Ventosaterapia combate a celulite e alivia dores: conheça o tratamento

A terapia tem bons resultados também em casos como contraturas, inchaço nas pernas, braços, pés, dores articulares e, também como auxiliar no tratamento da celulite

- Continue depois da Publicidade -

A ventosaterapia é um tratamento alternativo utilizado para aumentar a circulação sanguínea, que utiliza ventosas.

Com o auxílio do equipamento correto, é possível conseguir o efeito de vácuo, por meio da sucção da pele.

Isso ajuda a aumentar o diâmetro dos vasos sanguíneos no local, melhorando em muito a circulação no ponto de aplicação.

Com isso os tecidos se tornam mais bem oxigenados, o que ajuda a eliminar toxinas que se acumulam nos músculos e no sangue.

Além do uso terapêutico, para a diminuição de dores musculares, o tratamento também ajuda a reduzir a celulite.

- Continue depois da Publicidade -

Isso acontece porque o vácuo provoca uma diferença de pressão, que desloca a pele, aumentando a quantidade de sangue que passa pelo local.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre essa alternativa, continue lendo esse texto que está cheio de informações valiosas.

 

- Continue depois da Publicidade -

Principais benefícios da ventosaterapia

 

ventosaterapia

 

A ventosaterapia é um tipo de tratamento que possui uma série de efeitos positivos no organismo de maneira geral.

- Continue depois da Publicidade -

A sua principal aplicação é para a diminuição das dores nas costas, sobretudo aquelas provocadas pela tensão muscular.

Mas a terapia tem bons resultados também em casos como contraturas, inchaço nas pernas, braços, pés, dores articulares e, também como auxiliar no tratamento da celulite.

Isso tudo acontece porque a ventosaterapia tem como principais benefícios as seguintes questões:

  • Melhora da circulação sanguínea local;
  • Redução de contraturas musculares e pontos gatilho;
  • Deixa os vasos sanguíneos mais resistentes;
  • Estimula a produção de líquido sinovial dentro das articulações;
  • Ajuda a relaxar a musculatura;
  • Promove relaxamento mental.

Esse tipo de tratamento possui vários benefícios, mas é bom lembrar que o ideal é que seja aplicado por profissionais treinados, que sejam aptos a lidar com isso.

 

ventosaterapia

 

Se você quiser usar a ventosaterapia, deve procurar por um profissional qualificado, principalmente os formados em Medicina Tradicional Chinesa, o acupunturista e o fisioterapeuta especialista em acupuntura ou que tenha treinamento adequado.

Frequentemente a ventosaterapia é usada na Medicina Tradicional Chinesa, principalmente como complementar à acupuntura.

De acordo com os conhecimentos relacionados a essa técnica, a ventosaterapia visa reenergizar os meridianos, local por onde flui a energia vital Ki.

 

 

Como fazer a ventosaterapia?

 

ventosaterapia

 

Como já foi dito, a ventosaterapia deve ser aplicada por um profissional qualificado. Isso é essencial para a obtenção de bons resultados e para evitar lesões

Mas de qualquer maneira é importante que você conheça a forma como essa técnica é realizada.

Primeiramente é preciso expor a área e passar um creme ou óleo na pele para que as ventosas consigam deslizar.

Depois disso aplicam-se as ventosas. Há três maneias diferentes de se fazer isso:

  • Copo de silicone: é preciso pressionar o copinho de modo a esvaziá-lo. Então basta colocar na pele que modo que sugue a pele;
  • Copo de vidro: deve-se acender uma vela e deixar a chama dentro do copo. Depois colocar o copo em contato com a pele. Forma-se o vácuo conforme o oxigênio vi sendo consumido;
  • Ventosa eletrônica: para aplicar esse tipo é preciso posicionar a ventosa e então ligar o equipamento na tomada. O aparelho faz o vácuo;
  • Ventosa manual: é aplicada com o auxílio de um equipamento que remove o ar de dentro das ventosas, de modo que se forme o vácuo.

É comum que os terapeutas utilizem a ventosaterapia juntamente com outras técnicas, como a acupuntura, sangria, plantas medicinais e, também junto com água.

 

  • Confira também: Congelando gordura corporal: criolipólise é a nova Lipoaspiração?

 

Tempo de aplicação

 

Você também pode gostar!

ventosaterapia

 

Uma aplicação de ventosaterapia tem duração variada entre 5 e 15 minutos, dependendo do objetivo a ser alcançado.

No caso de dores crônicas, como nas costas, por exemplo, é comum que se façam várias sessões seguidas. Geralmente recomenda-se fazer a terapia uma vez por semana durante oito semanas seguidas.

Tenha em mente que comumente a ventosaterapia deixa algumas marcas na pele. O local pode ficar roxo e isso é normal.

No entanto, se surgirem bolhas na região em que foi feita a aplicação, é preciso interromper imediatamente o tratamento ou reduzir a pressão nas sessões seguintes.

 

  • Confira também: Spirulina e os 10 benefícios do superalimento que traz saúde e ajuda a emagrecer

 

Há contraindicações para o tratamento?

 

ventosaterapia

 

De maneira geral a ventosaterapia é bastante segura, mas é preciso seguir as recomendações de uso à risca e fazer um tratamento com profissional.

Além disso é preciso ter cuidado com pessoas que tenham os seguintes problemas de saúde:

  • Trombose, tromboflebite ou distúrbios hemorrágicos;
  • Varizes;
  • Feridas;
  • Febre;
  • Fratura no local a ser tratado.

A ventosaterapia também não é recomendada para mulheres grávidas, a não ser que exista recomendação médica para o uso da técnica.

Além disso, há situações em que se deve ter maior cuidado com a aplicação da técnica. Isso acontece em pacientes com pressão alta, após a prática de atividade física e, aplicação em regiões onde haja pouca musculatura.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Conheça o tratamento e o que acontece

 

ventosaterapia

 

Na ventosaterapia geralmente são colocadas entre 1 e 3 ventosas em um local afetado. O profissional deve realizar movimentos com as ventosas durante a sessão.

É possível obter bons resultados ao usar a ventosaterapia para dores musculares e para a diminuição da celulite.

Mas geralmente é preciso conciliar essa com outras técnicas para potencializar os efeitos. Além disso, os resultados aparecem a longo prazo, de modo que você deve realizar várias sessões, durante algumas semanas seguidas.

 

  • Depois veja também: Jabuticaba: um antioxidante natural e low carb recheado de vitaminas!

 

Dica para reduzir as marcas da ventosaterapia

 

ventosaterapia

 

Como já foi dito anteriormente, é comum que apareçam manchas escuras na região de aplicação das ventosas, principalmente se aplicar vácuo em excesso.

Com isso é comum que algumas pessoas sintam desconforto local por aproximadamente 5 dias. E o aparecimento de manchas acontece de qualquer maneira após o tratamento.

Para diminuir isso, é ideal a movimentação constante da ventosa. Ou seja, não se deve deixar ela parada em um só local por um longo período de tempo.

Além disso, depois da ventosaterapia recomenda-se que a pessoa tome um banho morno e massageie a área afetada com óleo de rosa mosqueta. Isso ajuda a aliviar o incômodo e diminuir a intensidade das manchas.

 

Conclusão

 

A ventosaterapia é excelente para amenizar dores musculares, relaxar o corpo, a mente e, também para diminuir a celulite.

Os efeitos da terapia a longo prazo são ótimos, mas é preciso aplicar a técnica corretamente para evitar prejuízos.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes