e-Sports: a bilionária indústria dos esportes on-line e o universo dos games

Os esportes eletrônicos ou e-sports estão alcançando novos patamares, principalmente com a pandemia. Aqui você não precisa de bola, e sim de computadores. Confira o mundo dos gamers e todas as modalidades de jogos que faturam milhões por ano!

196

- Continue depois da Publicidade -

e-Sports – Ao invés de bolas e chuteiras, mouses e teclados, e ao contrário do campo de futebol, computadores. Esses são os e-sports ou esportes eletrônicos que estão dominando o mundo e virando uma verdadeira febre. Uma realidade um pouco diferente do que estamos acostumados, mas que da mesma forma apresenta torcedores, torneios, e craques competidores.

Os e-sports são competições de jogos virtuais em um nível profissional, com transmissões ao vivo e competições acirradas com muitos fãs de todas as nacionalidades. Aliás, eles podem ser disputados de forma individual ou em equipes via internet. E as modalidades são compostas pelos mais diversos games, como por exemplo League of Legends e Counter-Strike.

Para se ter uma noção, a indústria de games lucra mais que a da música e filmes juntos. Composta por competidores, desenvolvedores de jogos, empresas patrocinadoras, a promessa é que até 2022 mais de 3 bilhões de dólares serão movimentados nesse meio.

E acompanhando essa super tendência, até a grife  Balenciaga lança coleção em forma de videogame. Saiba mais!

 

e-sports
E-sports – Fonte: Pinterest

 

Como os e-sports começaram?

 

Em outubro de 1972 na Universidade de Stanford – Califórnia, um grupo de alunos organizou uma disputa de Spacewar, um dos primeiros jogos de computadores lançados. Após isso, a empresa Atar criou o primeiro torneio de videogame contanto com mais de 10 mil jovens: o Campeonato de Space Invaders.

Assim, com a evolução da tecnologia e da Internet, essa indústria cresceu exponencialmente. Lan houses se tornaram suportes para as competições de jogos virtuais e se alastraram pelos diferentes continentes. Hoje em dia, a Coreia do Sul domina esse espaço como a capital mundial dos e-sports.

Mas foi com a banda larga que os investimentos realmente se tornaram poderosos a ponto de chamar atenção de grandes empresas. O que deu origem as ligas e competições profissionais, bem como aos torneios mundiais.

 

e-sports
Torneio de E-Sports – Fonte: Unsplash

 

Como funciona a indústria do e-sports?

A base dessa indústria possui quatro pilares:

  1. Empresas de jogos eletrônicos;
  2. Ligas;
  3. Jogadores;
  4. E as plataformas de streaming.

 

1. As empresas de jogos eletrônicos são as criadoras dos games, responsáveis pela elaboração dos jogos e sempre tentando obter a melhor repercussão possível entre os jovens. Portanto, é normal vermos jogadores famosos e youtubers falando e testando jogos novos com o objetivo de apresentar eles para potenciais novos usuários. Além disso, esse setor pode organizar torneios, transmitir partidas e patrocinar jogadores.

2. Já as ligas fazem os campeonatos de jogadores individuais ou de equipe e criam as regras para as competições, vão atrás de patrocinadores e promovem a divulgação dos torneios. Dessa maneira, elas podem ser feitas pelos próprios jogadores ou derivada de empresas do ramo.

3. E claro, sem competidores não acontece o jogo. Igualmente aos jogadores de esportes tradicionais, esses atletas virtuais podem optar por carreira solo ou equipes. Logo, se engana quem pensa que esses profissionais ganham pouco! Pois além de serem remunerados pelos clubes, dependendo do seu crescimento, eles também recebem dinheiro de patrocinadores, publicidade e os próprios prêmios dos torneis, que ultrapassam R$100 milhões de reais de acordo com a modalidade.

4. Por último, mas não menos importante, temos os streamings. Que nada mais são do que plataformas digitais que transmitem todo o conteúdo via Internet. Sites como Twitch e o Youtube são os mais utilizados, mas até mesmo em redes sociais como o Facebook já possuem essa função. Conseguindo alcançar mais de 100 milhões de visualizações por partidas e tudo sem pagar nada.

 

e-sports
Pessoas jogando na Lan House – Fonte: Pinterest

 

Modalidades

Isso é o que não falta para esse tipo de jogo, os esportes eletrônicos abrangem as mais diferentes habilidades, desde estratégia à jogos de cartas. Logo, variabilidade é o que não falta nesse mundo. Em vista disso, destacamos a seguir as mais populares:

 

MOBA

O Multiplayer Online Battle Arena ou MOBA, é um derivado de RPG e estratégia onde dois times se enfrentam com objetivo de conquistar a base do oponente. League of Legends e Dota 2 são os mais conhecidos e com os maiores torneios no momento, além disso é uma das modalidades mais procuradas entre os jogadores.

 

e-sports
Jogo League of Legends – Fonte: Pinterest

 

Battle Royale

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Esse faz parte do gênero de sobrevivência, então a equipe que tiver mais integrantes do final da partida vence a disputa.

e-sports
Battle Royale – Fonte: Gamehall

 

FPS

First Person Shooter ou Tiro em Primeira Pessoa é um jogo com missões. Assim, o time que cumprir primeiro as tarefas direcionadas ganha do seu oponente. Counter Strike e Overwatch são uns dos jogos mais famosos nessa modalidade.

 

e-sports
Fonte: Pexels

 

RTS

Real-Time Strategy ou Estratégia em Tempo Real, como o próprio nome já diz é formado pelos jogos de RPG, que são os mais estabelecidos no mercado atualmente. Starcraft e Warcraft se tornaram tão reconhecidos que até mesmo filmes sobre a história do jogo já foram lançados.

 

Torneio de E-Sports
Cartazes de Warcraft – Fonte: Pinterest

 

Fighting

Quem não conhece Mortal Combat ou Smash Bros, não é mesmo? Esses jogos disponíveis tanto em consoles, como por exemplo Playstation, e também na versão eletrônica tem como objetivo derrotar o componente através de uma luta. Portanto, nesse modelo é mais comum as disputas serem com apenas dois jogadores, mas alguns permitem até quatro personagens em uma partida.

 

e-sports
Cartaz Mortal Kombat – Fonte: Pinterest

 

Cardgame

Para quem gosta de cartas, essa é a modalidade perfeita. Jogos de cartas com finalidades de zerar os pontos do rival trazem uma disputa estratégica. E o melhor é que você pode jogar com diferentes pessoas ao redor do mundo sem sair de casa. Hearthstone e Gwent são os maiores nesse gênero.

 

e-sports
Jogo Hearthstone – Fonte: Pinterest

 

Simuladores

Assim como as disputas reais, no virtual também temos os jogos tradicionais. Por exemplo: futebol, basquete, vôlei e até mesmo golfe. Aqui você não precisa ser bom de bola e sim de mouse. As principais franquias são da FIFA, Pro Evolution Soccer e NBA 2K e assim como no físico para os brasileiros, o futebol é a categoria favorita entre os jogadores.

 

  • Gosta de futurismo? Veja também Carro movido a água: apenas um sonho do futuro ou há mais do que isso?

 

e-sports
Jogo de console FIFA – Fonte: Pexels

 

E aí, que tal uma partida?

E quem acha que o Brasil está por fora disso, podemos afirmar o contrário. O Brasil é o terceiro país com maior número de torcedores do mundo, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. São mais de 21,2 milhões de espectadores que acompanham as transmissões de jogos e torneios.

Alguns brasileiros até mesmo compõem equipes internacionais, como é o caso do Gabriel “Fallen” Toledo. E outros já possuem mais de 1 milhão de seguidores em seus canais como o Felipe “brTT” Golçalves e o Gabriela “Kami” Bohm.

 

e-sports
Jogar e-sports – Fonte: Pinterest

 

Pois é, essa é uma nova forma de jogar esportes e até mesmo ganhar dinheiro. Aliás, com a pandemia, diferente dos tradicionais, os esportes eletrônicos puderam continuar e até mesmo cresceram. Sendo assim, muitos que não conheciam esse universo acabaram por se tornarem fãs e até mesmo jogadores.

Portanto, sendo uma ótima forma de fazer novos amigos, conversar com diferentes países e se divertir.

Por fim,  o que você acha desse novo tipo de esporte? Já jogou ou está considerando jogar? Deixe seu comentário aqui e nos acompanhe para ficar por dentro de tudo que está acontecendo, só aqui no Fashion Bubbles!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também