A subida de Karol Conká: “tô pronta pra decolar”

Após ser cancelada, Karol Conká se levanta com ajuda de terapeutas e composições. Ela tem o deboche como um aliado

- Continue depois da Publicidade -

Os trinta dias que Karol Conká viveu no Big Brother Brasil 21 trouxeram sequelas que ficarão para todo o sempre na vida da cantora. A rapper saiu do reality show, na noite de 23 de fevereiro, e encontrou fora do confinamento uma guerra. De um lado, o Brasil polarizado à força do ódio. Do outro, ela, Karoline dos Santos Oliveira.

Conká e sua equipe não imaginavam tal reação do país quando ela recebeu o convite para o programa. Ela aceitou participar porque sentia um certo desamino em relação à carreira. Sentimento que a pandemia acabou agravando.

Fabiana Bruno, empresária da rapper desde 2017, tinha a expectativa de uma colheita farta após a exposição em rede nacional. Contudo, espanto foi o que obteve com a realidade.

“Recebi milhares de mensagens. Todos pediam para que eu e a agência largássemos a Karol. ‘Isso vai espirrar em vocês’, diziam”, falou a empresária em entrevista para o TAB Uol.

 

 

A ruína de Karol Conká

 

Foto da ex-BBB
A ex-BBB Karol Conká. Fonte: Instagram

 

A rapper passou um tempo em um retiro pessoal no meio do mato. O período foi interpretado como “internação” pelos internautas.

Além disso, repercutiam boatos dizendo que ela teria perdido mais de R$ 1 milhão em contratos publicitários. Fabiana afirma que, na verdade, só houve um cancelamento: “O valor não chega nem perto disso”, disse.

Karol Conká se viu em oposição ao país inteiro. Pensou que nem a mãe queria ver o seu rosto. “Eu perguntava para todo mundo: por que você está aqui? Eu sou um monstro”, falou.

Após a saída do Big Brother Brasil, gravou um novo álbum. Disco que, de acordo com relato dela, não teria saído sem os pedidos animados que ouvia de DJ Hadji, seu parceiro desde o início da carreira.

Do BBB, as memórias não são tão boas. Nem mesmo os looks preparados com carinho para usar no reality a rapper ousa vestir uma segunda vez. Lamentavelmente, ela diz: “Dá um ruim”.

 

 

O deboche segue existindo

 

Foto da rapper. A subida de Karol Conká.
A rapper Karol Conká. Fonte: Instagram

 

O que Karol Conká mostrou no Big Brother Brasil sobre o seu lado bem-humorado permanece intacto. Frases marcantes ditas no programa, como “Qualquer coisa me coloca no paredão” e “Tenho minha vida, minha carreira bem bonita lá fora”, alimentou muitos memes nas redes sociais.

Ao mesmo tempo, são palavras que também acabaram se tornando piadas em seu meio de trabalho. A favorita dela é o “limpa, limpa tudo”.

 

 

Karol Conká: O ressurgimento após a dor

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Foto da ex-BBB
Fonte: Instagram

 

A mãe foi quem deu um “sacode” e fez Karol Conká acordar. Isso quando já havia passado mais de um mês da maior rejeição histórica do reality show da Rede Globo. “Karoline, já faz um mês que você saiu do BBB, tem gente morrendo no Brasil”, disse.

Ela concordou. Passou a fazer terapia, ainda que acreditando que nenhum profissional fosse aceitá-la depois do programa.

“Eu chorava, achava que era louca. Podia ser uma crise de abstinência, eu podia ter bipolaridade, mas não foi. Estava num desequilíbrio emocional. Sempre tive TOC. Se a coisa não está do meu jeito, eu vou ficar muito nervosa, ainda mais num reality, sob pressão, sem meu vinho”, explica.

A rapper chegou ao ponto de não se encontrar em si mesma. Via-se, por vezes, tentando controlar as palavras que iam sair da sua boca. Tudo a fim de que as pessoas não pensassem que fosse má.

Karol Conká consumia álcool e maconha, itens antes essenciais em seus camarins e show. Contudo, trocou o mau hábito por chá e agora passa o dia tomando cerca de um litro da bebida.

 

 

O dilúvio passou

 

Foto da rapper. A subida de Karol Conká.
Fonte: Instagram

 

Oito meses após sair do BBB, Karol vem se reconciliando com o espaço de fala nas redes sociais. Agora, faz coreografias e fala sobre saúde mental no próprio quadro no Instagram, o “Vem K”.

Fabiana Bruno, responsável pelas parcerias, afirma que a conversa com o mercado publicitário vem sendo retomada. “Toda grande árvore tem luz e sombra, toda potência dela vale também nos piores momentos”, diz.

Amigos descrevem Karol Conká uma mulher pilhada, engraçada, radiante. Ela agora tem passado mais tempo junto à natureza. Revelou até que alguns artistas e famosos lhe enviaram mensagens com pedidos de desculpas. Alguns culparam a pandemia. “No fim, não fui só eu que me perdi”, comenta.

Em 30 de setembro, Karol lançou “Subida”, em parceria com o produtor RDD. A trilha sonora, aliás, faz parte do jogo de futebol FIFA22. Um dos mais populares do mundo.

 

 

Foto da rapper. A subida de Karol Conká.
“Subida”, novo hit de Karol Conká. Fonte: Instagram

 

“Subida é uma das faixas favoritas entre as minhas últimas composições. Trabalhar com o Rafa Dias me trouxe novas possibilidades de explorar minha voz. A batida é convidativa para dança, já que o clima é de pagodão baiano. O processo de criação foi orgânico e muito animado, a letra fala sobre se manter atento aos sinais que a vida nos dá, sobre a elevação da consciência e aprendizados”, diz a rapper.

 

Por fim, ouça a canção.

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes