Adriano Castro.

Quem é Adriano Castro? Ex-BBB criador do “Paredão” participou dos ataques em Brasília

Artista plástico, de Salvador, Adriano Castro integrou o elenco do BBB 1 e agora possui um canal do YouTube defende o bolsonarismo

Compartilhe

Um dos participantes dos ataques em Brasília, na tarde do último domingo foi o ex-, Adriano Castro. O artista plástico de 54 anos participou do Big Brother Brasil 1.

Na primeira edição do BBB, Adriano chegou a ser considerado como um dos vilões.

Como resultado, ele foi eliminado no quarto Paredão do programa, após enfrentar, Vanessa (vice-campeã da edição). Aliás Adriano foi o criador do termo “Paredão”.

Vem saber mais sobre Adriano, também conhecido como, Didi Red Pill.

Quem é Adriano Castro do BBB 1?

O BBB 23 estreia no próximo dia 16 de janeiro. Dessa forma, de lá para cá já passaram pelo programa, 349 participantes. Adriano Castro esteve no BBB 1, em 2002.

De fato, naquela época tudo ainda estava em fase experimental. Inclusive, nos primeiros programas, Marisa Orth chegou a dividir a apresentação com Pedro Bial.

Adriano BBB 1
Adriano Castro, que esteve no BBB 1 participou da invasão em Brasília. Fonte: Globo/YouTube

Outra coisa diferente era que o público podia votar pelo telefone ou por SMS. E a disputa até então era chamada de “berlinda”. Foi justamente Adriano que apelidou a dinâmica de Paredão. Uma vez que o público disparava votos nos participantes e o mais votado era eliminado.

Agora, mais de dez anos depois, Adriano possui um canal no YouTube: Didi Red Pill, no YouTube, onde conta com mais de 228 mil inscritos.

Por lá, Adriano transmitiu alguns vídeos sobre o ataque golpista à Brasília no último domingo.

Estamos fazendo história na porta do Congresso Nacional. Hoje, completam 70 dias que a galera cansou de ficar na porta do quartel e veio aqui no Congresso Nacional… Estamos aqui ao vivo mostrando tudo para vocês, direto de Brasília, a invasão… Invasão, não. A ocupação do Congresso Nacional pelo povo” – disse Adriano durante a invasão.

Como resultado, a transmissão chegou a ter mais de 4 horas de duração. O artista plástico chegou ao local usando camiseta verde e amarela e boné verde.

Mais sobre os ataquem em Brasília

Além do YouTube, Adriano também possui uma conta no Instagram com mais de 100 mil seguidores. Todavia, essa conta está suspensa.

Pouco antes da invasão, Adriano Castro gravou um breve vídeo mostrando a chegada dos ônibus repleto de bolsonaristas radicais.

Adriano BBB 1
No YouTube, Adriano possui um canal que fala sobre política com mais de 220 mil seguidores. Fonte: YouTube

“Tem que deixar bem longe do acampamento, que infelizmente não está sendo permitido que eles estacionem lá dentro. Bora, patriotas. Bora galera, é selva, vamos nessa” – disse o ex-BBB.

Na descrição do canal do YouTube, Adriano é bem direto quanto ao conteúdo que o público verá: “Aqui o Bicho Pega, Política Falada sem Papas na Língua”.

Além do ataque em Brasília, Adriano também atuou na manifestação em Salvador (sua terra natal) no final de 2022: “26 dias consecutivos nas ruas da Bahia. Não vamos desistir”- disse o artista em sua conta no Twitter.

Com efeito, em sua eliminação no BBB 1, Adriano Castro, recebeu a seguinte fala de Pedro Bial: “Tem gente que te achou antipático, agressivo demais. Até seu senso de humor, que é às avessas, foi mal compreendido”.

Por fim, a Polícia Civil do Distrito Federal informou por volta das 23h00 de domingo (8) que 300 criminosos foram presos até então. Estima-se que a o ataque em Brasília contou com a participação de mais de 4 mil pessoas. Parte delas chegaram em 100 ônibus.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades do BBB 23 e tudo sobre os Famosos direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja o vídeo que foi postado por Adriano em seu canal:

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias