Planta natural, preservada e permanente: diferenças e fotos

Após saber qual a diferença, veja uma série de fotos com diferentes tipos de plantas para saber diferenciá-las

- Continue depois da Publicidade -

Qual o melhor tipo de planta para decorar a sala de estar? E a cozinha, a varanda e o quarto? São tantas opções e espécies que as vezes é difícil escolher entre planta natural, preservada e permanente.

Na verdade, o que irá pautar essa escolha são apenas dois fatores: recursos financeiros e tempo de cuidado. Porém, para isso é preciso conhecer esses três tipos.

Por isso, fizemos este especial falando sobre cada uma delas, suas diferenças e semelhanças. Além disso, são várias fotos para que você possa comparar.

No final, com certeza você já terá sua escolha pronta. Então, boa leitura!

 

Qual a diferença entre planta natural, preservada e permanente?

 

- Continue depois da Publicidade -

A planta natural todos já sabemos como é. São as plantas vivas que precisam de cuidados para se manterem lindas e são, em sua maioria, utilizadas na decoração da área externa por precisar de sol e água para viver.

Por outro lado, a planta preservada é quando a planta viva passa por um processo químico no qual a deixa preservada. Assim, não é preciso nenhum cuidado pois ela não crescerá mais e ficará com as mesmas características da planta natural.

- Continue depois da Publicidade -

Por fim, a planta permanente são as famosas artificiais. Feitas de plástico ou borracha, elas são cópias de plantas naturais. Desta forma, também não precisam de cuidados. Mas, vale destacar que a textura será diferente.

Se ainda ficou alguma dúvida sobre algumas delas, não se preocupe. Vamos falar sobre elas de forma separada.

 

 

- Continue depois da Publicidade -

Planta natural

 

Sala com canto decorado com plantas.
Fonte: Pinterest

 

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

Para quem gosta do perfume do campo e adora ver uma vida nascer sob os próprios cuidados, a planta natural é a melhor opção.

Elas são 100% do que a natureza nos oferece. Por isso, são delicadas e precisam de cuidados, muitas vezes diários, para sobreviverem.

Além disso, costuma ser sazonal. Ou seja, ela fica ainda mais bonita em determinada época do ano. Esta é uma das principais diferenças quando comparada à planta preservada. Afinal, esta última permanece estática em todas as estações.

 

 

Vantagens da planta natural

 

Sala com poltrona e apoio para os pés amarelos.
Fonte: Pinterest

 

Esse presente da mãe natureza oferece não somente beleza e perfume, mas outras diversas vantagens. Por isso, listamos as principais:

  • Umidificam o ar
  • Purificam o ar
  • Algumas podem ser utilizadas na produção de chás
  • Filtram as energias negativas do ambiente
  • Pode minimizar alergias
  • Transmitir a sensação de relaxamento

Porém, por precisarem de bastante cuidado, é preciso colocá-la em um espaço que bata sol pelo menos durante um período do dia. Então, não há lugar melhor para abrigá-las do que no quintal, na varanda ou no jardim externo.

 

 

Planta Preservada

 

Varanda com mesa de madeira e jardim.
Fonte: Pinterest

 

Se você quer uma decoração com plantas naturais mas não tem tempo nem espaço para cultivá-las em casa, a melhor opção para transformar seu espaço é a planta preservada.

Basicamente, ela é uma planta natural que passa por um tratamento químico no qual a deixa bonita de forma permanente.

Esse procedimento envolve a desidratação da planta e, em seguida, a adição de produtos químicos. Por isso, a planta consegue manter a mesma textura, movimento e formato.

Ou seja, elas substituem as plantas vivas por algo que não precisará de luz ou água mas que irá proporcionar a mesma beleza no espaço.

 

 

Vantagens da planta preservada

 

Arranjo de planta preservada.
Fonte: Pinterest

 

Por não ser uma planta natural ou viva, ela reduz todo o trabalho necessário para mantê-la viva. Assim, separamos uma lista de todas as vantagens de adicionar uma planta preservada na decoração:

  • Não precisa ser regada
  • É livre de pragas
  • Não precisa podar
  • Não precisa de luz natural
  • É resistente a diferentes temperaturas

Como resultado, é a opção perfeita para escritório, hotel, empresa e outros lugares que ficam fechado e possuem ar-condicionado.

 

 

Planta permanente

 

Jardim artificial de suculentas.
Fonte: Pinterest

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Se você não tem tempo para cuidar de plantas naturais mas não abre mão do espaço verde dentro de casa e quer economizar na decoração, a planta permanente é a melhor opção.

Empresas estão cada vez mais próximas de um design que pareça ainda mais com a planta natural. Por isso, são ótimas opções para ter um toque colorido dentre de casa com aparência vistosa e sempre bonita.

Por serem artificiais, são feitas de borracha, plástico ou silicone. Porém, a aparência da planta permanente também oferece a sensação de bem-estar a quem frequenta o espaço decorado.

 

 

Vantagens da planta permanente

 

Várias espécies de planta permanente.
Fonte: Pinterest

 

É impossível ir a uma loja de 1,99 e não encontrar nenhuma opção de planta artificial. Por isso, esta é uma das principais vantagens, além de não precisar de cuidados. Mas, você sabia que ela é muito mais do que isso?

Como resultado, fizemos uma lista das vantagens de ter uma planta permanente na decoração:

  • Não precisa de luz natural
  • Não precisa ser regada
  • Sempre estará com a mesma aparência
  • Não precisa de adubo
  • Tem alta durabilidade
  • Preço acessível

Sendo assim, é perfeita para decorar qualquer cômodo da casa, seja interno ou externo. Basta usar a criatividade e construir uma área verde.

 

Fotos de plantas naturais, preservadas e permanentes

 

Por fim, separamos algumas fotos desses diferentes tipos de planta para você tentar adivinhar quais são. Mas, atenção! A resposta estará logo abaixo da foto. Então, dê seu palpite antes de rolar a página para baixo, combinado?

 

Hall de entrada com móveis rústicos.
Fonte: Pinterest

 

Este lindo canto verde é formado por plantas naturais! O tom sobre tom das folhagens com a parede trouxe textura e vivacidade ao ambiente. Além disso, veja ainda a cor do ano 2022 de acordo com a Suvinil.

 

Decoração de sala de estar com quadro e planta.
Fonte: Pinterest

 

Aposto que você chutou que a planta acima era natural. Porém, é uma planta preservada. A condição um pouco maior do que a altura da sala de estar reforça ainda mais a sensação de uma planta natural.

 

Mesinha com três andares e rodinhas.
Fonte: Pinterest

 

Se você estava esperando uma planta super “de mentira” para sugerir que fosse permanente, está muito enganada! Este jardim móvel possui apenas plantas artificiais.

 

Poltrona de palha na varanda.
Fonte: Pinterest

 

As folhagens naturais tornaram essa varanda um local ainda mais aconchegante, não é mesmo?

 

Varanda planejada com sofá cinza.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquitetura

 

Para um jardim vertical, é importante misturar diferentes espécies de plantas preservadas para dar contraste.

 

Arranjo de flores preservadas.
Fonte: Pinterest

 

Por outro lado, essa varanda possui apenas plantas preservadas.

 

Jardim vertical na sala de jantar.
Fonte: Pinterest

 

Para dar um toque natural à decoração, as plantas preservadas foram cortadas em diferentes tamanhos.

 

Varanda com plantas.
Fonte: Pinterest

 

Para inovar na decoração, que tal uma mistura de vasos e espécies de plantas naturais?

 

Sala com sofá e parede forrada de plantas.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquitetura

 

Se você é amante do estilo industrial, vale a pena incrementar a decoração com nichos e plantas permanentes.

 

Jardim vertical no hall de entrada.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquitetura

 

Por outro lado, o jardim vertical é uma excelente opção para dar contraste na parede de cimento queimado.

 

Corredor decorado com plantas artificiais.
Fonte: Pinterest

 

Esta última imagem é de vasos com plantas permanentes. E aí, acertou quantas?

 

Conclusão

 

Aparentemente não existem muitas diferenças entre as plantas naturais, preservadas e permanentes. O que vai mudar são as texturas, cuidados e, com certeza, os preços.

Portanto, analise seu orçamento e veja qual melhor custo-benefício e qual irá se encaixar melhor na decoração da sua casa!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes