Crochê para vender – Ideias e receitas para lucrar com artesanato

O crochê é uma tendência cada vez mais em alta, seja nas roupas, acessórios ou na decoração, as peças feitas com a técnica encantam e atraem muitos consumidores. Fazer crochê para vender é algo que muitos artesãos já sonharam, ainda mais nesse período! Então aproveite as dicas e receitas desse post para começar a criar o seu sonho agora mesmo.

15.167

- Continue depois da Publicidade -

Fazer crochê para vender é algo que muitos artesãos já sonharam, não é mesmo? Então aproveite as dicas e receitas desse post para começar a criar o seu sonho agora mesmo. Reunimos uma seleção de ideias cheias de estilo, que ajudarão a agregar ainda mais valor ao seu produto.

E se você não sabe como vender ou precificar o seu crochê, não se preocupe, também trouxemos dicas imperdíveis e uma planilha exclusiva para ajudar.

Trabalhos artesanais estão super em alta há alguns anos, como podemos perceber em Crochê – Tendências e permanecerão fortes. Aqui no Fashion Bubbles já fizemos especial de sapatos de crochê, blusas de tricô, bolsas de crochê, vestido de crochê , saias de crochê , decoração de crochê e até máscara de crochê!

Tem ainda artigos para iniciantes com crochê fácil e tricô fácil,com aulas e passo a passo, além peças fáceis de fazer. E um super especial de Crochê de Natal.

1 – Ideias de crochê para vender rapidamente

croche para vender 16
Guirlanda em amigurumi ( bichos e formas feitas de crochê) , inspiração delicada em crochet.

Em primeiro lugar, lembramos que o crochet é uma tendência cada vez mais em alta. Seja nas roupas, acessórios ou na decoração, as peças feitas com a técnica encantam e atraem muitos consumidores.

Com o propósito de ajudá-lo a aproveitar essa onda, seguem algumas ideias fáceis de fazer e de vender, que certamente serão um sucesso, como o amigurumi!

O que é amigurumi?

Trata-se de bicho de pelúcia feito de crochê.  É uma técnica japonesa para criar pequenos bonecos feitos de crochê ou tricô, fizemos um especial de amigurumi para iniciantes.

Segundo o site Artesanato Ideia On-line, um fato curioso é que o amigurumi já fazia parte da cultura japonesa, porém ganhou força na década de 80 com o surgimento da personagem Hello Kitty.

A personagem ganhou uma versão amigurumi e logo se tornou febre no Japão, o que deu muita popularidade para a técnica impulsionando o mercado com novos personagens e bichinhos fofos, que agora ganha força também por aqui, o que pode trazer muitas oportunidades de ganho.

Guirlandas em crochet

Seja para porta de maternidade ou para decorar a casa, as guirlandas em crochê são peças simples para criar e vender.

 

Amigurumi para porta de maternidade – Passo a passo

croche para vender 2
Para começar, uma guirlanda fofa em amigurumi com tutorial para vender.

 

 

No vídeo anterior, você aprendeu o passo a passo básico para começar. Além dele, busque inspirações pela internet e deixe a criatividade fluir.

  • Já conhece nosso Instagram? Fique por dentro da Moda, das novidades e tendências, siga a gente no @fashionbubblesoficial.

croche para vender 2
Mais uma ideia fofa de guirlanda personalizada para a porta de maternidade feita em crochê.
croche para vender 3
Inspiração de crochê para vender, as guirlandas lindas personalizadas  com o nome do bebê estão com tudo.
Que tal esse enfeite de parede em forma de arco-íris? Clique para receita (em inglês).

Se você gostou da ideia do arco-íris, na sequência tem mais um passo a passo incrível com o mesmo tema, assista:

PATTERN: GUIRLANDA DE PORTA DE MATERNIDADE PARA BEBÊ [arco-íris]

MATERIAL:

  • Fio amigurumi da círculo (cores variadas)
  • Agulha de crochê n° 2 ou 2,5
  • Agulha tapeçaria
  • Fibra siliconada antialérgica
  • Tesoura Alfinetes
  • Marcador de pontos

Modo de fazer:

Primeiramente, assista o passo a passo e anote todas as dicas no vídeo apresentado anteriormente, criado pelo canal Make Amigurumi.

 Sousplat e porta copos em crochet

Em segundo lugar, os queridinhos do Instagram. Tanto os sousplat quanto os porta copos são indispensáveis para quem adora uma mesa posta.

É por isso que eles fazem tanto sucesso. E, sendo assim, você pode aproveitar essa tendência para montar kits lindos em crochê para vender.

Para começar, um trabalho incrível da Carine Strieder. Confira na sequência as dicas e o passo a passo para esses descansos de panela (que podem ser usados como sousplat).

No canal da Círculo, você encontra essa e muitas outras receitas de peças em crochet para vender.

No entanto, se você prefere peças mais sofisticadas, vai amar o sousplat Violeta, criado pela  Ednéia Sinatra. Isso porque ele possui um formato mais elegante, que promete fazer sucesso à mesa.

Outra ideia excelente para quem quer ganhar dinheiro com crochê é ficar sempre de olho nas tendências e incorporá-las aos produtos. É o caso desse kit de maxi sousplat em tons pastel, criados pela professora Simone.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Além da qualidade incrível, o mix de cores suaves faz toda a diferença. Aprenda a fazer o seu no vídeo abaixo:

 

Leia mais:

Crochê fácil – Guia completo com 10 tutoriais e dicas para iniciantes na #quarentena

Bolsas de Crochê – 25 modelos, tendências, gráficos e passo a passo para fazer em casa

Decoração em Crochê – Gráficos, receitas e ideias modernas para atualizar a sua casa

croche para vender 12
Porta copos em formato de gatinho! Um mimo que vai fazer muito sucesso.

No vídeo acima, você aprende a fazer o crochet anterior, que é uma fofura.

croche para vender 11
Além do formato de gatinho, vale também fazer o crochê inspirado em frutas. Esse tipo de delicadeza ajuda a agregar valor ao produto.

 

Para fazer os porta-copos em crochê, basta seguir as dicas da artesã Maura de Abreu no vídeo acima.

Além dessas ideias, vá além. O Pinterest, por exemplo, está cheio de inspirações fofas para quem ama crochet.

croche para vender 7
Inspiração: porta-copos de crochê em formato de cactus. Faça um degradê de tons para ficar mais bacana.
croche para vender 10
Na sequência, mais uma ideia fofa de porta copos de crochet, inspirada em donuts!
croche para vender 9
Porém, se você ainda não é uma expert no artesanato, não se preocupe. Até mesmo os pontos mais básicos rendem produtos lindos.
Nesse caso, basta fazer crochê com formas geométricas simples e caprichar na paleta de cores.

2 – Como vender meus trabalhos de crochê?

 

Empreender com crochê é uma excelente ideia para quem quer ganhar um dinheiro extra em casa. Nesse período, a melhor maneira para vender artesanatos é online. Se possível, vale criar um e-commerce simples ou utilizar plataformas já existentes, como Shopify ou, ainda, a ferramenta de vendas do Facebook.

Entre as melhores opções para vender seu crochet, estão plataformas especializadas em trabalhos artesanais como o Elo 7,  o maior e mais completo site de produtos criativos e autorais do Brasil.

O Elo 7 é uma grande vitrine que atrai milhões de visitantes, colocando as facilidades de milhares de itens exclusivos e personalizados para vestir, decorar ou comemorar.

O Instagram é outra ferramenta gratuita que  pode servir como uma ótima plataforma para encontrar consumidores, além de uma vitrine de divulgação.

Basta, para isso, tirar fotos bonitas do seu produto e criar uma página. Clique aqui e confira um especial do Sebrae SC que ensina muitas dicas úteis para quem quer vender crochê no Instagram.

A plataforma também tem opção de impulsionar sua publicação pagando um valor baixo para a rede, que te dá alternativa de escolher todos os critérios do anúncio, como interesses do perfil (se ele pesquisou por crochê, decoração ou presentes personalizados , por exemplo), idade, região e uma infinidade de outros critérios, fazendo com que seu anúncio alcance o público certo, com maior probabilidade de comprar seu produto.

você pode ainda, com parcimônia, divulgar suas peças pelo WhatsApp. Mas, atenção: não vai exagerar para não se tornar “chata”.

Só para exemplificar, essas são algumas formas de vender e divulgar seus trabalhos artesanais, garantindo renda extra, ou até passando a viver deles!

3 – Quanto cobrar no crochê?

Na sequência, outra dúvida comum para os artesãos. Isso porque não basta cobrar apenas pelo material, é preciso incluir também a sua mão de obra e outros custos variáveis.

Então, para solucionar esse problema de forma fácil, assista o vídeo do canal Artesanatos Sem Mistérios e utilize a planilha gratuita disponível para download clicando aqui.

 

Em seguida, comentaremos alguns itens essenciais para precificar corretamente seu artesanato em crochê em 3 passos:

1. Como descobrir o valor da sua hora?

É muito simples. Para chegar a esse valor, primeiro você precisa definir quanto quer ganhar por mês (salário) e depois dividir pelo número de horas que irá trabalhar. Se pretende ganhar R$ 1.500 por mês, trabalhando 30 horas por semana (120 horas/mês), o seu custo por hora é de 1.500 divido por 120, ou seja, R$ 12,50 / hora.

2. Inclua todos os custos de material

Na sequência, lembre-se de incluir tudo o que você gastou em material. Aqui vale o novelo de lã e também a embalagem, etiqueta, etc.

3. Não esqueça dos custos fixos

Por fim, uma etapa importantíssima. Se você quer viver de artesanato, precisa lembrar de incluir no seu preço os custos fixos como luz, aluguel, internet e plano de saúde, caso possua.

No site Crochê, você encontra um ótimo modelo de planilha com boas dicas! Aqui também.

Agora sim, você está pronto para faturar com seu crochê!!! Conte para nós como está sendo seu processo e quais as maiores dificuldades.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

- Continue depois da Publicidade -