Tons neutros na decoração: 35 ideias criativas para apostar

Branco, off, bege, marrom… você sabe usar tons neutros? Confira essas inspirações e descubra como eles podem transformar a maneira como você decora!

- Continue depois da Publicidade -

1.264

Quando falamos em tons neutros na decoração, logo pensamos no branco e suas variações. De primeira, pode até parecer monótono. Afinal, é o que mais vemos na maioria das casas por aí. Mas acredite: os tons neutros vão muito além do básico. Inclusive, podem ter um efeito tão impactante quanto aqueles mais intensos!

Não é à toa que várias tendências de decoração pelo mundo valorizam essas nuances como principais da paleta de cores. Continue lendo para descobrir quais são elas — e conferir como usar os outros tons que fazem tanto sucesso!

Como decorar com tons neutros?

Inspirações não faltam para usar cores neutras no décor. Afinal, mesmo quem ama um colorido reconhece o valor de um bom off-white ou do marrom da madeira para criar combinações.

Conhecidos pela versatilidade, na maioria das vezes eles são usados como base para composições mais ousadas. Nesse caso, vamos além das paredes: uma almofada lisa e neutra é uma parceria infalível no meio de um mix n’ match de estampas, por exemplo.

- Continue depois da Publicidade -

Igualmente, uma mesa rústica de madeira pode deixar uma sala de jantar com um papel de parede cheio de personalidade um pouco mais harmônica.

Viu como é fácil? É como se essas cores tivessem um efeito mediador, equilibrando os ambientes da casa. Por isso, não existe motivo nenhum para achá-las monótonas. Elas são valiosas!

Porém, nesses casos, os tons neutros são secundários. Você também pode tê-los como elemento principal da sua casa. O segredo? Apostar nas texturas!

 

 

Tons neutros no estilo escandinavo

 

Aprendemos grandes lições de decoração ao olharmos para o norte europeu. Nos países escandinavos, o frio domina a maior parte do ano — junto de dias curtos, com pouquíssima luz natural.

Em ambos, as cores principais são o branco e o off-white. Nas paredes, no teto, nos móveis e até no piso, já que por lá a madeira tem um tingimento mais clarinho.

Estilo escandinavo na decoração

 

Isso acontece porque o branco reflete as cores presentes na luz com mais intensidade, valorizando a iluminação natural e artificial. O efeito é capaz até de influenciar a sensação de amplitude de um espaço. Esse é um truque interessante para casas e apartamentos pequenos, viu? Um ponto à favor para a decoração com tons neutros!

Porém eles não param por aí. Afinal, o branco puro pode ser considerado frio. À ele, essas tendências de décor aliam texturas, como mencionamos lá em cima. Os móveis de madeira são os favoritos, acompanhados de tapetes gostosos, cestaria natural, mantas de lã e muito mais.

Desta for, confira ótimas dicas de como usar Cestos e caixas na organização de ambientes.  Além de ideias de decoração utilizando cestos em diferentes estilos. Saiba como escolher a melhor opção para utilizá-los em sua casa ou empresa.

Destacando que Materiais Naturais estão na moda! Veja o conceito do natural e porque está de volta. E ainda muitas fotos e dicas inspiradoras para inseri-los na decoração.

decoração com tons neutros

Outros tons neutros na decoração

 

Ao passo que o branco é preferido do norte europeu, entendemos que ele pode não ser o seu. Não precisa se preocupar: existem vários tons neutros tão democráticos e bonitos quanto para você descobrir e combinar. Entre eles as inúmeras variações do cinza, toda a sorte de madeiras e os beges em muitas intensidades.

 

Off-white ou branco: como diferenciar?

 

Qual é qual? Nós vamos desvendar esse mistério para você! Ao falarmos de branco, queremos dizer aquele tom puro. Na teoria das cores, o branco real é formado pela ausência total de cor. Já o off-white é uma variação levemente aquecida desse tom comum. Tem quem diga até que é um branco um pouco “sujo”, sabia?

 

Off-white ou branco: como diferenciar

 

Ele pende para o bege, mas não o suficiente para ser confundido. Por isso se usa o termo “off”, do inglês, que nesse caso indica separação. É um branco distante do branco! Ele é o escolhido quando queremos uma atmosfera clean na decoração, sem todo o brilho que a outra cor teria

Abaixo, você consegue ver muito bem essa diferença entre a parede e o teto da sala de estar. Nesse caso a cor da tinta parece mais escura por causa da iluminação, mas se aproxima mais do off que do bege.

 

Tons de cinza no décor

 

Nos últimos tempos, o cinza se tornou um dos neutros mais populares para colorir a casa. O motivo é simples: ele é ao mesmo tempo versátil e moderninho!

Diferente do que muitos pensam, existem vários tipos de cinza — um para cada gosto. Esse neutro (e os outros também) pode fazer parte do seu décor aliado à uma série de subtons que mudam completamente a sensação passada!

Alguns cinzas são mais frios, com nuances secundárias azuis e arroxeadas. Eles são indicados para compor paletas de cores de quartos, ou espaços em que a tranquilidade é prioridade.

Outros são mais quentes, com realces amarelos. Uma boa pedida para uma sala em tons neutros, por exemplo: essa combinação deixa o ambiente com um clima mais acolhedor, perfeito para receber visitas.

 

decoração com tons de cinza

 

Depois, entramos em outro campo. O da intensidade da cor! Suas versões mais escuras costumam caracterizar ambientes de personalidade forte, poderosa. Para quebrar a escuridão, a sugestão é usar esse cinza em uma parede de destaque ou brincar com accents dourados nos móveis.

 

preto e cinza na decoração

 

Cinza em paredes de cimento queimado

 

O cinza também é um queridinho para fazer paredes com textura. Ele é a cor mais usada na criação do efeito de cimento queimado — renovando completamente as paredes de um ambiente.

Uma das vantagens de apostar nesse estilo é que ele tem um ótimo custo-benefício. Você pode até fazer a instalação você mesma, viu? Ensinamos o passo a passo completo nessa matéria sobre a tendência. Ela também está recheada de inspirações para você trazer o efeito para sua própria casa!

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

cimento queimado na decoração

 

A cor preta no décor

 

Quem adora uma decoração de impacto já deve ter se apaixonado por algum ambiente com paredes pretas. A cor é usada como um “punch” no décor — o elemento que mais atrai, e dá a deixa para o uso de outras peças.

O efeito é ainda mais intenso se toda a paleta de cores tiver como base neutros mais frios, incluindo cinza. Ao mesmo tempo, é possível sim fazer ambientes aconchegantes com preto: jogue nuances mais claras e um pouco de marrom nessa mistura!

 

uso do preto na decoração

 

Por ter um efeito tão forte, o preto é muito aproveitado em móveis específicos ou detalhes. Aparece em bufês ou gabinetes, e até nas paredes da cozinha, como no exemplo de subway tiles.

Confira mais dicas de como usar Preto na decoração com 58 fotos para  inspirar.

 

preto na decoração

 

O bege na decoração com tons neutros

 

Quem diria que o bege seria tão popular! O motivo para isso é que, assim como o cinza, você consegue escolher entre várias intensidades e subtons diferentes que mais combinam com sua casa. Logo, ele não se limita àquele bege “lápis de cor” mais comum.

Por exemplo, veja essa opção de pintura na escadaria de uma casa: ela traz um toque de rosa, remetendo à uma versão mais madura da cor. Usada em combinação com o branco e o verde das plantas, já é capaz de indicar como é o estilo de quem mora nesse local! Que tal?

 

Decoração bege

 

Outro nome pelo qual conhecemos o bege é o fendi, uma mistura da cor com um pouco de cinza. Uma curiosidade é que cores como essa em inglês são até chamadas de greyge — a primeira sílaba, vem da palavra grey para o cinza, e a segunda vem de beige, do bege.

 

Decoração neutra em fendi

 

Em suma, o fendi e outras cores similares configuram ambientes elegantes, com apelo clássico. Também são muito usadas junto da textura de camurça — seja nas paredes ou no próprio estofado dos móveis. Qual tipo de bege é o seu preferido?

 

 

Décor marrom e terracota

 

Atemporal. Essa é uma qualidade incontestável dos tons neutros amarronzados. A cor nunca sairá de moda — pelo menos não quando aplicada na forma de madeira nos móveis, ou nas outras texturas orgânicas como a das fibras e palhinha.

É justamente essa ligação com o natural que faz a paleta terrosa ser tão atrativa. Além disso, ela costuma ser usada em nuances quentes. Falamos muito, inclusive, na madeira como um elemento que aquece o décor! Ela é uma fonte de aconchego.

 

 

Decoração em marrom

 

Aqui, temos a liberdade de ousar no piso, nos móveis e até nos armários. O universo das tintas não fica de fora, ok? Encontramos variações lindas do marrom para pintar detalhes ou até paredes inteiras. Ele pode em café, caramelo, terracota…

Quer trazer bossa à esses tons neutros? Assim como você pode usar o cinza na forma do cimento queimado, os tijolinhos aparentes dão novos ares à essas paletas que tanto amamos.

 

Décor marrom e terracota

 

3 Dicas extras para decorar com tons neutros

 

1. Escolha um tom como principal

Afinal, ele será a base da sua decoração e vai conectar todas as decisões que você tomar em seguida. É como uma tela limpinha para você colorir

 

2. Descubra seu tom complementar colorido

 

Uma das paletas de cores mais populares do momento — e quase completamente neutra — leva off-white, terracota, um bege queimado e um pouco de verde. Que tal?

O amarelo também é frequentemente visto iluminando os ambientes que têm o off e o bege como tons principais!

 

Décor com amarelo e mostarda

 

3. Escolha onde aplicar cada uma dessas cores

 

Essa tarefa parece complexa, mas não é. Aqui, basta entender a proporção das cores no ambiente! Imagine que você tem uma casa com o piso marrom, de madeira. Pode ser que você escolha um bege quentinho para as paredes e o teto, por exemplo.

Seguindo a paleta que sugerimos na dica 2, a cor secundária pode ser o verde — que aparece no sofá, o maior móvel da sala. Nesse caso, ele é um destaque!

Digamos que você tem um quadro preferido que quer colocar sobre esse sofá, e ele é mostarda. Combina! O que você precisa fazer em seguida para realmente dar a “liga” entre os elementos é repetir algumas dessas cores. Pode ser intensidades diferentes — uma almofada alaranjada ali, uma manta com franjas de lã aqui… e pronto. Uma paleta de poucas cores com um resultado lindo e descomplicado.

Abaixo, você confere duas ideias de décor com paletas similares para se inspirar. No fim do dia, colorir seu décor é uma questão de prática — mas que deve ser sempre uma tarefa divertida!

 

decor com tons complementares

 

Sentindo-se inspirada? Você ainda pode conferir nossa lista de perfis no Instagram para seguir e encontrar referências incríveis sempre. E, claro, exercitar seu olhar em relação às cores!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes