Muito se ouve falar sobre simpatias ou rituais com velas. Aliás, diversos cultos religiosos são adeptos desse costume. As pessoas acendem velas em igrejas ou em giras de religiões de matriz africana, por exemplo. E a maior razão é a ligação mística com o fogo, um dos quatro elementos da natureza.

Entretanto, na hora de usar velas, a cor escolhida é muito importante. Principalmente se o rito for ligado à Umbanda ou Candomblé, já que cada orixá está ligado a uma cor. Sendo assim, confira mais sobre o assunto e consulte a tabela com o significado de cada tonalidade no final do texto.

Qual significado de acender velas?

rituais_com_velas
Fonte: Pixabay

Rituais com velas variam de acordo com a crença de cada pessoa, assim como o significado de acendê-las. Entretanto, a premissa é muito parecida: o fogo possui grande poder por ser um elemento da natureza que traz luz e representa a vida espiritual.

Além disso, o fogo significa transmutação, o que dá força às nossas orações e intenções. Dessa forma, também é utilizado nos bolos de aniversário, na hora em que o aniversariante faz um desejo.

Rituais com vela branca para proteção

rituais_com_velas
Fonte: Pixabay

Esse ritual para proteção é extremamente simples e não é nada mais do que firmar uma vela para o seu anjo da guarda. Você pode fazer isso toda semana, às segundas-feiras, usando uma vela de sete dias branca e tendo muita firmeza e fé em seu pensamento e em suas orações. Além disso, você pode realizar um banho de ervas logo depois.

Materiais:

  • 1 vela de sete dias branca;
  • Copo com água.

Modo de Preparo:

  1. Para começar, acenda a vela de 7 dias dentro de casa e coloque em um lugar alto;
  2. Em seguida, coloque um copo com água do lado da vela e faça uma oração para o seu anjo da guarda, pedindo por proteção;
  3. Por fim, após os 7 dias, repita o processo e jogue a água fora, se possível, em um vaso ou na grama.

Oração para o anjo da guarda

Meu companheiro de todas as horas; amigo de todos os momentos, tanto os de alegria como os de sofrimento; guia meus passos, meus pensamentos e minhas ações; cria em redor de mim um círculo de defesa contra os fluídos, influências ou interferências que possam afetar-me o corpo ou a mente; ajudando-me também estarás te ajudando, num intercâmbio de amor, de paz e de compreensão; sê o meu porta-voz diante de outro espíritos superiores, médicos ou cientistas; professores ou sacerdotes; guias ou amigos para que me dirijam na solução dos meus problemas físico-espirituais.

Agradeço-te sinceramente toda a assistência que me prestaste, toda orientação que imprimiste à minha vida, socorrendo-me nas horas aflitivas, consolando-me nas épocas de amarguras e sugerindo-me a prática do amor e da caridade. Que Deus te dê mais luz, força e poder como recompensa pelo esforço, dedicação e afeto que demonstras no cumprimento de tão importante missão.

Amém!

Velas na Umbanda

rituais com velas
Fonte: Pixabay

A chama da vela representa uma grande fonte de energia, então, quando ela é acesa em qualquer religião, uma grande ligação com o plano espiritual é feita. E não é diferente na Umbanda, em que a as velas são instrumentos indispensáveis nos centros religiosos.

Além do poder do fogo, cada orixá está ligado à uma cor de vela. Desse modo, quando os adeptos da religião querem agradecer ou começar uma gira, eles usam cores específicas.

Ademais, na Umbanda são utilizadas velas bicolores e tricolores, como a metade preta e metade vermelha que representa as entidades de esquerda e a metade branca e metade vermelha que é de Ogum (São Jorge no sincretismo).

Essas velas só devem ser utilizadas por quem acredita em seu significado e, principalmente, compreende a religião, que não está ligada à maldade ou a magias contra o livre-arbítrio do outro.

Significado das cores das velas

rituais com velas coloridas
Fonte: Pixabay

Confira o que cada cor de cada vela significa e faça a melhor escolha na hora de fazer seus pedidos:

  • Branca: rituais com velas brancas são para pedir proteção e firmar o anjo da guarda. Elas sempre devem ser acesas em lugares altos e podem ficar dentro de casa;
  • Preta: essa cor serve para limpezas energéticas ou para magias de banimento, sempre sendo acesas no chão e fora de casa;
  • Rosa: usada para pedir amor verdadeiro e harmonia dentro de casa. Ela também pode ser acesa em momentos de autocuidado;
  • Vermelha: essa cor trabalha a paixão e a energia;
  • Verde: rituais com velas verdes são para pedir cura e saúde;
  • Amarela: além de ter ligação com Oxum na Umbanda, a cor serve para pedidos de prosperidade material;
  • Azul: a cor azul na decoração é utilizada para promover tranquilidade no lar, e acender uma vela dessa tonalidade possui a mesma finalidade, além de ser ligada a Iemanjá;
  • Laranja: a vela de cor laranja trabalha a energia vital e proporciona prosperidade;
  • Roxa: essa é a melhor cor na hora de pedir por mudanças e trabalhar a intuição;
  • Marrom: por ser uma cor ligada à terra, rituais com velas marrons são bons para pedir coisas materiais.

Conclusão

Ademais, rituais com velas são comuns em mesquitas, igrejas, centros religiosos e dentro da casa de diversas pessoas. Dessa forma, além de trazerem luz ou charme para o local, elas têm o poder de criar uma forte ligação com os nossos desejos e orações.

Por fim, além das velas curativas com óleos essenciais ou as decorativas, as velas de 7 dias ou palito podem ser usadas no dia a dia.

Salve a tabela de significado de cores com você e sempre confira a fase da lua em que estamos. Afinal, é possível pedir a proteção sempre, mas para prosperidade e amor devemos evitar a lua minguante.

  • Enfim, confira mais sobre Sol em Gêmeos: o que significa e como aproveitar essa energia