História da FIFA, a maior e mais importante entidade do futebol

A história da FIFA conta com diversos acontecimentos marcantes e surpresas que muitos amantes do futebol sequer conhecem

Compartilhe

A FIFA é a entidade máxima do futebol nos dias de hoje. A princípio, ela tem muito o que contar dentro de sua história centenária. Então, como é ano de Copa do Mundo, vale a pena falar um pouco sobre como ela evoluiu ao longo do tempo.

A história da FIFA

De início, a história dessa entidade começa ainda no século XX, no ano de 1904. Na época, já existiam partidas oficiais e elas eram organizadas pela Football Association, da Inglaterra.

Essa é a razão, inclusive, de o país não ajudar na criação da Federação Internacional. Dessa forma, a Fédération Internationale de Football Association (FIFA) nasceu no dia 21 de maio. Naquele ano, as nações a seguir deram origem à federação:

  • Bélgica;
  • França;
  • Suécia;
  • Dinamarca;
  • Suíça;
  • Holanda.

Depois de resistir em um primeiro momento, a Inglaterra mudou de ideia e passou a fazer parte. Então, a organização passou a fazer mais sucesso e a primeira competição oficial estava próxima. Assim, ocorreu a Copa do Mundo de 1930.

  • Aproveite e nos siga no Google News para poder acompanhar o melhor da Moda, Beleza, Decoração, Famosos e muito mais  direto em seu smartphone. Para seguir É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

Organização sem fins lucrativos

A FIFA nasceu com esse intuito e, assim, mantém o status até os dias atuais. Do mesmo modo, ela não é taxada como uma empresa normal. Por fim, todo o dinheiro que passa por ela é distribuído para melhorar o futebol de nações membros da Copa.

Vídeo falando sobre a história da FIFA

Quantas organizações esportivas a FIFA tem?

São 211 organizações que ficam a cargo de representar a entidade ao todo. Antes de mais nada, uma curiosidade é que a quantidade supera as da ONU. Afinal, a Organização das Nações Unidas possui 193 afiliados.

Ela, então, só fica atrás da IAAF, que é a Associação Internacional de Federações de Atletismo, que tem 212 membros. Do mesmo modo, outra que supera a ONU é a do Comitê Olímpico, com 205 afiliados.

Uma organização com 4 idiomas

As 4 línguas que a entidade tem são a alemã, a francesa, a inglesa e a espanhola. Ainda assim, o seu site oficial também tem o idioma árabe disponível. Além disso, até houve uma página em português, mas essa foi descontinuada.

FIFA, comitê e regras do jogo

Árbitro com cartão amarelo e apito.
Fonte: Canva

As regras do jogo, em resumo, não são geridas por ela em si. Dessa maneira, esse é um trabalho feito junto com a IFAB, que é um comitê. Com ele, a associação divide a responsabilidade de cuidar dessas normas.

FIFA e IFAB

Quatro dirigentes representam a entidade, se for preciso fazer algum tipo de reunião. Dessa forma, a IFAB compõe a outra metade com pessoas de outros países. São eles: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

As 6 confederações continentais dessa organização

Atualmente, seis confederações fazem parte da entidade. Nesse sentido, elas têm a função de gerir o futebol e melhorar as condições dele. Dito isso, veja quais são e as seleções que fazem parte delas:

  1. UEFA (55 seleções) – Europa;
  2. CONMEBOL (10 seleções) – América do Sul;
  3. OFC (13 seleções) – Oceania;
  4. CAF (56 seleções) – África;
  5. AFC (47 seleções) – Ásia;
  6. CONCACAF (41 seleções) – América do Norte, Caribe América Central.

Sobre algumas seleções, entretanto, há ressalvas como a Austrália estar na AFC desde 2006. Por último, há Suriname e Guiana que estão na América do Sul, mas ambas fazem parte da CONCACAF.

Mapa mundi com lupa.
Fonte: Canva

Quais competições são organizadas pela FIFA?

A entidade tem um grande número de competições devido ao fato de cobrir vários esportes. Por exemplo, ela cuida das modalidades masculina e feminina de futebol, do futebol de areia, do modelo eletrônico e do Futsal.

É natural, portanto, que ela reconheça boa parte das competições oficiais desses esportes. Dessa maneira, competições como Copa do Mundo, Copa Intercontinental e Mundialito estão sob sua responsabilidade.

Algo que amplia a cobertura da organização é que ela organiza competições de base. Ou seja, as competições sub-17 e sub-20 das modalidades também são reconhecidas.

FIFA e suas premiações

Os prêmios da FIFA chamam a atenção no cenário mundial por reconhecerem o desempenho dos jogadores. Antes de mais nada, a entidade chegou a se unir com a revista France Football em 2010.

Essa parceria, no entanto, teve fim no ano de 2016 e desde então há 2 prêmios. Portanto, a entidade premia o melhor jogador do mundo e o gol mais bonito. Além disso, dá prêmios para o melhor treinador e o melhor goleiro também.

Foto mostrando um jogo de futebol do Brasil contra Croácia. Na imagem, Neymar está recebendo uma rasteira de um jogador do time adversário, enquanto seu companheiro toca a bola
Foto: A FIFA tem a Copa do Mundo como a sua competição de maior destaque

Uma organização com um hino próprio

Outra curiosidade a respeito da organização é que ela tem o seu próprio hino. Antes de mais nada, o autor da letra é Franz Lambert, um compositor alemão. Nesse sentido, é comum que ele toque em suas competições, como:

  • Copa do Mundo Masculina e Feminina;
  • Mundial de Clubes;
  • Copa do Mundo Sub-20 e Sub-17.

A FIFA costuma pedir aos seus parceiros de transmissão a tocarem trechos do hino. Assim, é uma medida que ajuda a promover os patrocinadores da entidade em seus eventos.

Atuais patrocinadores da FIFA

Nos dias atuais, a organização tem em torno de sete patrocinadores que ela ajuda a promover. São todas marcas famosas e com produtos conhecidos ao redor do mundo, confira:

  • Qatar Airways;
  • Adidas;
  • Coca-Cola;
  • Kia Motors/ Hyundai;
  • Gazprom;
  • Visa;
  • Wanda Group.

Todos aparecem junto com os trechos divulgados por quem fica a cargo das transmissões. Mas, pode ocorrer uma exceção como em 2010, quando se usou uma peça de música africana ao invés do hino.

Congresso da FIFA

Esse é tido como o grande encontro em da entidade por ter o corpo legislativo supremo. Ele ocorre todo ano desde 1998 e nele se discutem temas relevantes ao longo do evento.

Um encontro muito bem organizado

A organização é um dos pontos que mais chama a atenção sobre o encontro. A princípio, vários comitês permanentes se reúnem e participam, além de órgãos jurídicos. Do mesmo modo, os órgãos temporários também compõem essa reunião.

Histórico de presidentes da organização

Ao longo de sua história, a entidade teve presidentes de vários países do mundo. Por exemplo, até um brasileiro esteve no comando máximo da organização. Dessa forma, esses são os nomes que ocuparam o cargo:

  • Robert Guérin (França);
  • Daniel Burley Woolfall (Inglaterra);
  • Jules Rimet (França);
  • Rodolphe Seeldrayers (Bélgica);
  • Arthur Drewry (Inglaterra);
  • Stanley Rous (Inglaterra);
  • João Havelange (Brasil);
  • Joseph Blatter (Suíça);
  • Issa Hayatou (Camarões);
  • Gianni Infantino (Suíça-Itália).

Entre todos esses, vale destacar o longo mandato de Jules Rimet, que durou 33 anos. Agora, o de João Havelange durou de 1974 até 1998, o que totaliza 24 anos. No entanto, alguns tiveram mandatos curtos, como Seeldrayers, que durou apenas 1 ano.

FIFA +

Caso não saiba, esse é o serviço gratuito de streaming da entidade, anunciado em abril de 2022. Como resultado, o usuário poderá ver jogos ao vivo de futebol masculino e feminino. Além disso, poderá ver documentários de atletas como:

  • Ronaldo Fenômeno;
  • Carli Lloyd;
  • Romelu Lukaku;
  • Daniel Alves;
  • Ronaldinho Gaúcho;
  • Lucy Bronze.

A melhor parte para os ansiosos é que o serviço de streaming já está no ar. Dessa forma, basta pesquisar pelo nome do aplicativo em sua loja, fazer o download e começar a assistir.

Vídeo falando sobre a FIFA

Uma organização com muita história pra contar

Como deu para ver, a FIFA é uma organização com muito o que mostrar. Antes de mais nada, essa é apenas uma fração da sua história. Afinal, há muito o que explorar, como as causas sociais que ela já apoiou.

Isso tudo sem falar nas polêmicas que a entidade já se envolveu e que gerou demissões. Ainda assim, é uma organização muito respeitada no meio do esporte atual e faz parte da história da Copa do Mundo.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias