Qual novela entrará no lugar do “Cravo e a Rosa”, nas tardes da Globo?

Para continuar na linha do sucesso, Globo separou mais um grande clássico para ir ao ar no lugar de “O Cravo e a Rosa”

Petruchio e Catarina seguram seus filhos no final de O Cravo e a Rosa
Compartilhe

Uma das novelas mais bem sucedidas da , “O Cravo e a Rosa” está em sua reta final. Além da sua exibição original, entre 2000 e 2001, essa é a terceira reprise da trama de Walcyr Carrasco.

Além disso, em 2019, o canal Viva exibiu a trama na íntegra em sua principal faixa de novelas. E como resultado, mais uma vez “O Cravo e a Rosa” se tornou o programa mais visto pela emissora naquela época.

E assim como das outras vezes, a novela protagonizada por Adriana Esteves e Eduardo Moscovis, não decepcionou a Globo. O principal objetivo de “O Cravo e a Rosa” era frear o crescimento do quadro “A Hora da Venenosa”, na Record TV, em São Paulo. E essa missão foi cumprida.

Vem saber qual novela a Globo escalou para seguir com os bons números em audiência.

Qual novela vai substituir “O Cravo e a Rosa?”

Mais uma vez, “O Cravo e a Rosa” conquista uma ótima audiência para a Globo. Fonte: Globo

Você sabia que o “Cravo e a Rosa” foi a primeira novela de na Globo? Na época, o autor havia acabado de fazer um grande sucesso na TV Manchete com “Xica da Silva”. Como resultado, tanto o escritor como o saudoso diretor Walter Avancini foram contratados pelo canal da família Marinho.

Como de costume, a Globo decidiu que Walcyr e Walter ficaram no núcleo de Denis Carvalho. Ademais, a primeira função da dupla era melhorar a audiência da faixa das seis. Na época, a emissora estava testando novelas mais curtas. Assim sendo, “O Cravo e a Rosa” entrou no lugar de “Esplendor”, trama de Ana Maria Moretzsohn que teve apenas 125 capítulos.

E essa seria a media de capítulos da novela de Walcyr. Todavia, O Cravo e a Rosa fez tanto sucesso que a Globo encomendou para o autor, mais episódios. E ao todo a novela fechou com 221, cem a mais do que o previsto.

E Walcyr manteve o fôlego da trama, para isso criou a vilã, Marcela, interpretada por Drica Moraes, que já havia trabalhado com o autor e o diretor em “Xica da Silva”. Mais personagens passaram pela história e outros núcleos ganharam mais espaço, como o da fazenda de Petruchio.

Sucesso

Como resultado, em 9 de março de 2001, o último capítulo de “O Cravo e a Rosa” bateu 43 pontos de audiência, com picos de 48. Assim sendo, a Globo decidiu fazer a primeira reprise da novela, praticamente um anos depois.

E nessa terceira passagem da trama na grade da emissora, a novela de época também mostrou bons números. E para manter esses números, “Chocolate com Pimenta” (também de Walcyr Carrasco) foi a escolhida e entrará no lugar de “O Cravo e a Rosa”.

Chocolate com Pimenta também é um sucesso

Aninha e Danilo cruzam olhares em "Chocolate com Pimenta".
“Chocolate com Pimenta” ganhará uma nova reprise nas tardes da Globo.

Antes da diretoria da Globo escolher “Chocolate com Pimenta” para seu primeiro horário de reprises, a novela “Cabloca” também foi cotada. Isso pelo motivo que, Benedito Ruy Barbosa está com “crédito” na praça devido ao sucesso de “”.

Além dela, “Caras e Bocas” também de Walcyr Carrasco, entrou na lista de mais uma possível reprise. No entanto, a Globo entendeu que “Chocolate com Pimenta” segue uma linha mais parecida com “O Cravo e a Rosa”, por ser uma trama de época e bem carregada de humor.

“Chocolate com Pimenta” tem como protagonistas, Murilo Benício e , ela foi ao ar pela primeira vez em 2003. Sua primeira reprise aconteceu em 2006 e outra em 2012. No Viva, a novela foi ao ar na íntegra ano passado, e fez um grande sucesso.

Em tempo: em 2023, Walcyr Carrasco lançará sua nova novela das 19hs: “Terra Vermelha”. deverá ser a protagonista.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades de Pantanal e direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Enquanto a novela não estreia, veja um compacto dos primeiros capítulos:

Compartilhe

Stories

Matérias Similares