Guilherme de Pádua e Aguinaldo Silva

Ex-Globo, Aguinaldo Silva desdenha de morte de Guilherme de Pádua: “Já foi tarde”

Neste domingo, 6, Guilherme de Pádua – condenado pelo assassinato de Daniella Perez – foi vítima de infarto e morreu. 30 anos após o crime,…

Compartilhe

Neste domingo, 6, Guilherme de Pádua – condenado pelo assassinato de Daniella Perez – foi vítima de infarto e morreu.

30 anos após o crime, o ex-ator teve sua morte repercutindo nas redes sociais, entre eles foi com o autor Aguinaldo Silva, colega de Gloria Perez durante anos no horário de novelas da Globo.

Dessa forma, ele se manifestou sobre o acontecido e desdenhou da morte de Guilherme de Pádua. Confira:

O que Aguinaldo Silva disse sobre Guilherme de Pádua?

Com a grande repercussão da morte de Guilherme de Pádua, o ex-autor da Globo usou seu perfil nas redes sociais para se posicionar.

“Não vou dizer ‘quem aqui faz aqui paga’, porque alguns fazem e não pagam e, no caso de Guilherme de Pádua, sua dívida era impagável. Mas sua morte súbita, diante do mal irreparável que ele causou, só me permite um comentário, que é: já foi tarde”, afirmou em seu perfil no Twitter, na manhã desta segunda (7).

Nos comentários da publicação, internautas concordaram com o posicionamento de Aguinaldo Silva, destacando que Guilherme de Pádua teve o que mereceu, mesmo que tardiamente.

Qual a causa da morte?

Apesar de dar a notícia por meio de uma live, o pastor, Márcio Valadão não entrou em maiores detalhes sobre a morte de Guilherme. De acordo com o religioso, o ex-ator passou mal perto das 22h da noite do último domingo, 6.

“Recebi o telefonema de uma irmã falando de um dos nossos pastores que acabou de falecer. Aquilo para mim foi um impacto muito grande, pois hoje, às 10h, eu estava dirigindo o culto, e ele estava no primeiro banco com a esposa, servindo ao Senhor, cantando, orando, louvando (…)”, disse Valadão.

Guilherme de Pádua e Daniella Perez.
Em dezembro de 1992, Guilherme de Pádua assassinou Daniella Perez com 18 facadas. Fonte: Globo
  • Além disso, leia Quem é Paula Thomaz hoje? Como está a culpada pelo assassinato de Daniella Perez, de Pacto Brutal

Na noite do dia 28 de dezembro de 1992, Guilherme e sua esposa encurralaram a atriz Daniella Perez próximo aos Estúdios da Globo. Daniella e Pádua faziam um par romântico na novela, “De Corpo e Alma”. Todavia, as informações era de que o ator estava descontente com os rumos de seu personagem e queria mais espaço.

Guilherme e Paula Nogueira Thomaz assassinaram a filha de Gloria Perez com 18 facadas. Como resultado, os dois foram julgados e condenados. Guilherme foi sentenciado a 19 anos de prisão em regime fechado. Todavia cumpriu apenas um terço da sentença.

Saiba ainda mais Pacto Brutal: série da HBO Max aborda caso Daniella Perez, assassinada por Guilherme de Pádua

Se você gosta do universo de entretenimento, precisa conhecer os conteúdos que temos sobre esse tema aqui mesmo, no portal Fashion Bubbles!

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias