Marília Mendonça: no aniversário da cantora, relembre sua carreira e vida

Conhecida como a “rainha da sofrência”, a cantora Marília Mendonça marcou uma geração. Relembre seus sucessos e veja os clipes de “Decretos Reais”, seu EP póstumo

Marília Mendonça morreu na sexta-feira, 05/11
Compartilhe

Marília Mendonça. Este nome não será esquecido. Aos 26 anos, no auge da carreira, a cantora faleceu em um acidente de avião, no dia 5 de novembro de 2021. Além de fãs fervorosos, Marília deixou um filho de quase 2 anos. Léo Dias Mendonça Huff é fruto da relação que a goiana teve com Murilo Huff.

Compositora memorável, a artista partiu de forma abrupta. E agora, no dia em que ela completaria 27 anos, sua equipe lançou seu primeiro EP póstumo, “Decretos Reais”. Em seguida, relembre alguns momentos de sua vida e veja os vídeos das músicas inéditas:

E surge Marília Mendonça…

Cantora Marília Mendonça morre aos 26 anos
Fonte: Instagram

  • Posteriormente, leia também Marília Mendonça morre aos 26 anos e famosos lamentam: “tô destruído”

Marília Dias Mendonça nasceu em Cristianópolis, interior de Goiás, no dia 22 de julho de 1995. Ela superou adversidades, revolucionou o sertanejo e fez seu nome na brasileira.

De pequenos bares a shows lotados. De sonhadora a “patroa”. Marília, por fim, conquistou o que queria: uma legião de admiradores e reconhecimento no trabalho de qualidade.

A celebridade surgiu através do “estouro” de suas composições. Algumas foram cantadas por outros artistas já consagrados no cenário musical, como a dupla Henrique & Juliano.

Em princípio, nada de holofotes para a “rainha da sofrência”. Seu trabalho era mais nos bastidores. De fato, ela se lançou como cantora em 2014.

Quem foi Marília Mendonça?

Marília foi talento puro e fez incríveis parcerias ao longo da vida. A amizade com a dupla sertaneja Henrique & Juliano originou a música “Impasse”, em 2015.

Em 2016, quase um ano depois, um álbum com outros sucessos foi disponibilizado nas plataformas digitais. A partir daí, as pessoas conheceriam o nome “Marília Mendonça”.

Entre as canções do “Marília Mendonça: Ao Vivo”, esteve o hit “Infiel”. Assim, surpreendeu a todos e chegou a ser uma das faixas mais escutadas das rádios brasileiras daquele ano.

Outras músicas fizeram-na deslanchar de vez, na sequência. “Eu Sei de Cor”, “Amante Não Tem Lar”, “De Quem é a Culpa” e “Supera”, portanto, foram alguns dos singles de sucesso da cantora.

O último lançamento de Marília Mendonça em vida foi a canção “Fã Clube” em parceria com as “Patroas”, Maiara e Maraisa. Veja:

Álbuns e premiações

Marília deixa o filho Léo
Fonte: Instagram. Montagem: Fashion Bubbles

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Marília Mendonça lançou quatro álbuns solo, que foram: Marília Mendonça: Ao Vivo (2016), Realidade (2017), Todos os Cantos (2019) e Nosso Amor Envelheceu (2021). O último ainda não havia sido inteiramente disponibilizado quando ela morreu, vale ressaltar.

Em relação às premiações, Marília foi indicada em categorias como “Revelação do Ano”, “Melhor Cantora”, “Melhor Show”. Assim, em seus anos de carreira, foram 35 indicações e 11 vitórias.

Seu álbum “Todos os Cantos”, de 2019, foi indicado e venceu o Grammy Latino de “Melhor Álbum de Música Sertaneja”.

O último lançado em parceria com a dupla Maraia & Maraisa, contudo, também figurou a categoria de “Melhor Álbum de Música Sertaneja” do Grammy, que segue pendente de premiação.

“Realizar sonhos ao lado de vocês é três vezes maior. É isso, pessoal, PATROAS NO GRAMMY LATINO… Enquanto não inventam uma palavra que defina o que sentimos por vocês, nos contentamos com GRATIDÃO”, disse em post no Instagram, comemorando a indicação, em setembro de 2021.

A vida amorosa e a família de Marília

Marília Mendonça era cantora e compositora
Léo, Ruth e Marília. Fonte: Instagram

Dessa forma, os términos de Marília Mendonça sempre davam o que falar. As letras profundas escritas após os fins e sempre relacionadas ao tema trouxeram identificação para o público.

A cantora estava em um relacionamento sério com o empresário Yugnir Ângelo quando apareceu no meio sertanejo. Os dois começaram a se envolver em 2015, noivaram em 2016 e colocaram um ponto final na relação em 2017, todavia.

Outro namoro de Marília que veio à tona aconteceu em 2019. Na ocasião, o parceiro da artista era Murilo Huff. Os dois foram levando a união com idas e vindas.

Desse amor, nasceu Léo, no ano de 2020. Marília postava fotos e vídeos do filho nas redes sociais e encantava os seguidores com momentos do pequeno.

Entretanto, o romance dos papais do menino não foi para a frente. O término definitivo foi anunciado em setembro de 2021.

Amor de mãe

Além de Léo, Marília estava sempre exaltando a figura materna. Um dia antes da morte da cantora, por exemplo, foi aniversário da mãe dela, Ruth Moreira. Nesse sentido, Marília fez questão de escrever belas palavras no Instagram.

“Seu cuidado e carinho ultrapassam o limite do ser mãe. Você, com seu coração gigante, não se conforma em simplesmente ser mãe de Marília e João Gustavo, mas é mãe de todos que ama de verdade”, escreveu a loira em parte do texto.

“Obrigada por cuidar tão bem do amor da minha vida. Seremos sempre nós. Conectadas, entrelaçadas e fortes. Juntas! Te amo, mãe! PRA SEMPRE! Feliz aniversário”, finalizou.

Músicas inéditas

Na noite de 21 de julho de 2022, foi lançado o primeiro EP póstumo de Marília Mendonça. Com o nome “Decretos Reais”, o projeto conta com 4 músicas inéditas que foram extraídas da live Serenata, gravada em maio de 2021 com clássicos do sertanejo.

A primeira faixa é um cover de “Te Amo Demais”, de Leonardo:

Em seguida, vem “Te Amo, O Que Mais Posso Dizer”, de Ovelha:

Em terceiro lugar, “Decretos Reais” traz “Não Era Pra Ser Assim”, de Zezé Di Camargo & Luciano:

“Sendo Assim”, gravada originalmente por Genival Santos em 1976, fecha o EP junto com “Muito Estranho”, de Dalto:

Sem dúvida, as faixas são um grande sucesso! Afinal, cada um de seus clipes bateu 100 mil visualizações no YouTube em menos de uma hora. Ao 12h de 22 de julho de 2022, dia em que a cantora completaria 27 anos se estivesse viva, os vídeos já tinham sido vistos mais de 3 milhões de vezes.

Qual a música de maior sucesso da Marília Mendonça?

A artista lançou vários hits durante sua curta carreira. No entanto, algumas canções se destacaram mais que outras. É o caso de “Infiel”, que foi lançada em 2016 e tornou Marília conhecida no Brasil inteiro:

O álbum “Todos os Cantos”, de 2020, também trouxe vários hits, como “Supera” e “Todo Mundo Vai Sofrer”:

“Esqueça-me Se For Capaz”, colaboração de grande sucesso com Maiara e Maraisa, foi lançada em 2021, mas até hoje aparece entre as músicas mais ouvidas em plataformas como o Spotify:

Qual foi o último sucesso de Marília Mendonça?

Antes do lançamento do EP “Decretos Reais”, também em 2022, saiu “Mal Feito”, a parceria da cantora com Hugo & Guilherme. A música foi gravada para o DVD da dupla, chamado “Próximo Passo”:

A morte de Marília Mendonça

Marília morreu em queda de avião
Web posta homenagens para a cantora. Fonte: Instagram. Montagem: Fashion Bubbles

Na tarde de 05/11, uma sexta-feira, Marília Mendonça e outros quatro tripulantes morreram em um acidente aéreo. A notícia da queda do avião repercutiu por volta das 15h30.

A famosa estava viajando para Minas Gerais, estado em que faria show na noite de hoje. No entanto, a aeronave que levava os passageiros caiu em uma cachoeira em Caratinga, na região mineira.

De primeiro momento, a assessoria de Marília afirmou que todos estavam bem. Porém, minutos depois, os bombeiros confirmaram as mortes de todos os viajantes.

Veja, então, a nota de falecimento:

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-pilto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite.”

Qual foi a causa do acidente de Marília Mendonça?

Segundo informações da Companhia Energética de Minas Gerais, a Cemig, o avião que transportava a cantora e os demais passageiros bateu no cabo de torre da distribuição da energia.

“A Cemig informa que o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da Companhia no município de Caratinga”, diz a nota da empresa, enfim.

A apuração do Portal R7 comunicou, ainda, que o aeroporto de Ubaporanga, o lugar onde deveria ser realizado o pouso, informou que as torres não eram seguras.

Isto é, “o relatório, divulgado nos dias 3 de julho e 13 de setembro, chamado Infotemp indicou que as torres que estavam sendo instaladas violavam o plano básico de zona de proteção do aeroporto de Ubaporanga”.

Compartilhe

Stories

Matérias Similares