Como manter uma alimentação saudável nas viagens

Viajar e manter uma alimentação saudável parecem não combinar, porém, existem dicas para manter o corpo nutrido sem deixar de aproveitar

- Continue depois da Publicidade -

Você é do tipo que esquece a alimentação saudável durante no fim do ano e nas viagens? Fique tranquila, você não está sozinha. Porém, é importante destacar que uma dieta saudável significa uma saúde impecável.

Além de ajudar a manter o peso da balança, quando a alimentação saudável é associada com a prática de atividade física, ela também diminui o estresse e previne doenças. Por isso, é tão importante mantê-la no dia a dia, mesmo que seja na férias.

É claro que uma viagem nos faz sair da rotina. Sendo assim, pular refeições e consumir alimentos menos nutritivos são coisas que podem ser evitadas com um pouco de planejamento.

Por isso, trouxemos esse guia que vai te explicar melhor a importância de manter uma alimentação saudável e como fazer isso de forma simples e prática durante as viagem.

 

Quais alimentos que compõem uma alimentação saudável?

 

- Continue depois da Publicidade -

Essa é a pergunta mais feita no Google quando o assunto é alimentação saudável.

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que para se alimentar de uma forma saudável é necessário combinar uma série de nutrientes. Ao todo, no grupo alimentar, existem cinco grupos de alimentos: os que são ricos em proteína, vegetais, frutas, grãos e laticínios.

- Continue depois da Publicidade -

Cada um desses grupos auxilia nosso corpo de uma forma. Portanto, saber como combiná-los potencializa ainda mais os resultados esperados. Sendo, assim, confira quais alimentos fazem parte de cada grupo:

  • Ricos em proteína: ovos, carne, feijão, aves, nozes, frutos do mar e produtos de derivados da soja
  • Vegetais: aqui vale os vegetais nos formatos frescos, congelados, enlatados, secos, suco ou cozido
  • Frutas: enlatada, fresca, enlatada ou congelada
  • Grãos: fubá, trigo, cevada, arroz
  • Laticínio: leite (mesmo os sem lactose ou de soja), iogurte e queijo

De acordo com a MyPlate, que é um guia nutricional americano, a recomendação é combinar pelo menos dois grupos alimentares em cada refeição.

 

- Continue depois da Publicidade -

Casal tomando café da manhã.
Fonte: Pexels

 

  • Veja também Treino: o que comer antes e depois para melhorar os resultados

 

Como manter uma alimentação saudável mesmo estando com pressa?

 

Se você é do tipo que está sai sempre correndo de casa pela manhã e acaba ficando sem o café da manhã ou até o almoço, saiba que muitos fazem o mesmo.

Para driblas esse cenário, separamos as seguintes dicas:

 

  1. Planeje suas refeições: use o período da noite para preparar as refeições no dia seguinte. Uma opção rápida de fazer e nutritiva é o pudim de chia com aveia. Além disso, já coloque-os em um pote e em um local visível para não esquecer ao sair de casa
  2. Compre barrinhas proteicas: você também pode fazê-las. Elas são excelentes fontes de energia e são práticas para comer no carro.
  3. Smoothie: essa bebida gelada caiu no gosto dos brasileiros. Por isso, basta fazer um pote com os ingredientes e fazê-la antes de sair de casa.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre Saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Dicas para jantar fora

 

Quem é que não gosta de uma refeição diferente com os amigos, não é mesmo? Porém, este simples hábito aos finais de semana ou nas férias pode arruinar todo o esforço do ano.

Portanto, vale a pena seguir algumas regras simples para manter uma boa alimentação, mesmo não estando em casa.

  1. Não se prive: não é nenhum pecado se deliciar com comidas gostosas durante um jantar com pessoas queridas. Porém, é preciso tomar cuidado com a quantidade. Por isso, considere dividir um prato ou porção de comidas muito grandes com mais uma pessoa.
  2. Planejamento: quase todo restaurante oferece a opção de cardápio online. Assim, antes de ir é possível acessar o menu e qual deles se encaixa melhor na alimentação saudável e qual possui a maior combinação de nutrientes. Como resultado, você não come por impulso.
  3. Avalie as porções: se só você quiser um prato específico mesmo sabendo que vem em grande quantidade, assim que ele estiver pronto peça uma embalagem para viagem. Desta forma, você poderá separar a comida em duas ou mais porções e não irá comer até ficar cheio e sim até se sentir satisfeito.

 

Casal viajando.
Fonte: Pexels

 

 

O que comer na viagem?

 

Viagens longas são muito comuns no Brasil. Afinal, o território é grande e são necessárias algumas horas para atravessar de um estado para outro.

Portanto, seja em uma viagem de carro, avião ou trem, é preciso estar preparado com um lanchinho saudável. Isso porque nem sempre tem um posto no meio do caminho ou uma opção de comida saudável no aeroporto, onde a prioridade é sempre o fast-food.

Ao levar seu próprio snack você poupa o estresse de ter que procurar um local apropriado e ainda economiza.

Em primeiro lugar, é preciso considerar opções de alimentos não perecíveis. Assim, faça chuva ou faça sol eles estarão com o mesmo sabor. Por isso, aqui vão algumas dicas:

  • Barrinhas de cereais: existem diversas opções de barras energéticas ou proteicas. Além de serem fáceis de transportar elas são saudáveis e podem oferecer a sensação de saciedade de forma rápida.
  • Frutas secas: as frutas desidratadas, segundo estudos, são excelentes opções para conseguir manter a ingestão diária de frutas. Portanto, você pode escolher a sua preferida.
  • Sementes e nozes: se você busca por alimentos pequenos e que se encaixam em um espaço pequeno na mala ou na bolsa, as sementes e nozes são excelentes opções. Além disso, é possível misturá-las com as frutas secas para garantir uma refeição ainda mais completa.

 

 

Conclusão

 

Embora seja um desafio, manter uma alimentação saudável durante as viagens e jantares fora pode ser possível com planejamento.

Para isso, basta seguir algumas regras e dicas simples de combinações que irão potencializar não só a sensação de saciedade mas também manter a saúde em ordem.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes