Óleo de babosa: conheça os principais usos e benefícios

O óleo de babosa proporciona uma excelente hidratação da pele, além de ter ação antibacteriana, antifúngica, hidratante, calmante e anti-inflamatória

- Continue depois da Publicidade -

O óleo de babosa é obtido a partir de uma planta medicinal que pode ser chamada de babosa, aloe vera, caraguatá, erva babosa, entre outros.

Devido às suas propriedades, usa-se  a planta em tratamentos de beleza voltados para a saúde da pele e dos cabelos.

O óleo de babosa proporciona uma excelente hidratação da pele, além de ter ação antibacteriana, antifúngica, hidratante, calmante e anti-inflamatória.

Assim, a planta é conhecida pela sua utilidade medicinal no tratamento de queimaduras e cicatrização de feridas.

O óleo de babosa é realmente incrível. Então continue a leitura desse texto para saber mais sobre as suas propriedades.

 

 

- Continue depois da Publicidade -

Conheça mais sobre a planta de onde é extraído o óleo de babosa

 

 

Aloe vera é uma espécie vegetal que possui caule curto, que pode crescer até atingir altura máxima de dois metros. A sua multiplicação acontece por brotamento.

- Continue depois da Publicidade -

O óleo de babosa é um líquido extraído da planta de coloração verde claro, que possui folhas grossas e espinhosas, semelhante a um cacto.

Ela é muito disseminada ao redor de todo o planeta e, vem sendo muito usada há séculos graças às suas propriedades medicinais.

 

 

óleo de babosa
Óleo de babosa. Fonte: Freepik

 

 

- Continue depois da Publicidade -

Essa é uma espécie vegetal perene, que se adapta bem a qualquer ambiente e, que é capaz de se desenvolver muito bem em locais quentes e áridos.

Originalmente, a espécie é proveniente de áreas como o norte da África, Ilhas Canárias, região mediterrânea e Austrália. Também observa-se a planta em várias regiões dos Estados Unidos.

Inclusive existem diversos registros históricos que demonstram que a babosa já foi muito utilizada na medicina tradicional em várias regiões.

Isso porque reconhece-se as suas propriedades medicinais há séculos. Provavelmente, as rainhas Nefertiti e Cleópatra já utilizavam a planta no Egito Antigo.

Na época ela era referida como sendo a “planta da imortalidade”. Comprova-se também que a Ebers Papyrus do antigo Egito e a “De Materia Medica” da Dioscórides já mencionavam as propriedades do uso da babosa.

Os povos egípcios utilizavam a planta no tratamento de problemas como infecções, queimaduras, erupções de pele, entre outros problemas.

 

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto em seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

Árabes e gregos usavam a planta

 

 

Árabes e gregos também faziam uso da planta, mas nesse caso, com o intuito de reduzir os odores corporais e a transpiração excessiva.

Missionários espanhóis também tinham o hábito de carregar um pouco de babosa sempre junto de si, para o tratamento de saúde de doentes.

Ainda hoje usa-se a planta na manutenção da saúde e bem estar em peles sensíveis, bem como para o tratamento de queimaduras solares.

Os princípios ativos responsáveis por esses benefícios citados, localizam-se sobretudo nas folhas de aloe vera, mais especificamente no gel localizado no interior da planta.

É justamente dessa parte que extrai-se o óleo de babosa, que usa-se também em tratamentos estéticos, para a saúde de cabelos e pele.

 

 

O que é óleo de babosa?

 

 

óleo de babosa
Aloe Vera. Fonte: Freepik

 

 

Apesar de se chamar óleo de babosa e ter propriedades medicinais, esse não é um óleo vegetal puro, como outros encontrados no mercado.

Na verdade, obtém-se a partir da mistura entre a parte gelatinosa da planta da aloe vera e um óleo graxo.

Dessa forma, o óleo vegetal obtido é capaz de proporcionar as propriedades observadas na planta a partir da qual ele é retirado.

Entretanto, salienta-se que dependendo das concentrações, é possível obter uma mistura mais ou menos potente.

De qualquer maneira, o óleo de babosa pode ser descrito como sendo uma substância líquida, relativamente viscosa e translúcida, obtida a partir de cristais do vegetal.

Devido à consistência suave e compacta desses cristais, utiliza-se geralmente na sua forma de gel. No entanto, a consistência permite o uso de várias formas.

Com propriedades importantes que contribuem para a saúde da pele e dos cabelos, o óleo de babosa é muito usado em uma grande quantidade de produtos cosméticos.

Além disso, os princípios ativos são bastante utilizados em diversos medicamentos contra várias doenças.

Se você der uma olhada nos ingredientes dos principais produtos cosméticos, vai perceber que a aloe vera está presente em muitos itens como loções para a pele, shampoos, condicionadores, pastas de dentes, entre outros.

Também é possível encontrá-lo em lojas de produtos naturais e usado diretamente na pele e nos cabelos.

 

 

  • Veja também: Calmante natural: opções para reduzir a ansiedade e o estresse

 

 

Principais usos do óleo de babosa

 

 

A babosa é uma planta altamente versátil que é amplamente utilizada na indústria de cosméticos, alimentos e também de bebidas.

Mas sem dúvidas os produtos de cuidados pessoais lideram a lista dos que carregam esse ingrediente na sua composição.

Mas veja a seguir algumas aplicações bem legais do óleo de babosa:

  • Óleo de massagem: os seus compostos auxiliam na diminuição de dores localizadas e na redução de inflamações de maneira geral;
  • Aromaterapia: o óleo de babosa pode ser associado a outros para se obter resultados curativos e efeitos rejuvenescedores;
  • Cuidados com os cabelos: sobretudo quando presentes em máscaras e condicionadores, a aloe vera ajuda a dar mais vida aos fios e, também trata o couro cabeludo ressecado e com caspas;
  • Alívio dos sintomas de picadas de insetos: o óleo de babosa é muito utilizado no tratamento de inflamações e inchaço ocasionados por picadas de vespas e abelhas;
  • Cuidados com os dentes: os componentes da aloe vera são altamente eficientes contra problemas dentários em geral. O óleo podes ser usado para massagear dentes, reduzindo cáries e gengivite;
  • Tratamento de pele: a aloe vera ajuda a hidratar a pele e diminuir incômodos ocasionados por inflamações locais de vários tipos. Por isso é comumente encontrada em cremes, loções e pomadas em geral.

 

 

Quais são os benefícios do óleo de babosa?

 

 

óleo de babosa
Creme de babosa. Fonte: Freepik

 

 

A babosa é uma espécie vegetal rica em minerais, vitaminas, enzimas e aminoácidos importantes para o organismo.

Por isso, utiliza-se o óleo de babosa para melhorar a condição da pele, tratar cicatrizes e melhorar a nutrição dos fios de cabelo, por exemplo.

Devido a isso, esse é o ingrediente mais importante em diversos produtos cosméticos. Além disso, usa-se também como anti-inflamatório, estando presente em diversos medicamentos usados contra a tosse, alergias, resfriados, eczemas e acne.

As propriedades mais importantes do óleo de babosa são as seguintes:

  • anti-inflamatórias;
  • antibacterianas;
  • antivirais;
  • antifúngicas;
  • antioxidantes;
  • adstringentes.

 

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Benefícios para os cabelos

 

 

Usa-se o óleo de babosa com muita frequência em produtos para os cabelos, como shampoos, cremes e máscaras, por exemplo.

A hidratação, cuidados e o fortalecimento dos fios são os principais benefícios do uso desse composto com essa finalidade.

Assim, devido a enorme quantidade de nutrientes encontrados no óleo de babosa, os fios recebem a nutrição de que necessitam para se tornarem mais saudáveis, brilhantes e fortes.

Com isso, quando usado nos cabelos, o óleo de babosa ajuda a prevenir quedas, proporciona crescimento mais rápido e também fortalece as fibras capilares.

 

 

 

 

O óleo de babosa e o combate às estrias

 

 

babosa
Cápsulas de babosa. Fonte: Freepik

 

 

O óleo de babosa é um poderoso regenerador e hidratante da pele, além de ter altas quantidades de vitamina E, que contribui para a saúde do corpo.

Dessa forma, a utilização do óleo de babosa na pele com frequência, ajuda a melhorar o aspecto da pele, evitando o ressecamento e prevenindo o aparecimento de estrias.

Além disso, a babosa possui componentes que ajudam a diminuir uma série de problemas de pele, como dermatites, urticária, eczema e psoríase.

O uso como tratamento cosmético também é frequente, sobretudo porque o uso do óleo regularmente ajuda a manter os níveis elevados de colágeno, contribuindo assim com a boa elasticidade da pele.

Com isso, é possível minimizar problemas como flacidez, marcas de expressão, manchas, entre outros.

 

 

Contribui para a cicatrização

 

 

O óleo de babosa contribui para diminuir as marcas de pele, incluindo cicatrizes já presentes há muito tempo.

Além disso, os componentes auxiliam na cicatrização e regeneração de tecidos no caso de problemas mais recentes.

Isso se deve ao fato de que a babosa possui altas quantidades de vitaminas, minerais, antioxidantes e outras substâncias responsáveis por melhorarem a cicatrização da pele.

 

 

  • Confira também: Cactínea: planta que reduz o inchaço e ajuda a emagrecer

 

 

Aprenda a fazer o óleo de babosa

 

 

O óleo de babosa possui propriedades medicinais muito importantes e, por isso pode ser que você esteja pensando em utilizá-lo na pele ou nos cabelos.

Atualmente é possível encontrar esse ingrediente em farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais. Mas se você preferir, pode preparar o óleo cuidadosamente em casa.

Obtém-se o óleo de babosa pela extração e maceração e, deve-se embeber a planta em um outro tipo de óleo quente.

Isso é feito para que as membranas das células do vegetal se rompam, liberando então as principais substâncias que contribuem com a saúde de pele e cabelos.

Feito isso, é preciso também que a mistura passe pelo processo de filtração, que tem como intuito remover a parte que não serve mais.

Como já foi dito, obtém-se o óleo de babosa a partir do gel que encontra-se dentro das folhas da planta e, por isso não é puro.

Mas o óleo de babosa é mais prático de usar do que o gel comum, assim, pode-se consumir dentro de um prazo de até oito meses.

 

 

Passo a passo de óleo de babosa

 

 

Se você quer ter esse produto tão especial e deseja prepara-lo em casa, você vai precisar de:

  • ½ xícara de gel de babosa;
  • ½ xícara de óleo de coco;
  • 2 a 3 gotas de óleo essencial de sua preferência;
  • 1 tigela;
  • 1 panela;
  • Fogão onde possa aquecer a mistura.

Com todos os ingredientes e utensílios em mãos, você deverá seguir os seguintes passos para obter o óleo de babosa:

  1. Primeiramente, faça a mistura entre o gel de babosa e o óleo de coco, usando quantidades iguais de ambos;
  2. Coloque entre duas e três gotas de óleo essencial que você preferir para deixar o óleo com um resultado ainda melhor. Use óleo de rosa, jasmim, hortelã ou algum que seja cítrico, pois esses combinam com a aloe vera;
  3. Leve a mistura ao fogo dentro de uma panela e mexa por aproximadamente 10 minutos;
  4. Feito isso, espere que o óleo se resfrie antes de continuar;
  5. Após a mistura estar fria, você pode transferir para um recipiente, preferencialmente de vidro e, então utilizá-lo durante até oito meses.

 

 

Como o óleo de babosa age para melhorar a pele e o cabelo?

 

 

óleo de babosa
Planta Aloe Vera. Fonte: Freepik

 

 

Assim como já foi dito, o óleo de babosa contém, todos os nutrientes presentes no próprio gel e, por isso, apresenta propriedades semelhantes.

O uso é extremamente seguro porque o preparo dele é feito a partir de ingredientes naturais. Você pode usar o óleo como hidratante para a pele, para os cabelos ou na forma de óleo para massagem.

Quando usado após o banho, os benefícios são ainda melhores, pois a pele úmida absorve melhor o óleo.

Você também pode adicionar o óleo aos seus produtos cosméticos de uso diário, como shampoos, condicionadores, cremes, entre outros.

Apesar de o uso do óleo de babosa ser bastante seguro, recomenda-se que ele seja feito de forma cuidadosa e, preferencialmente com as indicações de um profissional de saúde capacitado.

 

 

  • Veja também: Folha de manga: benefícios que você não vai acreditar

 

 

Existem contraindicações do uso do óleo de babosa?

 

 

O uso do óleo de babosa é muito seguro, desde que ele seja sempre externo, evitando-se o contato da substância com os olhos e mucosas corporais.

Assim, não deve-se ingerir o óleo a não ser que haja a recomendação de um profissional de saúde e que esse seja veiculado de uma maneira segura.

Ademais, para pele e cabelos, deve-se assegurar de que obteve-se o óleo utilizado de fontes seguras.

Quando comprado, dê uma olhada na formulação, para ter a certeza de que o produto não contém nenhum ingrediente nocivo.

Para gestantes, mulheres que amamentam, crianças e idosos, recomenda-se procurar um profissional de saúde.

 

 

Conclusão

 

 

O óleo de babosa possui propriedades medicinais muito importantes e vem sendo usado há séculos em tratamentos estéticos e de saúde.

O seu uso é seguro e os resultados são muito bons, mas recomenda-se que você busque por orientações de um profissional de saúde que te oriente sobre a aplicação do óleo.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes