Florais de Bach: 38 essências para curar o corpo e a alma

A teoria por trás dos Florais de Bach é complexa, mas esse texto vai esclarecer melhor o funcionamento desses compostos

- Continue depois da Publicidade -

Os Florais de Bach são compostos derivados de flores, que ajudam no tratamento de problemas emocionais, equilibrando assim os comportamentos e pensamentos.

Geralmente usados como complementares dos tratamentos de saúde convencionais, os florais fortalecem a relação entre o corpo e a mente.

Eles contribuem também para a prevenção de problemas de saúde, sendo importantes como reguladores dos comportamentos e energias mentais, mas não diretamente das questões físicas.

A teoria por trás dos Florais de Bach é complexa, mas esse texto vai esclarecer melhor o funcionamento desses compostos.

 

Descubra o que são os florais de Bach

 

- Continue depois da Publicidade -

florais de Bach

 

Os florais foram desenvolvidos pelo médico inglês Edward Bach, por volta da década de 1930. Antes mesmo de conseguir identificar esses florais, especificamente, o médico já era um adepto da homeopatia.

- Continue depois da Publicidade -

De acordo com as suas principais teorias, toda e qualquer doença que se manifestasse no corpo, seria na verdade um reflexo de fatores psicológicos, mentais e do estado de espírito do indivíduo.

Levando isso em conta o Dr. Bach chegou aos 38 florais, essências naturais provenientes de flores, que seriam usadas para o tratamento de problemas emocionais.

Então, de maneira simples, cada floral se relaciona diretamente com um tipo de emoção.

- Continue depois da Publicidade -

Os seus trabalhos foram tão condizentes que hoje em dia a Organização Mundial da Saúde (OMS) os aceita como tratamento natural.

No Brasil, os florais são indicados como uma entre as práticas integrativas e complementares do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

  • Confira também: Spirulina e os 10 benefícios do superalimento que traz saúde e ajuda a emagrecer

 

Como se obtém os Florais de Bach?

 

florais de Bach

 

Primeiramente é preciso extrair a essência. E esse procedimento pode ser realizado por meio de dois processos diferentes: solar ou ebulição.

De uma forma ou de outra, o produto obtido é chamado de tintura-mãe, que é usada posteriormente nas diluições que originam os Florais de Bach.

Os processos são realizados da seguinte maneira:

  • Solar: colocam-se as flores em um recipiente com água mineral. Depois deve-se levar o vidro ao sol durante três horas;
  • Ebulição: fervem-se as flores em água mineral durante 30 minutos.

Após a extração, deve-se proceder para as diluições, que são feitas com álcool de cereais, brandy ou conhaque, e até mesmo glicerina, de modo que se conserve a substância.

 

Qual é a utilidade dos florais de Bach?

 

florais de Bach

 

De acordo com a teoria do Dr. Bach, as emoções estão diretamente relacionadas ao surgimento e também ao tratamento das doenças.

Por isso, emoções negativas contribuem para eu o corpo adoeça e, também atrapalham em muito o tratamento.

Dessa forma, a principal contribuição dos Florais de Bach é reestabelecer equilíbrio do indivíduo. Assim, os compostos de flores teriam propriedades energéticas.

Assim, a função dos florais de Bach é o reequilíbrio do indivíduo, tendo a atuação energética dos compostos presentes nas flores como consideração.

 

  • Confira também: Congelando gordura corporal: criolipólise é a nova Lipoaspiração?

 

Como os Florais de Bach funcionam?

 

Basicamente, de acordo com Dr. Bach, as flores possuem alto potencial energético, com propriedades vibracionais. E é justamente nisso que se baseia o tratamento com esses compostos.

Assim, a energia das flores ajudaria na harmonização da energia mental, física e emocional.

 

 

Conheça os principais florais de Bach e as suas aplicações

 

florais de Bach

 

Como você já viu, existem 38 florais de Bach e, esses são segregados em sete grupos distintos. Cada um desses grupos se relaciona a uma emoção e, cada floral possui uma função específica.

Veja a seguir a divisão deles:

Grupo de florais de Bach relacionados ao Medo

 

  • Mimulus: temor do existente e timidez.
  • Rock Rose: pavor e medo que paralisam.
  • Cherry Plum: medo do descontrole.
  • Aspen: temor do desconhecido.
  • Red Chestnut: excessiva preocupação com seus próximos.

 

Florais de Bach: grupo relacionado a falta de interesse

 

florais de Bach

 

  • Clematis: pensar muito no futuro.
  • Olive: exaustão após esforço físico ou mental.
  • Chestnut Bud: dificuldade de aprendizado com seus erros pessoais.
  • Honeysuckle: ficar preso no passado.
  • Wild Rose: sentir-se deslocado, sem esperanças.
  • Mustard: tristeza profunda sem um motivo especifico.
  • White Chestnut: conflitos da mente, e pensamentos desagradáveis.

 

Grupo relacionado a insegurança e indecisão

 

Você também pode gostar!
  • Cerato: falta de autoconfiança.
  • Scleranthus: indecisões na escolha.
  • Gentian: tristeza por uma contrariedade.
  • Gorse: pânico.
  • Wild Oat: questionamentos sobre direção a ser tomada na vida.
  • Hornbeam: sentimento de exaustão.

 

Florais de Bach: grupo relacionado a solidão

 

florais de Bach

 

  • Impatiens: grande impaciência.
  • Water Violet: equilíbrio de personalidade.
  • Heather: excesso de auto preocupação e egoísmo.

 

Grupo relacionado a intolerância com as influências ou opiniões

 

  • Agrimony: pensamentos desagradáveis e inquietação interior por trás de um semblante feliz.
  • Centaury: grande dificuldade em dizer não.
  • Walnut: proteção de influências indesejadas e resistência em caso de mudança.
  • Holly: Ciúmes, ódio e inveja.

 

Grupo relacionado ao desespero e aflições

 

florais de Bach

 

  • Oak: supera além do limite das suas capacidades.
  • Elm: sensação de sobrecarga por excesso de compromisso.
  • Larch: grande desconfiança.
  • Pine: sentimento de culpa.
  • Willow: rancor e ressentimento.
  • Sweet Chestnut: excessiva angústia mental.
  • Crab Apple: grande sentimento de autoaceitação.
  • Star of Bethlehem: choque e traumas.

 

Florais de Bach: grupo relacionado a preocupações excessivas

 

  • Beech: intolerância com algo ou alguma pessoa.
  • Chicory: egoísmo e possessividade.
  • Rock Water: autonegação e repressão por ordens.
  • Vervain: grande de entusiasmo.
  • Vine: grande autoritarismo, despotismo.

 

Rescue Remedy

 

Além de todas as essências citadas anteriormente, existe ainda o chamado “rescue remedy”. Nele são combinadas algumas das essências.

A recomendação de uso nesse caso é em situações ditas emergenciais, onde há uma grande tensão e estresse.

 

  • Conheça também a ventosaterapia: combate a celulite e alivia dores

 

Vantagens de utilizar florais de Bach

 

florais de Bach

 

Primeiramente, a vantagem mais evidente de se utilizar florais de Bach em tratamentos de saúde é o fato de que eles são naturais.

Mas há muito mais vantagens em escolher essa forma de tratamento. Algumas delas são:

  • Florais podem ser usados por qualquer pessoa;
  • Contribuem positivamente para o tratamento de depressão e ansiedade;
  • Ajudam a diminuir e eliminar sentimentos negativos;
  • Reequilibram as energias, agindo assim na causa das doenças;
  • Os Florais de Bach funcionam muito bem como coadjuvantes no tratamento da ansiedade;
  • Bastam 4 gotas, 4 vezes ao dia. Os florais são econômicos e práticos.

 

Edward Bach como um pioneiro na medicina psicossomática

Edward Bach (1886 – 1931) é considerado o pioneiro da medicina psicossomática. Seu ensino é baseado no princípio de que todas as doenças físicas são baseadas em causas mentais, que podem ter um efeito preventivo positivo.

Bach estava convencido de que não os ingredientes da planta, mas suas “vibrações” e “energias” são boas para as pessoas.

 

florais de Bach

 

Edward Bach nasceu em Moselle, perto de Birmingham, em 1886. Estudou medicina em Birmingham e depois em Londres e, em 1913, após receber seu diploma, foi nomeado diretor do pronto-socorro do University College Hospital.

Como professor assistente no Departamento de Bacteriologia, ele descobriu a relação entre a flora bacteriana intestinal e as doenças crônicas.

Ele começou a fazer experiências com vacinas e doses, repetindo as injeções somente depois que os sintomas reapareceram. Usando esse método, ele obteve resultados de progresso muito bons em cada paciente individual, o que era muito melhor do que usar os métodos convencionais de tratamento da época.

Em 1917, foi operado a um tumor no baço e, segundo a previsão, não tinha mais de três meses de vida. Apesar disso, ele logo retornou ao seu laboratório e mergulhou completamente em suas pesquisas, enquanto sua saúde melhorava e o prognóstico se revelava incorreto.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Bach concordava com as teorias de Samuel Hahnemann

 

Em 1919, ele começou a trabalhar como patologista e bacteriologista na Clínica Homeopática em Londres e encontrou pela primeira vez as ideias de Samuel Hahnemann, o fundador da medicina homeopática.

 

florais de Bach

 

Bach concordava com a maioria das teorias de Genemann, que viam o paciente como o centro das atenções e não a doença, suas ideias sobre desequilíbrio intestinal, seu uso de plantas medicinais para tratar várias doenças e seu uso de produtos biológicos com base em material obtido do paciente a si mesmo (do que Bach já fez).

Ele começou a preparar suas próprias vacinas homeopáticas e administrá-las por via oral. Em cada paciente, ele determinou os tipos dominantes de bactérias e prescreveu o apropriado para o tratamento. Graças aos bons resultados, os florais de Bach se espalharam pela Inglaterra, Alemanha e América.

Ele então começou a prescrever medicamentos com base nas características comportamentais do paciente, dividindo-os em 12 estados emocionais:

  • Medo;
  • Horror;
  • Ansiedade, impaciência, angústia mental;
  • Indecisão;
  • Indiferença ou desejo intenso;
  • Dúvida ou decepção;
  • Ansiedade excessiva;
  • Fraqueza;
  • Baixa auto-estima;
  • Irritabilidade;
  • Entusiasmo excessivo irracional;
  • Orgulho ou tendência eremita.

Em 1928, Bach começou a usar flores em preparações homeopáticas e as prescreveu de acordo com a personalidade do paciente, com excelentes resultados.

Em 1936, ele escreveu 12 Healers and Other Medicines , onde todas as essências são descritas de forma simples e clara. Ele morreu no mesmo ano.

 

Conclusão

 

Os Florais de Bach foram desenvolvidos na década de 1930 como coadjuvante no reequilíbrio das emoções.

Até os dias de hoje esses compostos são aceitos pela OMS e amplamente utilizados a redor do mundo.

Além de serem naturais, os florais de Bach podem ser usados por qualquer pessoa e tratam a causa dos problemas de saúde à fundo.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes