos por dia, antes e depois de transar sempre. Demoro bastante para me sentir limpa. Vejo que ninguém mais faz isso. E tem questões no meu relacionamento que são difíceis.”, contou.

Xuxa e Junno no mar.
Xuxa e Junno – Fonte: Instagram

A mãe de Sasha assume que já procurou por muitas ajudas e até fez terapia, mas que não funcionou, infelizmente.

“Fiz terapia quando meus pais se separaram e a primeira coisa que falei foi do abuso. Só que escolhi a pessoa errada. Eu não conseguia dormir, e ela queria resolver isso. Aí, a sessão envolvia dormir e falar com umas almofadas quando acordasse, um processo interessante até.”, falou Xuxa na entrevista.

Artista fala sobre filme polêmico

Xuxa Meneghel mais nova.
Xuxa – Fonte: Instagram

Ainda na entrevista, a artista falou sobre o filme ‘Amor Estranho Amor’ com sua participação especial. O filme gerou confusão na Internet devido a cenas implícitas de uma criança com ela .

Conforme dito por Xuxa, a história se “Trata de uma menina de 15 anos, a minha personagem, vendida para um prostíbulo, para um político e aí recortam só a cena em que ela transa com um garoto de 13 anos e ainda inventam que é a Xuxa, e não uma personagem de ficção. Aqueles que trabalhavam comigo na época tentaram esconder e foi a maior bobeira. Se tivesse chegado aos lares, saberiam que não é a minha biografia, mas cinema.”.

Então, contradizendo o que as pessoas comentam ela revela: “Nunca fui prostituta, nunca fui doada. O problema é que as pessoas não assistem, e a mensagem fica deturpada”.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também